Câncer de Intestino: previna-se!!!

Postado em 12.01.2007 - 06:48

relogio.jpg
Se há algo que causa pavor de forma semelhante em médicos e pacientes é o erro médico. No entanto, o erro médico é analisado de forma distinta por estes dois grupos. Os médicos temem inverter o seu papel e, em vez de colaborar para a cura, acabam se tornando os autores e responsáveis por um problema que os pacientes não apresentavam até então. Os pacientes por sua vez, convivem com o risco de adquirirem uma lesão causada por um médico durante o seu tratamento, ou seja, uma iatrogenia (”feito pelo médico”).

Todos associamos o erro médico aos profissionais despreparados e com formação médica questionável. Mas isto nem sempre é verdade, já que todos os médicos convivem com o fantasma do erro, independente da sua capacidade.

O médico com pouco preparo para exercer a Medicina estará sempre exposto a cometer algum erro simplesmente porque desconhece as informações mínimas para estabelecer uma conduta correta. Sendo assim, a sua desinformação gera diagnósticos e tratamentos equivocados, e com conseqüências às vezes irreversíveis. Este tipo de erro seria minimizado se houvesse maior controle na qualidade da formação universitária e nos programas de residência médica, coisa que não ocorre. Pelo contrário, com o crescente número de Cursos de Medicina, cada vez mais haverá dificuldade em se estabelecer um padrão de formação médica.

Por outro lado, existem os erros médicos causados por médicos de sabida e reconhecida competência. Este é o que mais assusta a todos, já que os pacientes acreditam estar em mãos seguras, e o médico se sustenta no seu histórico de boas realizações. Só que neste cenário, os erros também existem. Então, o que faria um médico que teve a sua formação médica exemplar, uma carreira invejada por muitos, resultados brilhantes por anos, cometer um erro?

O primeiro ponto é a banalização dos casos, ou seja, achar que já viu de tudo em sua carreira, e que todos os pacientes e doenças são iguais aos já atendidos. Só que esta perda de individualização dos casos gera desatenção aos detalhes, e são estes que fazem a diferença na maior parte das vezes. O segundo ponto seria o excesso de vaidade, que faz com que o médico não acredite que o erro possa estar próximo a ele. Eu sempre digo que a falta de humildade em Medicina é sempre castigada, e por isso trato os meus pacientes de forma atenciosa e respeitosa, reconhecendo o meu papel de auxiliar da cura, e não de Deus. Um outro fator que gera erros é o excesso de trabalho e de pacientes, rotina esta que geralmente afeta os grandes médicos. Como estes médicos são referências em suas áreas de atuação, a procura por eles e a cobrança imposta são tão grandes, que o estresse contínuo gera a perda de foco, e em geral, a dedicação insuficiente a todos os pacientes.

Sendo assim, para afastar o erro médico, sempre individualizo os casos que atendo, acredito na educação continuada, cerco-me de pessoas capazes e busco estar sempre preparado para desempenhar as minhas funções médicas.

91 Comentários para “Câncer de Intestino: previna-se!!!”

  1. 1 Leoni
    16.08.2007 às 09:29

    Parabéns Drº pela sua competencia e humanidade…
    gostaria de deixar aqui registrado o quão importante é a prevenção e o tratamento precoce contra o cancer, com 27 anos fui diagnosticada de um adenocarcinoma ulcerado e invasor á 8 cm da borda anal, fui submetida á quimioterapia e radioterapia no hospital Erasto Gaertner(Ctba-Pr) e depois a cirurgia retossigmoidectomia e hoje graças a Deus e a equipe médica do Drº Kato estou aqui para contar esse episódio…
    com muita força de vontade e fé em vencer esse tumor consegui e hoje estou aqui cuidando da minha princesinha de 10 anos,
    Um grande abraço e muito amor
    BJUS……
    Leoni

  2. 2 Vanessa
    08.09.2008 às 14:45

    O que mata não é o cancer mas sim a falta de amor ao proximo,minha mãe esta com uma estomia e vai ser submetida a quimioterapia estou muito desanimada pois a 3 anos perdi meu pai vitima de cancer no pulmão é muito triste você ver pessoa que você ama sofrer e não poder fazer nada,hoje são poucos os medicos que pratica a medicina por amor antes de te ajudar eles pergunta qual seu convenio medico e quando você nem convenio tem é entregar nas mãos de Deus,desculpa pelo meu meu desabafo mas a cada esquina vejo uma pessoa com esta doença que pararece esta invadindo a felicidade das familias.

  3. 3 Andreia
    12.02.2010 às 01:21

    Olá Dr. Fernando,

    Fiz o exame Enema Opaco e descobri que tenho dolico-colon. Sou muito ressecada, tem vezes que fico uns 5 dias sem evacuar e quando evacuo, tenho a sensação de que foi incompleto, a maior parte das minhas fezes saem em formato de bolinhas e esporadicamente sangro. Há pouco mais de um ano, sinto uma dor fina e constante no chamado “pé da barriga”, no lado esquerdo e que me incomoda muito. O que indicam estes sintomas?
    Estou preocupada, por que já perdí duas tias para o câncer de intestino…

    Desde já agradeço.

    Andreia

  4. 4 Dr. Fernando Valério
    12.02.2010 às 10:00

    Andreia, o quadro pode ser decorrente da própria constipação intestinal. Mas de qualquer forma, em caso de dúvida e dependendo da sua idade, alguns exames de imagem podem ser realizados, como a ultrassonografia de abdome e a endoscopia do intestino, por exemplo. Sendo assim, discuta com o seu médico sobre este quadro doloroso.

  5. 5 Sebastião Tavares
    09.03.2010 às 20:06

    Dr, fui surpreendido com um exame de minha mãe que constatou um adenocarcinoma bem diferenciado, ulcerado no reto superior, isso significa o fim?, tem possibilidade de cura pela medicina? elatem setenta anos de idade e é aparentemente saudável,só ouvimos coisas ruins dessa doença,há esperança? estamos muito tristes e desanimados, o que o sr diz dessa doença?

