Helicobacter pylori e as suas relações com a gastrite, úlcera e câncer de estômago

Postado em 28.03.2010 - 21:42

Em 1982, dois pesquisadores australianos (Marshall e Warren) descobriram que uma bactéria chamada Helicobacter pylori conseguia viver no meio ácido do estômago e causar uma série de doenças neste órgão. No período em que a bactéria foi descrita, aproximadamente 10% da população adulta apresentava úlcera de estômago ou duodeno, e inúmeras pessoas eram submetidas a tratamento cirúrgico para o tratamento de úlceras perfuradas, sangramentos digestivos e obstrução gástrica. Atualmente, sabe-se que a bactéria é responsável por mais de 90% dos casos de úlcera péptica, que tem relação com a gastrite crônica, com a atrofia gástrica e com o câncer de estômago, além de um tipo de linfoma de estômago (MALT). Por isso mesmo, as úlceras benignas de estômago e duodeno podem ser praticamente consideradas doenças infecciosas. Desta forma, a relevância do estudo sobre o Helicobacter pylori se tornou inquestionável, e as medidas de prevenção e erradicação da bactéria trouxeram enormes benefícios à população Mundial.

A infecção pelo Helicobacter pylori é muito prevalente nos Países em desenvolvimento como a Índia, Arábia Saudita e Vietnam, onde 80% da população apresenta a infecção pela bactéria com menos de 20 anos. No Brasil, acredita-se que até 60% da população pode apresentar a bactéria, principalmente nas regiões mais pobres. Em Países desenvolvidos, as taxas de infecção caem para 20 a 50% da população. Desta forma, as infecções pelo Helicobacter pylori são inversamente proporcionais às condições sócio-econômicas, principalmente na infância, que é um período de maior risco. Quanto ao modo de transmissão da bactéria, ela ocorre de duas formas: gastro-oral (contato com vômitos) e fecal-oral, ou seja, para se infectar pela bactéria é preciso ingeri-la. Desta forma, é possível entender a clara relação entre a falta de saneamento básico e o contágio. Eu costumo citar como exemplo para os meus pacientes a falta de água e o esgoto despejado nos mares durante o verão, quando as cidades litorâneas estão lotadas de visitantes. Obviamente esta falta de estrutura aumenta as chances de infecção, já que o saneamento se torna falho. Não é preciso dizer que nas regiões do Brasil sem água encanada o efeito da falta de saneamento é ainda mais desastroso.

A infecção pelo Helicobacter pylori é responsável por casos de gastrites crônicas, úlceras pépticas (estômago e duodeno) e pelo câncer de estômago. Aproximadamente 17% das pessoas infectadas pelo Helicobacter pylori apresentarão úlceras pépticas. Além disso, há uma clara relação entre a infecção e o aumento de incidência do câncer de estômago. A atrofia gástrica e a metaplasia intestinal no estômago, que são lesões precursoras do câncer gástrico, são muito mais associadas à infecção pelo Helicobacter pylori do que em indivíduos não infectados.

O diagnóstico da infecção pelo Helicobacter pylori pode ser feito através de métodos invasivos e não-invasivos. Os exames invasivos incluem a endoscopia digestiva alta com bióspia gástrica, teste da urease e cultura do material biopsiado. Os métodos não invasivos são representados pela sorologia (exame de sangue), teste respiratório e pequisa de antígeno nas fezes. O teste respiratório é interessante porque tem alto índice de sensibilidade e pode ser usado para a detecção de infecção inicial ou para controle do tratamento. A pesquisa de antígeno das fezes também é interessante, e tem como principal utilização a avaliação da resposta ao tratamento em crianças. Por outro lado, pacientes com sinais de alarme, como anemia, sangramento gastrointestinal e perda de peso, assim como em pacientes com idade maior que 50 anos, a endoscopia deve ser realizada. Quando a endoscopia é indicada, o teste de escolha para o diagnóstico é o teste da urease com espécime retirado em biópsia. O teste da urease permite a detecção rápida e barata da infecção pelo Helicobacter pylori. A cultura da bactéria não é indicada em casos de diagnóstico inicial de infecção, mas deve ser lembrada em casos em que os esquemas de tratamento já falharam em duas oportunidades. Deve-se lembrar que antes de se realizar as pesquisas diagnósticas os pacientes não devem estar fazendo uso de medicação que diminua a secreção ácida do estômago ou de antibióticos, já que isto diminui muito a sensibilidade dos exames descritos, gerando um grande número de resultados falso-negativos.

Quanto ao tratamento, o objetivo principal é a completa erradicação da bactéria do organismo. Quando isto é alcançado, os índices de reinfecção são muito baixos, o que mostra uma boa durabilidade do tratamento a longo prazo. Os regimes prescritos de medicação são eficazes em mais de 80% dos casos, com efeitos colaterais mínimos e com baixa indução de resistência bacteriana. Para o tratamento eficaz, é necessário utilizar medicamentos que diminuam a acidez do estômago e antibióticos, e são usados por 7 a 14 dias. Quanto à falha no tratamento, as principais causas são a resistência bacteriana aos medicamentos e o uso de maneira irregular e desregrada dos medicamentos por parte dos pacientes, sendo a principal causa do abandono do tratamento a presença de efeitos colaterais.
Gastrite e Úlcera Péptica

623 Comentários para “Helicobacter pylori e as suas relações com a gastrite, úlcera e câncer de estômago”

  1. 1 Paulo
    29.03.2010 às 17:42

    Prezado Dr. Fernando,

    Parabens pelo ótimo artigo.

    Estou fazendo tratamento de uma úlcera péptica de 1 CM com Nixium durante 40 dias, e a biopsia deu negativo para a bactéria.

    Juntamente com a endoscopia, realizei uma TC de abdomen e os aspectos observados foram:

    O fígado apresenta volume levemente aumentado a custa doi lobo direito, mantendo forma e contornos usuais. O lobo direito mede 19 cm e o esquerdo 7,8 cm (normal até respectivamente 16,0 e 11,0 cm). o parênquima hepático exibe discreta e difusamente reduzida, compatível com esteatose.

    Vesícula biliar eutópica e de volume normal.

    Pancreas e glandulas suprarrenais com dimensões usuais.

    O baço apresenta volume no limite superior da normalidade: inespecífico.

    Meus exames de sangue: Hemograma, Colesterol, Triglicedes, Glicemia, TGP, TGO, Gama GT, reticulócitos deram completamente normais, FAN todo negativo e Hepatite B Negativo. Quando era crianla tive Hepatuite A.

    Considerando as informações acima, o Sr. poderia me dizer qual seria o Grau da Esteatose e se o fato de ter emagrecido 8 KG em 20 dias é ruim e se tem algo a ver com a Úlcera? Recentemente fiz uma retirada de uma fistula anal e tomei muitos antiflamatórios, isto pode ter causado a úlcera?

  2. 2 Dr. Fernando Valério
    30.03.2010 às 16:32

    Paulo, saiba que fico muito satisfeito em saber que o artigo publicado lhe foi útil de alguma forma. Em relação às suas dúvidas, mais de 90% dos casos de úlcera são causados pela bactéria Helicobacter pylori, enquanto os outros 10% se relacionam com o uso de antiinflamatórios. Desta forma, provavelmente a sua úlcera se desenvolveu devido ao uso de medicamentos para controle da dor decorrente da cirurgia para tratamento da fístula anal.
    Em relação à esteatose hepática, provavelmente ela se encontra em grau leve ou moderado, e deve ser tratada com boa dieta e prática de exercícios físicos.

  3. 3 Evelyn
    07.04.2010 às 12:16

    Dr. Fernando Valério

    Que artigo bom,esclareceu muitas duvidas,desde de já agradeço.
    DR. Ultimamente apresentei uma perda de peso acentuada e fiz algusn exames e um delas apresentou positivo para Helicobacter pylori.O Medico falou que minha perda de peso pode está relacionada a bacteria,,Já fiz o tratamento para erradicação.
    Perdi 7 kilos,estou com meu IMC em 15, essa bacteria provoca mesmo perda de peso?.Com sua erradicação vou recuperar meu peso,Por favor ajude-me.
    Obrigadaaaa…..

  4. 4 Evelyn
    07.04.2010 às 12:19

    DR. esclarecendo melhor já tinha perdido os 7 kilos antes do tratamento..Estou muito magrinha ,tenho 1.61 cm e peso hj 39 Kilos..Axa que devo investigar outra causas para essa perda de Peso.Minha alimentação é boa…

  5. 5 Dr. Fernando Valério
    09.04.2010 às 09:31

    Evelyn, o Helicobacter pylori não causa diretamente a perda de peso, e sim as doenças que ele causa e que podem fazer com que você diminua ingesta alimentar. Desta forma, se você já vinha se alimentando bem e não apresentava alguma doença gástrica específica à bactéria, a erradicação do Helicobacter pylori pode não ter relevância para a recuperação do seu peso.

  6. 6 luciano tavares
    09.04.2010 às 22:52

    oi doutor eu sentido um queimação proximo a garganta eu acho que e refluxo,ja fiz o exame duas vezes e dei gastrite..so que hoje eu estou sentido muito forte.o que vc a conselha..

  7. 7 Dr. Fernando Valério
    10.04.2010 às 13:31

    Luciano, a endoscopia mostra apenas se há lesão esofágica em decorrência do refluxo e se há alguma lesão predisponente ao refluxo gastroesofágico, como a hérnia de hiato. Sendo assim, para se avaliar refluxos proximais (que vão até a boca ou garganta), testes funcionais como a pHmetria são mais indicados. Discuta a possibilidade de realizar tais exames funcionais com o seu médico.

  8. 8 LIA
    10.04.2010 às 22:21

    BOA NOITE.DR FERNANDO,MEU CUNHADO ESTA COM CANCER NO ESTôMAGO E JÁ FOI DESENGANADO,ESTÁ TOMANDO A MEDICAÇAÕ QUE LHE FOI PASSADA[OMEPRAZOL],MAS AGORA APARECEU UMA DESINTERIA E NÃO SABEMOS SE E POR CAUSA DO REMÉDIO OU DO PROBLEMA PELO QUE ELE ESTA PASSANDO,POR FAVOR ME ESCLAREÇA.AS FEZES SAI MEIO ROSADA. DESDE JÁ MUITO OBRIGADO!

  9. 9 Dr. Fernando Valério
    11.04.2010 às 09:56

    Lia, o seu cunhado está com uma doença avançada e grave e provavelmente fazendo de inúmeros medicamentos, o que aumenta o risco de efeitos colaterais relacionados. Desta forma, é importante que a Família entre em contato com o médico responsável por ele para que uma avaliação pessoal seja feita. Lembro a você que provavelmente ele já se encontre muito debilitado, e que alterações hidroeletrolíticas decorrentes da diarréia, podem ser graves e precisam ser tratadas.

  10. 10 Evelyn
    11.04.2010 às 12:10

    Dr. Fernando Valério
    Muito obrigada pela resposta,esclareceu minhas duvidas. Que devo fazer entaum para investigar essa perda de Peso? O que me indicaria ?

    Obrigada ,,,Evelyn

  11. 11 Dr. Fernando Valério
    12.04.2010 às 09:13

    Evelyn, sugiro que você procure um Clínico Geral e avalie se há algum outro problema responsável pela perda de peso. Este especialista terá uma visão abrangente do seu caso e poderá pesquisar algumas possibilidades para o seu quadro.

  12. 12 fernando p ramos
    17.04.2010 às 11:26

    ola dtr fernando utimamente de 1 mes praca tenho sentido muito imchaço no estomago as veses doi o lado direito e tamben o esqerdo e leves dores de cabeça e estou muito pruocupado oqe poderia ser …eu ainda nao procurei nenhu medico

  13. 13 Dr. Fernando Valério
    18.04.2010 às 09:58

    Fernado, existem diversas razões para sintomas como os seus, que são chamados de dispepsia (má digestão). Este quadro pode ser causado por problemas funcionais, pela dieta, por processos inflamatórios (gastrite, úlcera), por uso de medicamentos e até mesmo por infecções, como no caso do Helicobacter pylori. Desta forma, é importante que você procure a ajuda de um Gastroenterologista.

  14. 14 Teresa
    19.04.2010 às 10:29

    Bom dia Dr. Valério

    Parabens pelo ótimo artigo, através dele fiquei muito mais tranquila em relação aos exames de colonoscopia e endoscópia que tive que fazer. O resultado da colonoscopia e biopsia deu o seguinte:Pólipo hiperplásico de mucosa colônica, ausência de neoplasia.
    E o da endoscópia deu : Esofagite erosiva grau a de los angeles e gastrite erosiva plana amtral discreta.
    teste de urease : NEGATIVO..
    Qual seria o seu parecer?
    Desde já agradeço
    No aguardo
    Teresa

  15. 15 maria das graças
    20.04.2010 às 00:22

    dr fernando desde janeiro estou comincomodo na garganta bem la em baixofui ao clinico e ele mandou ir no otorrino e ele receitou omeprazol e dise quepodia ser refluxo mas nao melhorei nada eu acho que nao é isso o que poderia ser ?

  16. 16 marcia cristina leite
    20.04.2010 às 18:53

    Boa Noite

    Tenho problema de gastrite e ja foi detctado a bacteria Helicobacter Pylori, mais sinto dores constantes, ja fiz varias endoscopias….ja fiz ultrassom, pra ver a visicula pois as vezes fico arrotando o dia todo e tenho dores do lado direito do abdomem.O que devo fazer que medico procurar, o gastro que vou nele qdo me ve nem sabe o que falar mais…

  17. 17 ELISANGELA N MARTINS
    20.04.2010 às 21:46

    DR. FERNANDO, FIZ A ENDOSCOPIA, BIOPSIA+H.PYLORI E O RESULTADO FOI UMA GASTRITE CRONICA, TOMEI MEDICAMENTO PYLORI PAC IBC. FIZ ESTES EXAMES EM DEZEMBRO/09. NO ENTANTO TENHO SENTIDO MUITA DOR NO ESTOMAGO, E NAUSEAS. É POSSÍVEL A BACTERIA NAO TER SIDO ERRADICADA PELA MEDICAÇÃO.