  6. 6 Dr. Fernando Valério
    13.03.2010 às 07:32

    Sebastião Tavares, obviamente o câncer de reto é uma doença grave e que requer tratamento cirúrgico e quase sempre adjuvante (quimioterapia e radioterapia). A gravidade do quadro se relaciona à invasão da parede intestinal pelo tumor, o que no caso ulcerado significa dizer que esta invasão já pode ter ocorrido em certo grau. Desta forma, o cirurgião responsável pelo caso da sua Mãe deverá optar por um tramento neo-adjuvante (quimioterapia e radioterapia antes da cirurgia) ou ir para a cirurgia diretamente. Após a retirada da lesão, avaliar-se-á se houve invasão das camamadas mais profundas do reto e se houve comprometimento de estruturas próximas à lesão, como os linfonodos. Estas informações determinarão o prognóstico do caso da sua Mãe, mas lhe adianto que se não há invasão da parede e muito menos comprometimento linfonodal, as chances de cura aumentam muito.

  7. 7 Ivo
    21.03.2010 às 13:15

    Caro Dr.Fernando:

    Minha esposa procurou um proctologista em março de 2007, queixando-se de dor abdominal esufamento e sangramento. O médico fez um exame introduzindo um aparelho no ânus (não foi a colonoscopia). Posteriormente em dezembro de 2008 ela evacuou sangue em grande quantidade,foi feito o exame colonoscópio sendo identificado um grande tumor maligno em seu intestino, e segundo a médica este tumor deveria estar se desenvolvendo há aproximadamente três anos, ou seja quando ela consultou com o primeiro médico já deveria estar com a doença, vindo a falecer em março deste ano.Pergunto: houve erro médico no diagnóstico precoce da doença, uma vez que se ela tivesse sido submetida a uma colonoscopia na primeira consulta em maço de 2007, a doença teria sido diagnosticada aumetando as chances de cura?

  8. 8 Dr. Fernando Valério
    22.03.2010 às 07:24

    Ivo, é difícil comentar se houve erro médico ou não no caso da sua esposa, e sinceramente não tenho este objetivo aqui. Além disso, não podemos afirmar realmente o tempo em que este tumor já existe. O que eu posso lhe dizer é que um quadro abdominal associado a sangramento anal já indicaria a colonoscopia em 2007, principalmente se ela tinha mais de 50 anos naquele período.

  9. 9 Thalyta Santos
    12.04.2010 às 01:30

    Oi Dr. Fernando meu pai fez uma colonoscopia aqui onde moro no Piauí e o laudo d exame foi o seguinte:

    * Pólipo colonico ( hiperplásico? adenoma?)
    * Polipectomia
    * Dolico de colon esquerdo.

    Então o médico solicitou uma ” biopsia”.

    O que o Sr. pode me falar à respeito do resultado dessa colonoscopia? dada a sua brilhante experiência desse tema?

    Desde já agradeço.

  10. 10 Dr. Fernando Valério
    12.04.2010 às 09:45

    Thalyta, o exame de colonoscopia do seu Pai mostrou que ele apresentava um pólipo de intestino grosso e um intestino grosso mais longo que o habitual (dolicocolon). Este pólipo foi retirado e agora será avaliado para se saber os tipos de células que compunham esta lesão. De qualquer forma, pelo relato do examinador, ele acredita que se trate de uma lesão benigna, e por isso aguardem o resultado da biópsia com muita tranquilidade.

  11. 11 ANa Maria
    03.05.2010 às 15:59

    Fiz um enema opaco e deu Dolico-cólon, vi os RX e o meu intestino está cheio de curva. Isso é cancer e como vou saber se está crescendo? Estou tomando duspatolin e pontoprazol até 2 meses e depois vou retornar.

  12. 12 Dr. Fernando Valério
    06.05.2010 às 09:46

    Ana Maria, dolicocólon significa apenas que o seu intestino grosso é mais longo que o habitual. Este achado não tem qualquer relação com o câncer de intestino.

  13. 13 Clara Schielke
    10.05.2010 às 11:19

    Bom dia, Dr. Valério!

    Tenho 29 anos e fui diagnosticada com um adenocarcinoma no reto inferior, bastante diferenciado. De abril para cá todas as vezes que vou a banheiro o tumor desce tb e vem para fora com isso sangra bastante. Isso é preocupante?!! Estou grávida de 33 semanas e por conta desse diagnostico meu parto foi antecipado. Estou muito confiante na minha cura, mas tenho bastante dúvidas quanto a essa doença. Que tipo de câncer é esse? Quais as minhas chances de cura? Comecei a notar por meados de junho de 2009. Aguardo notícias!!! Muito Obrigada!

  14. 14 Dr. Fernando Valério
    13.05.2010 às 11:03

    Clara, você é um caso muito especial, já que apresentou a lesão em idade muito precoce. Provavelmente este tumor seja fruto de uma alteração genética, e que deverá ser pesquisada posteriormente. Quanto às chances de cura, isto dependerá do grau de invasão da lesão tumoral e se houve a disseminação para algumas estruturas vizinhas, como os linfonodos. Sendo assim, desejo muito sucesso para o seu parto, que o seu bebê venha com muita saúde, e que você obtenha a cura em seu tratamento.

  15. 15 Fernanda
    19.05.2010 às 11:57

    olá! tive um cancer de intestino em março de 2009 estadio T2N1M0 fiz cirugia e quimio com xeloda e oxaliplatina, faz sete meses que a quimio acabou gostaria de saber se pode ter cura. e agora estou achando que estou gravida posso ter complicações ou não estou muito ansiosa.