  18. 18 Leandro Eiji
    21.04.2010 às 06:51

    Caro Dr.Fernando, fiquei extremamente feliz em descobrir seu blog pelo Google, quando pesquisava a respeito dos sintomas da gastrite (doença pela qual venho sofrendo a algum tempo).Esou escrevendo apenas para parabenizá-lo pela iniciativa, e pela boa vontade que você esclarece as dúvidas de todos.Amanhã (22 de abril)irei ao hospital para realizar uma endoscopia.Meu grande problema é a barreira da língua, pois vivo no Japão e dependo de tradutores.Por isso, agradeço-lhe novamente pelo blog e assim que tiver o resultado da endoscopia, voltarei a escrever para tirar eventuais dúvidas.
    Um grande abraço

  19. 19 sergio
    21.04.2010 às 20:01

    bom dia doutor…
    Fiz endoscopia e deu positivo p/ H pyloris e esofagite erosiva grau A de Los Angeles e pangastrite discreta..
    Tomei Helicopac por 7 dias -(3 de manha e 3 a noite ) e no 5ºdia um amigo me alertou que não deveria estar ingerindo cerveja…ai nos últimos dias parei e agora iniciei a sequncia do tratamento com 1 compr diário de nexium 40 por 56 dias(2cx)
    Como não tinha ficado claro p/mim durante os 5 primeiros dias tomei bem moderadamente bebidas alcoolicas (vinho e cerveja)..
    Pergunto: será que o efeito do Helicopac foi anulado…e posso ingerir alcool moderadamente durante o tratamento dos 56 dias com nexium 40?????

  20. 20 EDSON
    23.04.2010 às 23:00

    Dr fernando boa noite , fiz o tratamento um mes com o kit piloripac , fiz a dieta certinho , perdi 5 kilos , tudo bem mas me ajude por favor , terminei o tratamento faz 2 meses ( a dor no meu estomago continua a mesma coisa , tem noite q nao consigo dormir com tanta dor , eu estou tomando o omeprazol todo dia de manha , mas nao aguento , ainda sigo a dieta do tratamento mesmo sem o piloripac e normal , e efeito do piloripac ainda? porq esta dor bem no meio do estomago ? nao sinto asia , so a dor

  21. 21 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 08:16

    Teresa, o seu exame mostrou a presença de um pólipo benigno no intestino grosso, e de um quadro inflamatório do esôfago (esofagite) e do estômago (gastrite). Estes processos inflamatórios serão tratados pelo médico que solicitou o exame através da diminuição da acidez nestas regiões. Quanto ao teste da urease, ele é usado para o diagnóstico da presença do Helicobacter pylori, e deu negativo no seu caso.

  22. 22 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 08:39

    Maria das Graças, saiba que uma das possibilidades para desconfortos em vias aéreas altas é o resfluxo gastroesofágico, mas não é a única. Desta forma, rediscuta o seu caso com o seu otorrinolaringologista, e caso ele realmente acredite que o quadro decorra do refluxo, valerá a pena procurar um Gastroenterologista e realizar exames específicos para o diagnóstico desta doença.

  23. 23 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 08:51

    Marcia, as alterações do trato digestivo são tratadas pelos gastroenterologista, que devem avaliar as reais razões do seu quadro, ou seja, se problema se relaciona com inflamações de estômago e infecção por Helicobacter pylori, se problemas na vesícula, se alterações funcionais (dispepsia funcional ou Síndrome do Intestino Irritável, por exemplo). A partir de um diagnóstico, você deve ser submetida a um tratamento adequado.

  24. 24 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 08:56

    Elisangela, após o tratamento para a erradicação do Helicobacter pylori, é muito importante que uma avaliação seja feita para se saber se o quadro foi realmente resolvido. Caso o tratamento tenha sido efetivo e você mantenha os sintomas gástricos, provavelmente você apresente uma dispepsia funcional, que sabidamente se beneficia pouco com a erradicação da bactéria.

  25. 25 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 09:04

    Leandro Eiji, fico muito satisfeito em saber que este blog lhe foi útil e que lhe ajudou a entender o seu problema. É muito importante que a população se informe sobre assuntos médicos, mas desde que as fontes sejam sérias e responsáveis, como é o caso deste espaço. Muito obrigado.

  26. 26 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 09:09

    Sergio, sabidamente a ingestão de bebidas alcoólicas podem interferir na ação de antibióticos. Além disso, com o quadro inflamatório que você apresentava em seu estômago, é quase uma temeridade ingerir álcool antes do tratamento. Desta forma, você deverá discutir com o seu médico a melhor maneira de conduzir o seu caso. Na minha opinião, eu acredito ser sensato concluir o tratamento e verificar se houve a erradicação da bactéria.

  27. 27 Dr. Fernando Valério
    24.04.2010 às 09:38

    Edson, primeiramente você deverá repetir os seus exames para saber se realmente houve a erradicação da bactéria. Caso a resposta seja de que o tratamento foi efetivo, o seu médico deverá identificar outras causas que justifiquem o seu quadro, e tratá-lo obviamente. Caso o tratamento não tenha sido efetivo, um novo esquema terapêutico deverá ser prescrito para que você tente erradicar a bactéria.

  28. 28 Nereide Negri Chiarello
    25.04.2010 às 10:26

    Estou fazendo o tratamento para eliminar o virus pela 3ª vez e gostaria de saber uma dieta para mim durante o tratamento, pois ouvi dizer que tem que ter uma dieta especial. Qual é esta dieta?

  29. 29 Dr. Fernando Valério
    25.04.2010 às 16:40

    Nereide, o tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori é principalmente medicamentoso, e consiste em antibióticos, antiácidos e remédios que diminuam a produção de ácido pelo estômago. No seu caso, provavelmente haverá a necessidade de uso mais prolongado da medicação e de esquemas terapeûticos usados para infecções mais resistentes.

  30. 30 Juliana Leonel
    27.04.2010 às 21:08

    Dr.Fernando Valério,

    Meu nome é Juliana Leonel sou estudante de Ciências Biológicas na Faculdade Pitágoras, trabalho ha alguns meses com a bactéria Helicobacter pylori e desenvolvo meu trabalho de conclusão de curso com a mesma. Defendo agora em Julho e gostaria de receber em meu e-mail materiais que julga importante sobre a bactéria, li sua introdução e achei um trabalho interessante, se puder me mandar algumas das referências bibliográficas ficaria agradecida.

    Atenciosamente,

    Juliana Leonel

  31. 31 Dr. Fernando Valério
    29.04.2010 às 10:07

    Juliana, agradeço o seu interesse pelo artigo sobre Helicobacter pylori. caso você queira ler mais sobre o assunto, procure os artigos científicos relevantes na biblioteca pública americana (http://www.netmed.com.br/pubmed/). Neste local, você terá acesso a todos os tópicos interessantes sobre esta bactéria.

  32. 32 GUILHERME PIRES
    07.05.2010 às 16:47

    LI SEU ARTIGO GOSTEI MUITO MAS FIQUE COM ALGUMAS DUVIDAS SOBRE MEU CASO…

    o EXAME DEU POSITIVO H PYLORI PARA BACILOS (++/3+) ATÉ AI SEM PROBLEMAS PROCURAR UM MEDICO E FAZER O TRATAMENTO O QUE ME PREOCUPA NO RESULTADO TB APARECEU MUTIPLOS FRAGMENTOS IRREGULARES DE TECIDO ROSEO, FOSCO E FIRME. O Q ISSO SIGNIFICA E QUAL A CHANCE DE VIRAR CANCER?

    DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO…

  33. 33 Dr. Fernando Valério
    08.05.2010 às 10:34

    Guilherme, em relação à infecção pelo Helicobacter pylori, você realmente deverá realizar o tratamento com antibioticoterapia que será prescrito pelo seu médico. Quanto à descrição da lesão, ela apenas mostra como a biópsia chegou para o patologista, e de forma alguma cita algo que pode levar você a se preocupar com o câncer de estômago.

  34. 34 leonice
    08.05.2010 às 17:50

    adorei os esclarecimentos
    fiz a endoscopia e deu (borda de úlcera crônica)
    gastrite crônica moderada com metaplasia intestinal
    helicobacter pylori (+)
    por favor me esclareça a respeito
    sinto dor nas costas o medico disse que por causa da ulcera (

    esta com um centímetro nao ha indicicios de malignidade

  35. 35 Dr. Fernando Valério
    09.05.2010 às 18:52

    Leonice, mais de 90% das úlceras de estômago e duodeno são causadas pela bactéria Helicobacter pylori, e por isso você deverá tratar esta infecção. O tratamento inclui antibióticos e serão prescritos pelo seu médico. Em relação à metaplasia intestinal, em geral ela é decorrente da infecção também e deverá ser controlada após a erradicação da bactéria.

  36. 36 Letícia Diniz França
    12.05.2010 às 08:18

    Dr. Fernando, comecei o tratamento com Pylori pac ontem à noite.Meu médico viajou e deixou a receita com a secretaria após eu ter deixado pra ele os resultado da endoscopia. Passei muito mal depois da ingestão dos 4 comprimidos: ânsia de vômito, enjôo e boca amarga. Tomei os comprimidos com 3 horas de jejum às 22:00 (com água) e dormi em seguida. Acordei às 2:00 com os sintomas descritos e ainda estou com sensaçao de refluxo.Também não entendi bem quando tomar as 28 cápsulas de lanzoprazol.Seria quando terminar as 7 capsulas de 12 em 12 horas?

  37. 37 Letícia Diniz França
    12.05.2010 às 08:25

    O nome do remédio é pyloriPac IBP

  38. 38 farias
    16.05.2010 às 20:58

    Boa noite Dr. Fernando!

    Minha esposa se queixava de enjôo,vômitos,sensação de plenitude estomacal e dores.Ela foi ao gastro e ele pediu a endoscopia,o laudo foi o seguinte:
    Esofagite Edematosa
    Pangastrite endoscópica enantematosa moderada
    Hp positivo
    Ele receitou a minha esposa o Pyloripac IBP,mais no primeiro dia que ela começou a tomar,passou muito mal,muito enjôo,fraqueza,falta de apetite e muito mal estar,ela voltou ao médico e ele disse que os sintomas são esses mesmos e tem que continuar tomando,mas ela não está aguentando mais,o que faço?

  39. 39 Dr. Fernando Valério
    18.05.2010 às 10:44

    Farias, a bactéria Helicobacter pylori é muito resistente, tanto que sobrevive ao meio ácido do estômago com tranquilidade. Sendo assim, o tratamento é realmente agressivo, com pelo menos dois antibióticos sendo usados. Obviamente isto aumenta as chances de efeitos colaterais. Desta forma, a melhor maneira de tratar a sua esposa é discutir com o médico dela esquemas terapêuticos que ela possa tolerar.

  40. 40 Dr. Fernando Valério
    19.05.2010 às 10:27

    Letícia, os remédios para o tratamento da infecção por Helicobater pylori realmente são fortes, e portanto podem causar os efeitos colaterais citados por você. Em relação à orientá-la quando à maneira correta de usá-los, por razões éticas não comento posologias ou sobre medicamentos neste espaço. Espero que você entenda.

  41. 41 grasiete
    21.05.2010 às 12:25

    ola dr fiz uma endoscopia o ano passado e descobrir que tenho esofagite leve e desde entao tomo ranitidina nada adianta sinto muito enjoo e normal ter tanto enjoo.

  42. 42 Flavia
    24.05.2010 às 23:22

    Olá Dr. Fernando!
    Terminei o Tratamento de 7 dias com o Pyloripac de forma Muito tranquila, Sintoma softwares antigos Praticamente sem. Porém, no dia 1 º Após o término do Tratamento, acordei com amargor UM insuportável na Boca, Que ESTÁ SE Mantendo Até hoje, dois dias DEPOIS (atualmente Estou Usando o lansoprazol e domperidona). Minha dúvida é: O acúmulo de nenhum antibiótico UM Organismo PoDE Começar um Causar Sintomas DEPOIS DE Passados Vários dias? Se sim, Por Quantos dias o antibiótico Permanece Organismo não, causando Sintomas OS? Muito obrigada e parabéns Pelo ótimo trabalho!

  43. 43 Dr. Fernando Valério
    25.05.2010 às 10:04

    Flavia, os antibióticos usados no tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori são fortes e podem causar desconforto gástrico. Por isso, discuta com o seu médico a presença dos sintomas e a melhor forma de tratá-los. Também é importante discutir se há realmente relação entre os sintomas digestivos e os medicamentos usados.

  44. 44 Dr. Fernando Valério
    26.05.2010 às 10:24

    Grasiete, você apresenta uma inflamação leve na região esofágica, que pode ser causada por refluxo gastroesofágico. Como você ainda apresenta os sintomas, é prudente entrar em contato com o seu médico e discutir com ele sobre o aumento da dose do remédio atual ou pela substituição da medicação. Cuidados dietéticos também são importantes.

  45. 45 Aline
    27.05.2010 às 12:45

    Bom dia, Dr. Valério!!!
    Os cuidados dietéticos influem na eficácia do tratamento da bactéria? pergunto isso por que fiz o tratamento de 7 dias e 3 meses após fiz um novo exame e o resultado foi positivo para a bactéria H.pylori, tenho sobrepeso isso influência?

    Obrigado!

  46. 46 Dr. Fernando Valério
    28.05.2010 às 12:27

    Aline, os cuidados com a dieta são realmente importantes no tratamento das doenças causadas pelo Helicobacter pylori. No entanto, quando se pensa na bactéria, o mais importante é o uso correto dos antibióticos e da medicação que diminui a acidez gástrica.

  47. 47 alessandra
    04.06.2010 às 23:41

    doutor minha filha vem sentindo fortes dores na estomago,teve vomito 1 vez teve febre 2 x foi no medico e disseram que era virose ,mas a dor não passa a medica receitou ranitidina,plasil e anador ,mas ja tem 3 dias e a dor não passa o que fazer?

  48. 48 Biel
    08.06.2010 às 00:12

    Boa noite, Dr. Fernando, há dois anos eu tive úlcera duodenal com a presença da bactéria H. Pylori, fiz o tratamento e obtive a cicatrização da úlcera.Mas atualmente comecei a sentir muita acidez, uma sensação de amargo na boca.Fiz a endoscopia o resultado foi gastrite antral enantematosa.O médico passou para mim tomar pantocal.Mas o que mais está me incomodando é o constante mau hálito.O que devo fazer?

  49. 49 Mariana
    09.06.2010 às 00:55

    Olá Dr. Fernando, exelente artigo me esclareceu algumas dúvidas!

    Durante 1 ano fiz um tratamento para pele (ROACUTAN),
    tendo a consciencia dos efeitos colaterais e dos riscos.