  16. 16 Dr. Fernando Valério
    26.05.2010 às 10:27

    Fernanda, o seu caso apresenta sim a possibilidade de cura, mas você deve ter acompanhamento do seu médico e realizar os exames com a frequência que ele determinar. Em relação à gestação, não há problemas, visto que você não apresentou recidiva da doença e não está em tratamento.

  17. 17 Lia
    12.08.2010 às 13:54

    Dr. Fernando,
    Estou gravida de 6 meses e tenho dólicocolon, o que somatiza mais ainda o meu problema já habitual de funcionamento do intestino… Gostaria de saber se nos últimos mêses de gestação corro algum risco maior c/ realação a funcionamento do meu intestino, que é bem maior que o normal e que tipo de risco, pelo fato de o bebê ocupar grande parte do meu abdomem.
    Obrigada,
    Lia

  18. 18 Dr. Fernando Valério
    13.08.2010 às 09:46

    Lia, você realmente pode apresentar uma piora do quadro intestinal no final da gestação, exatamente porque o bebê passa a ocupar uma grande região do abdome. Por isso, mantenha uma dieta rica em fibras, boa hidratação e, se possível, alguma atividade física leve.

  19. 19 martins
    22.08.2010 às 11:24

    Fiz colonoscopia, deu normal,sem polipos,mas diz q tenho intest dolico, o que isso signifCa? ha uma no fiz esterectomia, tem possib de meu reto e bexiga baiixar e serA Q VOU TER ADERENCIA no futuro?

  20. 20 Dr. Fernando Valério
    22.08.2010 às 22:41

    Martins, o termo dolicocólon significa dizer que o seu intestino grosso é mais longo do que o habitual. Quanto às aderências, saiba que qualquer cirurgia abdominal pode gerar esta complicação.

  21. 21 Ivani Gabriel
    23.08.2010 às 22:18

    Drº Fernando Valério

    Tenho polipos de intestino, todo ano faço colonoscopia, e são retirados para biopsia. s resultados sempre era de polipos césseis ( ausencia de malignidade) Ano passado o resultado foi diferente…ADENOMA TUBULAR COM DISCRETAS ATIPIAS ( ausencia de malignidade) A desse anos, foi diferente Lesão de colon sigmóide ADENOMA TUBULO VILOSO COM DISCRETAS ATIPIASe não veio se tem ou não ausencia de malignidade. Essas conclusões são das bipsias.
    No laudo da colonoscipia, tb teve alteração : DÓLICO DE CÓLONN SIGMÓIDE E TRANSVERSO COM ESPASTICIDADE AUMENTADA LOCAL E CURVA FIXA DE CÓLON TRANSVERSO( ADERENCIA? )
    peguei o resultado da biopsia na sexta, e meu gastro se encontra fora da cidade, só retorna na quinta feira.
    POderia me ajudar, esclarecendo esse resultado, por favor.
    Agradeço
    Ivani

  22. 22 Dr. Fernando Valério
    25.08.2010 às 00:12

    Ivani Gabriel, a sua colonoscopia descreveu um quadro de dolicocólon, que é o comprimento intestinal maior do que o normal. Quanto à espasticidade do intestino, isto significa que este tubo muscular ficou mais rígido, o que poderia aumentar a possibilidade de desconforto abdominal e constipação. Quanto a pólipo, ele é benigno, mas a colonoscopia deve continuar fazendo parte dos seus exames preventivos.

  23. 23 Lourdes
    10.09.2010 às 12:48

    Minha irmã tem adenocarcinoma moderadamente, ele esta com 17cm, e ela vai ser operada. E o medico disse que o tumor ja esta la a uns 5 anos. Ela corre muito risco?Se der tudo certo na cirurgia ela tera uma sobre vida longa?

  24. 24 Dr. Fernando Valério
    11.09.2010 às 10:12

    Lourdes, o mais importante em relação ao caso da sua irmã é que ela seja submetida a uma cirurgia com objetivo de cura. Após o procedimento, o segmento intestinal será submetido a estudo para que se saiba o comprometimento da região e se o tumor está ou não limitado ao intestino. Estes aspectos determinarão os resultados do tratamento a que ela será submetida. Desta forma, desejo muito sucesso no tratamento dela.

  25. 25 Marco
    21.09.2010 às 15:45

    Tenho 38 anos ,tenho divertículos,e já tive diverticulite,fui tratado 2 vezes em menos de 3 meses,e hoje apresento um forte ardor e sensação de queimação em toda a extensão do intestino,mais localizados nas laterais.já fiz no periodo de maio a setembro 5 TACS,e nelas não acusam nenhuma inflamação.fiz um enema baritado que acusou diverticulos no transverso e decendente.depois do exame na evacuação notou-se pedaços de sangue coagulado.Tenho diarreias constantes seguidas de obstipação..será que tenho doença de Crhon ou peritonite.A dor a ardor não passam com nenhum medicamento.No leucograma baixo hematocritos.

  26. 26 Dr. Fernando Valério
    21.09.2010 às 23:31

    Marco, acredito que após um intervalo de dois meses da última crise de diverticulite seria interessante que você fosse submetido a uma colonoscopia para avaliar a mucosa intestinal, já que a presença de sangue coagulado não é um quadro comum nos episódios de diverticulite aguda.

  27. 27 Vieira
    29.09.2010 às 04:57

    Minha mãe desde março deste ano de 2010 teve uma alteração
    intestinal ou seja ñ fazia mais fezes ..fazia mas pouco…
    depois com pouco de dores na hora de defecar…
    em seguida dali uns tres meses começou a sangrar junto
    com as fezes pouco tbm…pediram colonoscopia ela fez
    e tbm fez a biópsia e contatou ADENOCARCINOMA MODERADAMENTE
    DIFERENCIADO DE MUCOSA DO CÓLON.
    Ja está caminhada para cirurgia mas gostaria de saber
    quais são as chances de cura e se tem???
    Ela corre algum risco na cirurgia?… ela tem 68 anos.