    Pois bem, passado mais ou menos 11 meses do tratamento começou a dar reações no meu estomago, onde tive muuita dor, náusea … foi quando resolvi procurar um gastro, onde ele me pediu exame ENDOSCOPIA DIGESTIVA com BIÓPSIA para H.bacter Pylori, e deu POSITIVO pra bactéria e concluiu que estou com GASTRITE MODERADA.
    Voltei ao médico para ele analisar o exame, e ele me receitou um medicamento chamado HELICOPAC IBP, andei pesquisando na internet, e confesso que estou com um pouco de medo de usar o medicamento … o médico me explicou que será exatamente para acabar com a bactéria, pois se acabar só com a dor a bactéria pode voltar.
    Gostaria de saber a sua opnião antes de começar o tratamento, pois acompanho o senhor ja um tempo e sei que posso confiar a alguma orientação, qualquer coisa.

    Obrigada, espero anciosa sua resposta!

    Mariana =)

  50. 50 Dr. Fernando Valério
    09.06.2010 às 10:41

    Mariana, a bactéria Helicobacter pylori é muito resistente, e por isso consegue viver em um ambiente tão hostil e ácido como o estômago. Por esta razão, é necessário que se utilizem antibióticos fortes e em doses altas para a erradicação da bactéria. Sendo assim, você deveria realizar o tratamento prescrito pelo seu médico. Durante o período de tratamento é importante manter uma boa dieta e evitar álcool e alimentos muito gordurosos e frituras, preservando assim o estômago que já será agredido pela medicação.

  51. 51 Dr. Fernando Valério
    09.06.2010 às 14:38

    Biel, a gastrite (inflamação do estômago) pode ser a causa da sua halitose. Desta forma, você deverá manter a medicação prescrita pelo seu médico. Caso o tratamento não controle o sintoma adequadamente, comunique ao seu médico.

  52. 52 Dr. Fernando Valério
    09.06.2010 às 15:26

    Alessandra, caso a sua filha não tenha apresentado melhora dos sintomas de uma possível gastroenterite, será necessário que ela procure um Gastroenterologista para uma avaliação mais adequada.

  53. 53 Fabio Joel
    12.06.2010 às 00:42

    Dr Fenando,
    Remedios para emagrecer podem causar gastrite ou ulceras?
    Gastrite e ulcera podem causar diarréias e dores abdominais? Pergunto porque estou com estes sintomas e menha endoscopia esta marcada só para daqui 10 dias.
    ESTOU PREOCUPADO!

  54. 54 Julio Sued
    14.06.2010 às 05:04

    Então, não é a primeira vez que tenho problemas de gastrite, em 3 anos, fiz 3 endoscopias e tomei H. Bacter 2 vezes. Agora estou com um problema terrível de refluxo (segundo o médico) desde março, já tomei 3 caixas de Ziprol 40 mg se não me engano e não mudou nada. Quando estou mau do estômago sinto uma forte dor de cabeça (enxaqueca) acompanha com vontade de vomitar, mas não consigo vomitar e quando consigo melhoro em questão de minutos.
    O estranho foi que dessa vez que fiz a endoscopia o teste para a bactéria H. Pylori deu negativo, levando em conta que assim que terminei de fazer a endoscopia, acabou a luz, sei lá estou com o pé atrás com esse diagnóstico.
    Agora estou tomando Pariet 20 mg uma vez ao dia, segundo meu médico tenho que tomar 3 meses, mas o interessante foi que aumentou mais o índice de dor de cabeça, de março até semana passada eu tinha 1, 2 vezes por semana isso, agora que iniciei o tratamento com Pariet, todo final de tarde começa a me dar dor de cabeça, estou seguindo a dieta certinha, comendo bem pouco e de noite, para evitar alimentos mais pesados, tomo uma sopa bem leve.
    Ah, vale lembrar que sempre me senti mau assim quando tinha bactérias habitando meu estômago ou situações envolvendo má digestão.

    Espero que me ajude e desculpa esse livro que escrevi aqui.

    Julio Sued.

  55. 55 Dr. Fernando Valério
    14.06.2010 às 10:19

    Julio Sued, a princípio o tratamento para erradicação do Helicobacter pylori foi eficiente, e portanto a bactéria não deve ter relação com o quadro habitual. Desta forma, outras possibilidades para o seu caso devem ser avaliadas como forma de explicar a sua dispepsia, desde alterações funcionais até problemas em outros órgãos, como a vesícula biliar, por exemplo.

  56. 56 Dr. Fernando Valério
    14.06.2010 às 10:52

    Fabio Joel, algumas medicações podem ter como efeitos colaterais o surgimento de gastrite (gastrite medicamentosa) e úlceras pépticas, principalmente os antiinflamatórios. Em relação à diarréia, não é comum a associação da úlcera ou gastrite com este quadro intestinal.

  57. 57 Deise
    17.06.2010 às 10:08

    Dr. fiz o exame de endoscopia e foi constatada a bactéria, e o médico me reeitou medicação helycopac, 3 de manha e 3 a noite durante 7 dias, tomei…´faz 3 semanas que terminei as cartelas, mas desde que termiei o tratamento venho tendo diarréia, e as vezes dores no estomago..
    isso pode ser sintomas das reações do remédio ou não?
    Eu fico tão preocupada que não consigo fazer nada no meu serviço, só pensando no pior.

  58. 58 Dr. Fernando Valério
    17.06.2010 às 10:11

    Deise, como as medicações usadas para o tratamento da infecção pela bactéria são fortes, estes efeitos colaterais podem estar relacionados aos antibióticos tomados. Comunique ao médico que prescreveu a medicação que você apresenta os sintomas atuais.

  59. 59 alexandro
    18.06.2010 às 17:58

    Dr. boa tarde!

    Fiz uma endoscopia com biopsia, e o resultado deu;
    hiperplasia feovolar regenerada.
    H. Pilory Negativo.
    O que isso significa

  60. 60 Adriana Bricio
    20.06.2010 às 15:26

    Desde muito pequena eu regurgitava muito, minha mãe teve que fazer todos aqueles procedimentos de elevar o berço e tal. Sempre senti muita azia, mas nunca tive a coragem de fazer os exames gástricos. Tenho duas filhas a, mas velha foi clinicamente tratada com a dieta dada pela gastro, já a pequena teve que passar as cirurgias. Dê abril pra cá comecei a apresentar uns sintomas de muita azia e um determinado dia o que comi regurgitei. A parti daí comecei a tomar somente água. Não sento fome, nem dor de cabeça, nem dor no estomago, somente muita tontura e enjôo. Clinicamente nenhum medico diagnosticou o que poderia ser. Fiz uma endoscopia alta. O resultado da Biopsia gástrica para pesquisa do H. pylori deu positivo, e existe uma pequena hérnia gástrica hiatal por deslizamento sem sinais endoscópicos de esofagite. E o mesmo medico que fez a endoscopia solicitou para fazer um exame na vesícula. Emagreci muito 12k em apenas um mês. Não posso andar sozinha e além da labirintite um quadro alérgico a sulfato de cobalto, sulfato de Níquel por contato e alimentar, e também ao Thimerosol, será Doutor que tudo isso pode está relacionado? Vários médicos e infectologista já desistiram de me trata. Sempre me prometem me levar pra estudo e nada acontece. Agradeço por sua atenção e gostaria de saber se o Doutor tem alguma orientação para fornecer. Não posso deixar de dizer que as únicas e necessárias medicações que utilizo é fluoxetina 30mg e Clonazepam de duas MG, mas essas medicações já utilizam por causa da ansiedade e o bruxismo. Desde já agradeço. Tenha um bom domingo e que vença o Brasil.