  28. 28 Dr. Fernando Valério
    29.09.2010 às 23:18

    Vieira, saiba que as possibilidades de cura serão determinadas pela avaliação da peça cirúrgica e pela avaliação da presença de tumores metastáticos. Quanto aos riscos da cirurgia, isto dependerá das condições clínicas da sua Mãe. De qualquer forma, desejo muito sucesso no tratamento dela e uma ótima recuperação cirúrgica.

  29. 29 CELESTE GUIMARÃES
    12.11.2010 às 15:06

    Dr. Fernando,

    Ter encontrado este espaço é uma benção na minha vida, pois vivo numa aflição há + ou – 20 dias.
    A história é a seguinte:
    Meu pai (77 anos), há uns dias atrás apresentou obstipação intestinal que só piorou com o passar dos dias. Levamos ele a um Gastro que realizou um toque retal e em seguida solicitou Retossigmoidoscopia (Conslusão de TU de RETO) realizamos biópsia. O resultado do histopatológico veio assim:
    *Ausência de sinais de malignidade
    Ainda não conseguimos retornar no gastro e a cada segundo alguém diz uma coisa diferente o que está nos levando a loucura.
    Por favor me responda:
    -Mesmo com este resultado ele terá que se submeter a Quimioterapia ou Radioterapia ????
    -Qual o especialista mais indicado para operá-lo???
    Agradeço imensamente a atenção.

  30. 30 Dr. Fernando Valério
    13.11.2010 às 12:52

    Celeste Guimarães, saiba que a biópsia realizada não mostrou sinais de malignidade no material enviado para análise, ou seja, ausência de câncer. Neste caso, não haveria a necessidade de quimioterapia ou radioterapia. No entanto, é preciso que o seu médico avalie se a biópsia realizada foi suficiente e se é preciso realizar nova biópsia para se confirmar o diagnóstico com certeza. Por enquanto, as informação são favoráveis ao seu Pai. Quanto a especialistas, ele deve procurar um Colo-Proctologista ou Cirurgião do Aparelho Digestivo.

  31. 31 jane.okazaki
    15.11.2010 às 14:24

    olá, tnho um pólipo hiperplásico, de cólon sigmóide de 3cm, fiz 4 colonoscopia e não foi possivel a retirada do mesmo. Agora em dezembro vou fazer uma cirurgia de intestino para a retirada do polipo e gostaria de saber qual o perigo desta cirurgia??????????

  32. 32 Dr. Fernando Valério
    15.11.2010 às 23:47

    Jane, a cirurgia intestinal é uma cirurgia de porte moderado a grande, mas que quando realizada de forma programada tem bons resultados, ainda mais em pacientes sem comorbidades importantes. Riscos, infelizmente, todos os procedimentos médicos apresentam, mas que devem ser controlados com uma boa preparação pré-cirúrgica e bons cuidados intra-operatórios e pós-cirúrgicos.

  33. 33 karla
    16.11.2010 às 19:13

    meu filho fez o exame enema opaco..
    olaudo foi transito retrogrado do duplo contraste processando-se em tempo normal do reto ao colon tranverso.
    Alongamento, redundancia e aumento do calibre do colon sigmoide.
    Espaço pre-sacral livre.

    A pediatra dele olhou o exame e falou que era cirugico e encamiou pro cirugiao avaliar;;Ele falou que era normal…

    Ele tem 6 meses e so fais coco com supositorio queria saber se e normal ou nao????

    A ele so amamneta em mim nao come nada mais

  34. 34 Dr. Fernando Valério
    16.11.2010 às 22:26

    Karla, o intestino grosso do seu filho é um pouco mais longo e largo do que deveria, mas isto não indica uma cirurgia em todos os casos. Como ele já tem 6 meses, com a introdução da dieta com frutas e leguminosas, este quadro tende a melhorar.

  35. 35 jane.okazaki
    18.11.2010 às 21:44

    Olá, vou fazer uma retossigmoidectomia abdominal, pois tenho um pólipo hiperplásico q não foi possivel sua retirada por colonoscopia. Tenho 39 anos e sou fumante. Gostaria de saber como é a recuperação logo após a cirurgia, e se a sonda nasogastrica q vou ter q ficar, incomoda muito? E tbém quais as complicações que podem ter após a cirurgia? pois estou com muito medo de tudo isso.

  36. 36 Dr. Fernando Valério
    20.11.2010 às 07:48

    Jane Okazaki, a cirurgia é de porte moderado a grande, a sonda nasogástrica é realmente desconfortável, mas em geral fica por poucas horas ou dias, dependendo da sua recuperação. Quanto as complicações, a mais séria é a não cicatrização dos segmentos intestinais que foram unidos (anastomose), e por isso os cirurgiões se mantém atentos a sua evolução.

  37. 37 nadir
    07.12.2010 às 16:43

    Ola fiz uma biopisia,o
    resultado foi o seguinte, informaçao clinica: Tumor a 15 cm da margem anal, vegetante, ulcerado.HD: Adenoca? Tumor de retossigmoide. Diagnostico microscopico: ADENOCARCIMONA MODERADAMENTE DIFERENCIADO, INVASOR, ULCERADO, provavel categoria 5 da Classificaçao de Vienna Revisada, presente em todos os fragmentos de biopisia de retossigmoide. O que significa tudo isso, estou um pouco apreenciva, por favor me responda. Desde ja agradeço. Deus abençoe.

  38. 38 Dr. Fernando Valério
    09.12.2010 às 08:53

    Nadir, a sua apreensão é justificada, já que este diagnóstico é compatível com um tumor maligno de intestino. Desta forma, entre em contato com o seu médico e lhe passe o resultado da biópsia. Ele lhe orientará quanto aos tratamentos a serem realizados.

  39. 39 nadir
    10.12.2010 às 02:24

    Obrigada DR.. Fernando Valerio,pela sua Atençao,hoje estive no consultorio vou ter que fazer uma siruegia pra remover o tumor,,realmento foi este mesmo rezultado que me falo medico,,god bless you

  40. 40 Dr. Fernando Valério
    11.12.2010 às 00:09

    Nadir, desejo muito sucesso em seu tratamento.