  61. 61 maria rita coelho simoes
    22.06.2010 às 01:42

    dr.Fernando,apresento problemas gastricos e intestinais,como:dores no estomago ,refluxo ,asia, ja deu positivo para h. p.,ja tomei o antibiotico ha dez anos, atualmente ocorreu sangramento nas fezes fiz colono deu adenoma tubular q. foi totalmente removido.O omeprasol tem efeto colateral a longo praso? Pode ser tomado qdo a asia e dor ocorre ao longo do dia? Ja ouviu falar da espinheira santa para gastrite? Tenho reaçoes com o antibiotico e gotaria de receber orientaçoes sobre alimentos e chas que inibem a h. pylori .obrigada

  62. 62 Paula
    22.06.2010 às 21:56

    Dr. A pouco descobrir q tenho a tal bactéia.Mas já tomei antibiótico e mesmo assim eu estou sentindo mal,não como antes mas estou.O que devo fazer agora?
    Obrigada e aguardo resposta..

  63. 63 Dr. Fernando Valério
    23.06.2010 às 09:28

    Paula, provavelmente o seu médico repetirá o seu exame endoscópico para verificar se a bactéria foi erradicada e se o tratamento foi adequado. Caso a medicação tenha sido eficiente, ele deverá discutir outra causa para os seus sintomas e instituir um tratamento adequado.

  64. 64 Dr. Fernando Valério
    23.06.2010 às 09:45

    Maria Rita, o omeprazol não traz efeitos colaterais a longo prazo. Quanto ao seu uso e posologia, este é um assunto que deve ser discutido pessoalmente com o seu médico. Fazê-lo neste espaço caracteriza atitude antiética.
    Em relação à infecção pela bactéria Helicobacter pylori, a melhor maneira de se prevenir desta infecção é ter certeza da higiene dos alimentos ingeridos. Para saber mais sobre esta bactéria, sugiro que leia o artigo que publiquei sobre o assunto através do link http://www.drfernandovalerio.com.br/blog/2010/03/28/helicobacter-pylori-e-as-suas-relacoes-com-a-gastrite-ulcera-e-cancer-de-estomago/

  65. 65 Dr. Fernando Valério
    23.06.2010 às 10:24

    Adriana, a presença de uma hérnia de hiato pode propiciar um quadro de refluxo gastroesofágico, mesmo que a endoscopia não tenha mostrado um quadro de esofagite. Os melhores exames funcionais para avaliação do refluxo são a pHmetria e a manomentria esofágica.
    Além disso, algumas inflamações gástrica causadas pelo Helicobacter pylori podem causar esvaziamento do estômago mais lento, o que também leva á azia e regurgitação. Além disso, o exame de ultrassonografia para avaliação da vesícula também é válido, já que cálculos biliares podem causar dispepsia.

  66. 66 Dr. Fernando Valério
    23.06.2010 às 10:45

    Alexandro, o seu exame mostra que você apresentava uma inflamação na mucosa do estômago, mas que já está regenerada. Além disso, a sua endoscopia mostrou que você não apresenta quadro de infecção pela bactéria Helicobacter pylori, visto que o teste de urease se mostrou negativo.

  67. 67 Luciana
    23.06.2010 às 16:24

    o seu artigo foi muito esclarecedor, só que estou em pânico com o resultado do meu exame de endoscopia,por favor se puder me ajude…esofago:a junção esôfago gástrica corresponde a zona de pinçamento diafragmático.
    estomago:BIOPSIA DE CORPO E ANTRO PARA PESQUISA DE H PYLORI.
    H PYLORI .POSITIVO.
    ME DE SUA OPNIÃO POR FAVORRRRRRRRR.

  68. 68 Paula
    24.06.2010 às 11:15

    DR,q tipo de tratamento ele deve me dar agora? Será q devo fazer uma cirurgia? Ai dr. não vejo a hr de ficar livre destes sintomas q é horrível…O antibiótico Pyloripac Ibp já nã´é suficiente para essa bactéria? Dr. obrigada por ter respondido a minha pergunta..
    Bjus e parabéns pelo seu trabalho maravilhoso!

  69. 69 Luciana
    25.06.2010 às 11:40

    COSEGUI UMA CONSULTA COM MEDICO.E ELE ME PASSOU AMOXICILINA DE 500 E RANITIDINA TOMAR DE 8/8 HORAS.ISSO TA CERTO? OU É MELHOR PROCURAR UMA SEGUNDA OPNIÃO?
    OBRIGADO.

  70. 70 Dr. Fernando Valério
    29.06.2010 às 10:27

    Luciana, o seu exame mostra que você apresenta uma infecção pela bactéria Helicobacter pylori. O seu médico avaliará se há a necessidade de erradicar a bactéria no seu caso.

  71. 71 Dr. Fernando Valério
    29.06.2010 às 10:43

    Paula, nos casos em que a erradicação da bactéria não ocorreu de forma definitiva com o tratamento inicial, um novo esquema de medicamentos deve ser proposto e utilizado.

  72. 72 Dr. Fernando Valério
    29.06.2010 às 11:10

    Luciana, por razões éticas não posso comentar sobre medicamentos prescritos por outros médicos. Espero que você entenda esta posição.

  73. 73 Dayse
    30.06.2010 às 20:08

    Dr. Fernando
    Fiz o exame de endoscopia e foi constatado que estou com a bactéria H-Pylori, o médico me receitou a medicação H.bacter-pylori ibp, gostaria de saber se esses remedios são muito fortes, pois o meu serviço exige muito de mim e estou com medo de começar a toma – los.

  74. 74 Dr. Fernando Valério
    03.07.2010 às 09:53

    Dayse, os remédios usados para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori são fortes, e podem causar dor de estômago, um gosto ruim na boca e até mesmo diarréia. No entanto, a maior parte das pessoas não apresentam estes sintomas de forma tão evidente e trabalham normalmente.

  75. 75 Danilo de Lara
    06.07.2010 às 11:31

    Bom dia Dr. Fernando.

    Gostaria de saber se MELENA existe cura?

    As informações que obtive a respeito desta doença são muito superfíciais.

    Obrigado por enquanto.

  76. 76 joao carlos
    06.07.2010 às 13:10

    Dr. Fernando eu apresento sintomas assim: na maioria das vezes sempre após a alimentação, seja ela arroz feijão salada , alimentos simples e sem frituras ou gorduras, após uns 15 ou 20 minutos começa a formar gases intestinais com cólicas , sempre seguidas de diarréias, ja fiz exames de colonoscopia e deu negativo, nada foi encontrado, exames de sangue e fezez tambem, tudo negativo, mas ja faz um tempo que fiz estes exames mas ainda continua os sintomas, pode ser esta bactéria h pilory a causadora destes sintomas? eu não tenho dor de estomago e nem azias ou queimação, me alimento bem, não tenho nada fora estes sintomas, faço academia de musculação, tenho um pouco de rejeição a lactose que o qual eu ja cortei o leite, mas é dificil esta situação porque você se sente mal em festas, locais que você frequenta onde você vai se alimentar de alguma coisa, evito muitas coisas tipo frituras , gorduras, molhos, mas as vezes comidas leves tambem resultam no mesmo problema, o que será isto doutor, me de um auxilio por favor.obrigado

  77. 77 Dr. Fernando Valério
    06.07.2010 às 23:34

    Danilo de Lara, quanto à melena, ela não é uma doença e sim um sintoma. Melena são fezes enegrecidas e extremamente mal cheirosas, e que correspondem a sangramento digestivo presente. As características destas fezes são decorrentes da ação das bactérias intestinais sobre o sangue no interior do trato digestivo.