  41. 41 Sandra
    18.12.2010 às 14:45

    Dr. o resultado do meu exame de colonoscopia deu assim:
    -colonoscopia normal ate o ceco
    -espasticidade do colon sigmoide
    -sindrome do intestino irritavel, acho que por alto pelo que andei lendo , ta normal, com excessao da sindrome, mas andei pesquisando e tenho todos os sintomas mesmo que constam. Vou ainda voltar ao medico para ele me falar sobre os resultados. Obrigada se puder me dizer algo.

  42. 42 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 23:01

    Sandra, o seu exame mostra espasticidade do intestino grosso, o que poderia causar desconforto abdominal no lado esquerdo do abdome. De qualquer forma, a Síndrome do Intestino Irritável também pode ser uma possibilidade diagnóstica.

  43. 43 ivete
    12.01.2011 às 14:59

    DR Fernando
    Na colonoscopia do meu pai esta escrito assim lesao ulcero vegetante em sigmoide e na biopsia adenocarcinoma ja sei que isso significa cancer maligno mas gostaria de saber quais sao as chanses de cura e se existe alguma possibilidade de ele nao precisar fazer quimioterapia?
    Obrigado!!!

  44. 44 norival
    19.01.2011 às 13:04

    Oi DR,como vai?venho sofrendo com meu intestino,pois é muito ressecado,já fiz 2 enemas e se constatou dólico cólon,meu médico disse que ou poderia ser feita uma cirurgia para redução do intestino,ou um tratamento a base de alimentação rica em fibras,eu optei pela segunda opção,até tive algum resultado com isso,mas sempre tenho algumas dores abdominais,bom,mudei de médico e esse é contra fazer cirurgia,me pediu uma colonoscopia e esse exame deu normau,ele resolveu me dar um tratamento com um remedio que se chama cilif,mas ainda sofro muito com essa prisão de ventre,ainda faço minha alimentação integrau,eu gostaria de saber se existe uma forma de que meu intestino possa funcionar um pouco melhor sem tanto sofrimento,já que quando ele funciona,é com muita dificuldade,mesmo eu tomandoesse cilif,e me alimentando corretamente,será que existe,algum outro tratamentoque eu ainda não conheça?um grande abraço,e aguardo esperançoso uma resposta.

  45. 45 Evando
    22.01.2011 às 21:29

    Doutor eu fiz uma video colonoscopia e a conclusão é:
    DOLICO-SIGMOIDE.
    D. DIVERTICULAR DOS COLONS INCIPIENTE.

    POREM O MEDICO DISSE QUE EU TINHA SINDROME DO INSTESTINO IRRITADO.
    DOUTOR SINTO DORES QUANDO ME ALIMENTO, DOI PRINCIPALMENTE EMBAIXO DO ESTERNO.SINTO TAMBEM DOR NO COLON DESCENDENTE E SIGMOIDE.
    OBS. JÁ´FIZ ENDOSCOPIA E NÃO TENHO PROBLEMA ALGUM NO ESOFAGO,ESTOMAGO E DUODENO EO TESTE H. PYLORI DEU NEGATIVO. ME DE UMA ORIENTAÇÃO COMENTE SOBRE A ESSA DOR EMBAIXO DO ESTERNO QUANDO ME ALIMENTO.

    AGRADEÇO DESDE JÁ

  46. 46 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 08:37

    Evando, como os achados encontrados na sua colonoscopia, dolicocólon e doença diverticular (sem crise ou processo inflamatório), não costumam causar dor abdominal, a possibilidade de Síndrome do Intestino Irritável existe. Discuta o seu exame com o médico que o solicitou.

  47. 47 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 08:49

    Norival, o dolicocolon só é tratado cirurgicamente quando há a comprovação de que ele é o causador de uma constipação severa e que não responde ao tratamento clínico. Em relação ao seu caso, acredito que você possa necessitar do uso de fibras mais elaboradas (prescritas pelo seu médico) e de laxantes para um funcionamento melhor. Isto diminuiria o desconforto abdominal.

  48. 48 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 10:39

    Ivete, infelizmente o seu Pai apresenta um câncer de intestino, que deverá ser tratado cirurgicamente, e se necessário com tratamento complementar, como a quimioterapia. De qualquer forma, saiba que as chances de cura e a necessidade de quimioterapia dependem se o tumor comprometeu estruturas vizinhas e órgãos à distância. Estes dados serão obtidos através de exames complementares e pela própria cirurgia.

  49. 49 Isis Tatiane Pinheiro Campos
    15.02.2011 às 17:32

    Oi, Dr. Fernando! Minha mae tem 56 anos e toda vez que vai defecar tem um sangramento. Ela fez uma videocolonoscopia e o resultado foi: diverticulos no sigmoide distal, espasticidade em sigmoide e intensa deformidade do sigmoide.

  50. 50 Isis Tatiane Pinheiro Campos
    15.02.2011 às 17:34

    O que significa este resultado, Doutor? estamos todos muito apreensivos e preocupados.
    Obrigada pela atencao!

  51. 51 Camila
    15.02.2011 às 21:05

    Olá Doutor,
    Minha mãe está com um adenocarcinoma bem diferenciado ulcerado com densa infiltração no reto-sigmóide e infelizmente ainda vai demorar um pouco para fazer a cirurgia. Gostaria de saber se tem alguma dieta que ela possa seguir antes da cirurgia para melhores resultados.
    O médico não passou quimioterapia para ela fazer antes da cirurgia, isso é normal mesmo com esse resultado de biópsia?
    Desde já muito obrigada!

  52. 52 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 22:31

    Isis Campos, o seu intestino obviamente se encontra comprometido pelos divertículos, mas não é possível afirmar que o sangramento tem a origem nestas lesões. É importante que a sua região anal seja avaliada.

  53. 53 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 22:34

    Isis Campos, devido aos processos inflamatórios intestinais em decorrência dos divertículos, houve uma retração cicatricial do segmento intestinal acometido. Estas deformidades podem causar dor abdominal alteração da forma das fezes. De qualquer forma, estas alterações são benignas, mas podem necessitar de cirurgia para um tratamento adequado (o que será avaliado pelo médico responsável pelo caso).

  54. 54 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 22:39

    Camila, como a sua Mãe apresenta uma lesão tumoral, o importante até que a cirurgia seja resolvida é que a dieta seja rica em fibras e mantenha as fezes pastosas.

  55. 55 Melissa
    16.02.2011 às 23:21

    Boa noite Dr. Fernando,
    Minha dúvida é a seguinte: Tenho endometriose profunda e passei em consulta com procto para avaliação cirúrgica pois a endometriose atingiu o retossigmóide causando um acotovelamento nessa área. No exame mostrou que “acima de 13,0 cm da borda anal, evidencia-se acotovovelamento do retossigmóide e área de espessamento focal parietal numa extensão de 2,0 x 0,9 x 0,4 cm, infiltrando a serosa e a muscular própria externa. Nota-se também a este nível, aderências com a região cervial posterior e anexo esquerdo.”
    Pois bem, o procto disse que não indica a retossigmoidectomia por conta da morbidade desta cirurgia e por meus exames não apresentarem estenose. E também por meu intestino funcionar normalmente. E no meu caso que sou obesa, ele disse que teria que usar “a bolsinha” para sempre e o risco de infecção hospitalar é enorme por conta do tamanho do corte abdominal e da gordura.
    Farei uma cirurgia para retirada de vários nódulos de endometriose e nessa cirurgia seria feito também a ressecção do reto.
    Gostaria de saber sua opinião sobre isso, é tão perigoso assim fazer essa cirurgia?
    Por favor me esclareça.
    Muito obrigada.
    Melissa.

  56. 56 Dr. Fernando Valério
    17.02.2011 às 08:42

    Melissa, a endometriose pode afetar a parede intestinal, e não há como retirar o endometrioma de forma completa se você não tratar a parte intestinal. Como a cirurgia será realizada de forma eletiva, provavelmente você não necessitará permanecer com colostomia.

  57. 57 Dayane
    23.02.2011 às 13:18

    Olá Dr Fernando,

    Tenho 28 anos, e venho sofrendo desde agosto do ano passado de problemas intestinais. A constipação chegou num nível que nem as lavagens feitas no hospital funcionam mais… E no entanto, nos últimos anos sempre tive uma dieta rica em fibras, frutas, verduras, líquidos…
    Já fiz todos exames possíveis: colonoscopia, marcadores rádio opacos, cinedefecografia, milhões de RX, e por último agora um enema opaco, que foi introduzido um contraste o qual ficou parado no meu intestino, e mesmo após lavagens e laxantes não consigo eliminá-lo (e já fez uma semana).
    Os primeiros diagnósticos foram rectocele e prolapso do reto. Estando já com a cirurgia marcada, os médicos decidiram por cancelá-la, alegando que o problema ainda estava “pequeno” para optar por uma intervenção.
    No último exame, apareceu “cólon redundante”. E o médico disse ontem que terá que ser feita a colectomia de todo intestino grosso, pois ele perdeu os movimentos peristálticos e já não é mais útil.
    Faço sessões de fisioterapia para fortaceler a musculatura anorretal, mas sinto que perdi ainda mais a força para evacuar.
    Já fui em 4 médicos diferentes, nenhum pareceu compreender meu caso. E este último, foi muito convicto no diagnóstico, embora pareça ser uma medida drástica.

    Sei que é difícil dar um parecer sem conhecer todo caso, mas gostaria de uma opinião quanto a esta retirada, por favor! Quais os riscos, sequelas… Qual o tempo de recuperação (pois deixo o país em julho). Se poderei viver bem e normalmente apenas com o delgado ligado ao reto…

    Agradeço muito por sua atenção.
    D.

  58. 58 Dr. Fernando Valério
    24.02.2011 às 15:12

    Dayane, você foi muito bem investigada, e pelo que parece apresenta um quadro de constipação severa devido à inércia colônica. Como você não está respondendo de forma alguma às medidas terapêuticas habituais, poderá realmente necessitar de um procedimento cirúrgico. De qualquer forma, saiba que esta é a última medida e usada somente em casos extremos. Quanto à cirurgia, a recuperação ocorre em um período de 15 a 30 dias, com internação em torno de uma semana.

  59. 59 Dayana
    25.02.2011 às 10:50

    Dr. Fernando,

    Primeiramente quero parabenizá-lopelo blog e pela atenção que dá ao seu público virtual.
    Hoje peguei o resultado da biópsia do meu pai, ele tem 46 anos de idade,e teve os seguintes resultados:

    “Natureza do Material: Reto

    Informes Clínicos: Biópsia de lesão úlcero-vegetante na parede anterios do reto, 1,0 cm da linha pectínea, clinicamente neoplásica.

    Macroscopia: Material constituído por quatro fragmentos tissulares pardacentos, irregulares e macios, medindo em conjuntos 1,2 X 4,0 X 0,4 cm.

    Microscopia: Os cortes hispatológicos mostram fragmentos de mucosa retal ulcerada apresentando neoplasia epitelial malígna caracterizada por glândulas de contornos irregulares revestidas por células atípicas infiltrando a lâmina própria.

    Conclusão: ADENOCARCINOMA RETAL MODERAMENTE DIFERENCIADO, INVASOR. ”

    Dr. Fernando, vamos ao médico levar o resultado da biópsia, nessa proxima segunda 28/02. Mas, eu queria já ter uma idéia do que se trata… Na família do meu pai, já tem esse histórico de sangramento e ferida no reto, meus tios trataram cedo resolvendo apenas com uma cirurgia, já meu pai apresentou resistencia pra tratar da doença, até que agravou e assim ele permitiu-se uma orientação médica.