  78. 78 Dr. Fernando Valério
    07.07.2010 às 08:29

    João Carlos, como os seus exames se mostram normais e pelos sintomas descritos por você, como diarréia, dor abdominal e intolerância à lactose, é muito provável que você apresente um distúrbio funcional do trato digestivo. Um ótimo exemplo deste tipo de alteração é a Síndrome do Intestino Irritável. Para ler mais sobre esta doença, sugiro que leia o texto publicado em meu site através do link http://www.drfernandovalerio.com.br/sindrome_intestino.htm

  79. 79 iris
    07.07.2010 às 18:31

    Dr. Fernando, descobri que estou com esta bactéria, mas meu médico disse que não precisava tratar, pois muita gente tem essa bactéria e convive com ela. Mas eu sinto muita queimaçao no estômago e sensação de estar cheia. Recentemente descobri que estou com esteatose hepática, isso tem haver com esta bactéria? Eu não sou diabética, não consumo bebidas alcolicas e não tenho problemas com colesterol ou trigliceris. Minha esteatosa é grau 2. Li um artigo que fala que essa bacteria pode se alojar no fígado
    Será que tem alguma relaçao com minha esteatose?Poderia ela causar um mau funcionamento do fígado de forma que este absorvesse gordura?

  80. 80 Dr. Fernando Valério
    13.07.2010 às 10:51

    Iris, algumas pessoas apresentam a infecção pelo Helicobacter pylori, mas não desenvolvem os problemas gástricos relacionadas a ela, e por isso alguns médicos optam por não realizar o tratamento.
    Em relação à esteatose hepática, ela não tem relação com a bactéria, e só causará comprometimento da função hepática se estiver em grau avançado.

  81. 81 Lili
    13.07.2010 às 18:16

    Olá Dr. Fernando,

    COnfesso estar muito feliz por ter encontrado esse site e ver tantos posts com elucidação para meus questionamentos. Porém, vou contar um pouco do meu caso: há três fiz minha segunda endoscópia e deu positivo para H Pylori, fiz o tratamento, mas não fiz outro exame pra detectar a erradicação. Somente agora, dia 30.06 fiz uma nova endoscópia. Bem, ontem senti um gosto de sangue na boca e fui ao banheiro cuspir, quando me surpreendi com um pouco de sangue que saiu (pela manhã e tarde). Hoje peguei o resultado da biopsia e lá estava a bactéria novamente. Não consegui falar pessoalmente com meu médico, ele apenas passou a medicação e devo iniciar o tratamento amanhã com Erradic UG (conhece essa medicação?). Será que o sangue tem alguma relação com essa bactéria ou com o resultado da biopsia (conclusão da biópsia: produto de ressecção endoscópica de mucosa antral: gastrite crônica antral moderada; atividade moderada; hiperplasia foveolar; alterações epiteliais de reparo; erosões superficiais; formação de aglomerados linfoídes; pesquisa de h. pyllori positiva (++/3+) pelo HE e GIEMSA)? Por favor, gostaria de saber seu posicionamento sobre isso. Outra coisa,o que significa ++/3+ e formação de aglomerados linfoídes. Obrigada pela atenção,
    Lili.

  82. 82 Lili
    13.07.2010 às 18:19

    A segunda endoscópia a qual fiz referência acima foi feita há três anos; a mais recente foi realizada em 30.06.2010. Obrigada.

  83. 83 Dr. Fernando Valério
    14.07.2010 às 10:36

    Lili, obviamente os achados da sua endoscopia tornam necessário o uso de medicamentos para o tratamento da sua infecção pelo Helicobacter pylori. Saiba que 20% das bactérias são resistentes a um dos antibióticos usados no tratamento inicial (claritromicina), e que por isso pode haver a necessidade de novo esquema terapêutico.
    Quanto ao sangramento na sua boca, não acredito que tenha relação com o estômago, visto que a endoscopia não mostrou qualquer alteração compatível.
    Em relação à medicação, por razões éticas não comento sobre remédios prescritos por outros profissionais.

  84. 84 Dhouglas Mantovani
    18.07.2010 às 17:40

    Primeiramente Parabéns Dr. Fernando .

    Bom , quero saber se dor na fonte e acima da nuca , podem ser reações do tratamento que minha mãe está fazendo contra a bactéria H.pylori ?

    Os remedios que ela está tomando são : Amoxicilina , Claritromicina e Omeprazol .

    Estou com um pouco de medo , por não conhecer tais reações e também pelo fato de que minha mãe teve meningite viral .

    Ela tratou a meningite e faz 5 dias que ela esta em casa .
    ela veio terça – 13/07 e começou o tratamento sexta – 16/07

    Porfavor responda me logo.

    Obrigado!

  85. 85 Dhouglas Mantovani
    18.07.2010 às 20:46

    aah e também queria que você me explicasse o que significa essa conclusão da endoscopia que ela fez , é grave ? , e tem tratamento ? :

    - esofagite distal leve sem hernia de hiato
    - gastrite hiperemica leve de antro
    - bulboduodenite hiperemica
    - helicobacter pylori ( essa eu já sei )

    Não entendo nada disso aí , e minha mãe também não entendeu a explicação do médico . rsrs ‘

    ;) obrigado !

  86. 86 Dhouglas Mantovani
    19.07.2010 às 20:58

    Outra duvida também :
    Sempre vejo em alguns sites alimentos que podem ou não podem ser consumidos para quem estar fazendo tratamento contra a bacteria h.pylori

    mas um diz uma coisa e outro diz outra.

    Eu soube que carne vermelha faz mal para quem tem a bacteria h.pylori , mas minha mãe toma apenas o caldo da carne.

    Meu receio , é que por ela tomar o caldo , possa atrapalhar o tratamento e até mesmo não permitir a erradicação da tal bacteria.

  87. 87 Dr. Fernando Valério
    20.07.2010 às 09:22

    Dhouglas, a princípio o tratamento com estes antibióticos não evoluem com o quadro de cefaléia como o descrito por você. Como a sua Mãe tem este antecedente recente de meningite, acredito que seja interessante comunicar ao médico que a acompanha sobre estes sintomas.
    Quanto ao diagnóstico, a sua Mãe apresenta uma inflamação do esôfago decorrente do refluxo, assim como uma inflamação da mucosa do estômago, o que pode estar relacionado ao Helicobacter pylori.
    Quanto a carne vermelha, não há nenhuma recomendação para que a sua ingestão seja proibida durante o tratamento.

  88. 88 Dhouglas Mantovani
    21.07.2010 às 10:55

    Obrigado Dr. Fernando !