    A minha mãe teve câncer em 2004/2005, sei que meu pai está com câncer, mas queria ter noção do tipo de câncer e os possíveis tratamentos.. e se tem cura…

    Desde já agradeço..

  60. 60 Dr. Fernando Valério
    26.02.2011 às 10:12

    Dayana, o seu Pai apresenta, infelizmente, um câncer de reto, e pela descrição, já com algum grau de invasão. Desta forma, o seu Pai deverá ser submetido a cirurgia e tratamento complementar (quimioterapia e radioterapia), mas não necessariamente nesta ordem. Desejo sucesso no tratamento dele e muita tranquilidade e serenidade para vocês todos.

  61. 61 Dayana
    28.02.2011 às 09:50

    Bom dia Dr. Fernando,

    Obrigada pela atenção.

  62. 62 Rosa d ambrosio
    02.03.2011 às 17:08

    Por favor doutor estou muito preocupada fiz uma colonoscopia que deu sigmóide redundante, estou a 8 meses com dor do lado direito do abdomem que doi de dia e de noite mas uma dor suportavel , algumas veses foram fortes como cólica!!! qual é o tratamento doutor???? por favor me ajude obrigada!

  63. 63 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 10:05

    Rosa d Ambrosio, incialmente o mais importante é saber a causa da sua dor abdominal. Por isso, recomendo que você procure um Gastroenterologista para ajudá-lo.

  64. 64 Dirce Maria Faria
    05.03.2011 às 19:28

    meus parabens e obrigado pela paciencia e dedicação,o Dr me ajudou a entender o que eu tenho,continue pois e sem duvida sua contribuição para a sociedade.

  65. 65 Dr. Fernando Valério
    06.03.2011 às 09:07

    Dirce Maria Faria, a meta pessoal é ser um cidadão relevante e útil à Sociedade. Mais do que criticar os que nada fazem, prefiro continuar fazendo algo produtivo. Agradeço o seu reconhecimento e incentivo.

  66. 66 Rosa d ambrosio
    06.03.2011 às 10:13

    Ola Dr. Obrigado por ter respondido , meu proctologista me pediu uma resonancia magnetica para tentar identificar as causas da dor, mas gostaria de saber do Sr se sigmóide redundante, pode causar esse tipo de dor do lado direito,e se isso é uma doença ou algo comum ??? obrigada pelo seu trabalho , pelo que tem ajudado pessoas aqui nesse blog

  67. 67 Dr. Fernando Valério
    06.03.2011 às 12:12

    Rosa D Ambrosio, o cólon sigmóide redundante pode causar distúrbios de evacuação (constipação) e desconforto, mas que é mais comum no lado esquerdo do abdome.

  68. 68 Rosa d ambrosio
    06.03.2011 às 17:28

    obrigada doutor…. vou procurar fazer essa resonância magnetica e descubrir a dor… sera que atravez dela pode-se descobrir tudo, por exemplo pedra no rim, apendicite ernia …. não sei oque pode estar acontecendo mas gostaria que essa dor sumisse !!! obrigada por tudo

  69. 69 Dr. Fernando Valério
    06.03.2011 às 21:17

    Rosa d Ambrosio, todo exame diagnóstico, seja laboratorial ou de imagem, tem as suas indicações e limitações.

  70. 70 Rosa d ambrosio
    07.03.2011 às 11:28

    obrigada doutor deus abençoe

  71. 71 vera
    07.04.2011 às 23:29

    Boa noite, Dr.Fernando.
    Tenho 54 anos e estou com fissura anal e hemorroidas internas,Já fui em vários médicos e atualmente estou fazendo uso de nefinidrina.Já faz 15 dias em que estou em tratamento e a melhora foi muito pouca.
    Gostaria de me consultar com o senhor e saber o preço da sua consulta, para saber se realmente preciso fazer uma cirurgia.
    Agradeço desde já.
    Vera

  72. 72 Dr. Fernando Valério
    08.04.2011 às 10:10

    Vera, em casos em que a fissura anal se tornou crônica e não responde aos tratamentos medicamentosos, a cirurgia passa a ganhar espaço. Por razões éticas, não comento sobre valores de consultas e procedimentos neste espaço. Espero que você entenda.

  73. 73 elvis dos santos
    12.04.2011 às 20:46

    doutor fiz um exame enema opaco e deu como resultado.transito retrogrado livre do duplo contrastedo reto ao ceco com refluxo para o ileo terminal e sem enchimento do apendice cecal. segmoide redundante.haustrações conservadas.aspecto normal do ceco. espaço pre sacro conservado.

  74. 74 Dr. Fernando Valério
    16.04.2011 às 09:49

    Elvis dos Santos, o seu enema opaco mostra apenas que o seu intestino é um pouco mais longo. Em algumas pessoas, isto pode representar um quadro de constipação associado.

  75. 75 elvis dos santos
    16.04.2011 às 17:49

    doutor obrigado pela resposta DEUS abençoe sempre,DOUTORminhas fezes começou a sair acompanhada de sangue isto é grave desculpe estar incomodando o senhor mas fiquei preocupado

  76. 76 Dr. Fernando Valério
    17.04.2011 às 09:05

    Elvis dos Santos, em geral o sangramento anal não representa exclusivamente doenças graves. No entanto, é fundamental que você procure a ajuda de um Proctolgista para avaliá-lo.

  77. 77 Lidiane amaro
    20.04.2011 às 19:23

    fiz um colonoscopia e deu um tumor com 6 cm

  78. 78 Dr. Fernando Valério
    21.04.2011 às 00:34

    Lidiane Amaro, espero que você se recupere bem do tratamento a que será submetida e que obtenha a cura da doença.

  79. 79 claudia silva
    22.04.2011 às 00:21

    Dr.boa noite,

    Tenho 36 anos e a dois anos tenho problemas para evacuar, como estava utilizando sempreo “tamarine”,resolvi procurar um gastro.
    Ele indicou exame de sangue,ultra som do abdomem e colonoscopia.

    O resulto da colo deu polipo sessil de sigmoide,cerca de 3,0 cms com area sugestiva de degeneração neoplasica.Na conclusão o medido indica resseção endoscopica com mucosectomia ou ressecção cirurgica.
    No entanto, no laudo da biopsia indica: Colon Sigmoide, adenocarcinoma ulcerado e invasivo.

    Com tudo isso, o senhor poderia me adiantar alguma conclusão? Estou preocupada com o tratamento do cancer relacionado ao resultado da colo.
    Pelo resultado do exame,jásignifica que estou com cancer? Se estiver a quimioterapia será inevitavel? No caso dacirurgia, como funciona? Quanto tempo ficarei internada? è simples ou terei que me afastar do trabalho?

    Obrigada,

    Claudia

  80. 80 Dr. Fernando Valério
    22.04.2011 às 01:00

    Claudia Silva, infelizmente a sua biópsia confirmou um quadro de tumor maligno (câncer) de intestino grosso, que deverá ser operado. Em relação à cirurgia, você precisará ficar afastada das atividades profissionais e ficará internada de 5 a 10 dias. A cirurgia consiste na retirada do segmento intestinal comprometido e reconstrução do trânsito intestinal. Quanto à necessidade de tratamento complementar, isto dependerá dos achados na cirurgia e nos exames que serão realizados para estadiamento da lesão. Desejo muita calma para você e sucesso no seu tratamento.

  81. 81 patricia
    09.05.2011 às 21:40

    fiz um enema opaco e a conclusao foi
    dolico spigmoide oque significa estou preoculpada por favor mim responda

  82. 82 Dr. Fernando Valério
    10.05.2011 às 00:24

    Patricia, dolicocolon signfica dizer que o seu intestino é mais longo que a média. Este quadro é muito associado a problemas com constipação.

  83. 83 patricia
    10.05.2011 às 09:19

    dolico sigmoide é perigoso ,qual tratamento para isso
    obrigado

  84. 84 Dr. Fernando Valério
    11.05.2011 às 00:02

    Patricia, o dolicocólon não é grave, e o tratamento consiste no controle da constipação.

  85. 85 Dr. Fernando Valério
    19.08.2011 às 17:32

    Caro visitante deste blog, primeiramente agradeço o seu interesse em relação aos assuntos médicos publicados neste espaço. Quanto às suas dúvidas complementares, de acordo com a determinação do Conselho Federal de Medicina publicada neste data no Diário Oficial, é vedado a qualquer médico prover assistência médica à distância, seja ela por telefone ou internet. Desta forma, seguindo as recomendações do Conselho que rege a minha profissão, não responderei a perguntas individuais e que possam caracterizar consultas médicas “on line”. Sendo assim, em caso de necessidade de acompanhamento médico e de busca de informações sobre saúde, todo indivíduo deverá realizar consulta médica formal e pessoal com profissional da sua confiança. De qualquer maneira, tenho certeza que os artigos publicados neste blog já são muito explicativos e úteis à Sociedade. Grato pelo entendimento da questão aqui exposta.

  86. 86 Aline
    28.12.2012 às 10:49

    Bom dia Dr. Fernando,

    Minha mãe tem 70 anos e fez o exame de colonoscopia, o resultado foi diverticulose colonica e estenose espasticidade colonica em sigmóide. Isso é grave? Poderia me adiantar em como se basei o tratamento? Obrigada!

  87. 87 Dr. Fernando Valério
    03.01.2013 às 15:49

    A doença diverticular se caracteriza pela presença de lesões benignas chamadas divertículos na parede do intestino. Estas alterações não têm relação com o câncer de intestino, e são tratados com dieta adequada, e em casos mais extremos, com cirurgia. O diagnóstico da diverticulose é realizado através da colonoscopia e de exame radiológico (enema opaco).

  88. 88 lidia borges
    04.01.2013 às 21:04

    Dr. Tive cancer de reto em 2005.operei e fiquei curada.
    usei bolsa durante 54 anos. minha médica disse que eu só precisaria fazer colono em 2015. este mês fiz um clstee opaco, com o seguinte resultado;
    na radiografia simples de abdomen nao se evidnciam alteraç~eos apreciaveis.
    nota=se reduçao do calibre do reto e porçao distal do sigmoide, associada q perda de austrações com discreta irregularidade parietal. Será que estou goente novamnete?

  89. 89 lidia borges
    04.01.2013 às 21:07

    tenho 46 anos., fiquer ostomizada durante 5 anos

  90. 90 lidia borges
    04.01.2013 às 21:19

    Boa noite Dr. tebho 46 anos e aos 39 tive cancer de reto. fiquei ostomizada durante 6 anos, minha m´dica disse depois dos 5 anos eu estava curada, este mês fiz um clister opaco com o seguinte resultado. radiografia simples do abdomem nao se evidenciam alteraçoes apreciaveis.
    nota-se reduçao do calibre do reto e porçao distal o sigmoide,associada e perda das austrçoes com discreta irregularidade parietal. o que isso realmente significs?

  91. 91 Dr. Fernando Valério
    07.01.2013 às 10:59

    Pacientes que apresentaram câncer de intestino grosso ou reto podem necessitar de colostomia por um período determinado ou de forma definitiva. No entanto, isto não significa que o paciente não precise mais ter acompanhamento da região, estando o trânsito intestinal reconstruído ou não. Estas avaliações incluem exames radiográficos e endoscópicos (colonoscopia). De qualquer forma, a colonoscopia tem uma grande vantagem, já que permite a biópsia de qualquer área suspeita ou que traz alguma dúvida.

Deixe um comentário