    Desculpe-me se eu estiver ,
    parecendo incoveniente , mas é que as dores de cabeça da minha mãe agora estão apenas do lado esquerdo da cabeça , sendo que a area que mais dói é a fonte .

    E alem disso , as vezes dói atras da cabeça , também do lado esquerdo.

    Essa dor de cabeça passa e depois volta , ás vezes demora a voltar , a dor passa quando ela coloca um gel com uma bolsa de agua gelada sobre a área.

    Será que é enxaqueca ? e será que é reação do remedio ?
    Hoje faz 6 dias que ela faz o tratamento e não deu nenhuma reação , é por isso que eu acho que essa seja a reação.

    Ela está tomando AMOXICILINA de 12 em 12 hrs.
    CLARITROMICINA de 12 em 12 hrs.
    e OMEPRAZOL de 12 em 12 hrs tambem.

    Obrigado !

  89. 89 Dr. Fernando Valério
    21.07.2010 às 15:20

    Dhouglas, efeitos colaterais de medicamentos devem ser discutidos com o médico responsável pela prescrição dos mesmos. Por razões éticas, não comento sobre medicamentos prescritos por outros profissionais.

  90. 90 jonaélia meireles
    23.07.2010 às 23:00

    Dr.Fernamdo Valério
    Tive a poucos dias um refluxo muito forte.Acordei quase sufocada,parecia que tinha milhares de pimenta em minha boca a sensacão é que eu iria morrer.antes disso 5 dias tinha feito uma endoscopia digestiva,e o laudo demorou um pouco para sair.hoje já tenho os resultados que tenho:esofagite distal(Grau A de Los Angeles)Hénia hiatal de deslizamento.Gastrite erosiva elevada severa de antro.Bulboduodenite iscreta.Estou com muito medo.já mudei a forma de mim alimentar.e pior deu a tal de helicobacter pylori.continuo tendo muita azia.Adorei o as sua explicações sobre o asunto e queria saber se eu corro o risco de ter cançer no estomago?Mim ajude por favor.

  91. 91 Dr. Fernando Valério
    24.07.2010 às 10:08

    Jonaélia, fazendo o tratamento que será prescrito pelo seu médico e tendo uma boa dieta, você não correrá o risco de desenvolver câncer na região. Além disso, os resultados do seu exame atual não mostram qualquer lesão que leve a esta preocupação no momento.

  92. 92 Jason
    26.07.2010 às 20:01

    ola Doutor.

    Desde minha adolescência sinto fortes dores no estomago… e esse ano consegui ter acesso a um gastro q fez a endoscopia e deu o seguinte resultado:

    (data exame: 27-de maio de 2010)

    1. Gastrite endoscópica enantematosa erosiva plana antral moderada.
    2. lesão ulcerada gástrica A2 de sakita.
    3. Duodenite enantematosa e erosiva leve.

    BIOPISIA:
    local da biopsia: Corpo e antro
    teste urease: positivo (++++/ 4+ em 10 minutos)

    **********

    estou em tratamento q terminará no meio de outubro.

    CONCLUINDO:
    gostaria d saber a gravidade do diagnostico e se ao terminar vou poder comer normalmente todo tipo de comida.

    e outra.. estou sofrendo muito com a dieta..
    eles mandam uma lista de coisas q naum se deve comer.
    gostaria de sabe o q posso comer.

    entend?

    por favor me fale sobre essa dieta e sua importância.

    Desd ja agradeço.

    Jason.

  93. 93 Dr. Fernando Valério
    27.07.2010 às 10:31

    Jason, você apresentava uma infecção por Helicobacter pylori, que foi o responsável pela sua úlcera e provavelmente pela sua gastrite. Após o seu tratamento, como o processo inflamatório deverá estar controlado e até mesmo curado, acredito que você poderá ter mais liberdade na sua dieta. De qualquer forma lembro a você que ter uma dieta saudável é interessante em qualquer momento da vida, estando ou não submetido a algum tratamento.

  94. 94 marcos
    27.07.2010 às 11:55

    Bom dia Dr. Fernando.
    Minha endoscopia registrou: PANGASTRITE HIPEREMICA LEVE,e
    ASPECTO NODULAR EM SEGUNDA PORÇAO DO DUODENO.
    na biopsia a conclusão foi :DUODENITE CRONICA MODERADA COM ATIVIDADE FOCAL.
    Pergunto:Tenho uma gastrile leve ou duodenite?
    obrigado.

  95. 95 Dr. Fernando Valério
    27.07.2010 às 15:14

    Marcos, pela descrição do seu exame você apresenta os dois, ou seja, uma inflamação do duodeno (duodenite comprovada na biópsia) e do estômago (gastrite mostrada na endoscopia digestiva).

  96. 96 Karla
    05.08.2010 às 19:44

    Boa Noite Dr. Fernando
    Parabéns pelas informações contidas no seu site!

    Há mais ou menos uns 20 dias, minha mãe esta sentindo alguns sintomas do qual a médica suspeitou da Infecção causada pela bactéria H Pylori, os sintomas são dores e desconfortos estomacais, ânsias seguidas de vomito, arrotos freqüentes, pelo com aspecto amarelado, teve fezes escuras por algumas vezes, não esta ocorrendo perda de peso excessiva. Á Médica pediu uma endoscopia digestiva alta com pesquisa de h pylori,só que chegando no dia do exame ,fez jejum de 12 horas,porém a médica ñ conseguiu realizá-lo por que ela disse que tinha muitos resíduos alimentares, ela remarcou o exame fez dieta pastosa dois dias antes do exame,e jejum absoluto de 12 horas,mas novamente não conseguiu realizá-lo,queria saber o porque esta acumulando esses resíduos,segundo a médica são resíduos de alimento ingeridos ha algum tempo,porque não esta havendo essa digestão,e a médica disse também que quando tentou fazer o exame percebeu q a parede do estomago estava bastante “machuca”,gostaria de saber o porque do acumulo de alimentos antigos e o porque não esta fazendo digestão.Obrigada desde já agradeço!

    Atenciosamente:
    Karla.

  97. 97 Dr. Fernando Valério
    06.08.2010 às 16:23

    Karla, a sua Mãe pode estar apresentando uma alteração da motilidade gástrica, que faz com que o esvaziamento gástrico seja mais lento. Outra possibilidade é a presença de alguma obstrução que dificulte o esvaziamento do estômago. Desta forma, recomendo que ela faça o exame com um tempo maior de jejum.

  98. 98 Ana
    10.08.2010 às 16:58

    Drº Fernando,

    Meu marido realizou a endoscopia alta, e deu o seguinte resultado:
    Mucosa gástrica de padrão antral e de corpo apresentando Gastrite crõnica leve inativa.
    Verifica-se discreta hiperplasia foveolar.
    Ausência de metaplasia intestinal e/ou atrofia glandular.
    A pesquisa de H.Pylori foi positiva, com esparsa quantidade de bacilos.

    O Drº, poderia me explicar. E sério a hiperplasia foveolar?

    Agradeço a atenção.

  99. 99 Dr. Fernando Valério
    11.08.2010 às 10:53

    Ana, a endoscopia do seu Marido mostra a presença de tecido inflamatório, mas com intensidade discreta. Ele deverá ser submetido a tratamento clínico, e o médico responsável pelo caso irá decidir se vale a pena tratar a infecção pelo Helicobacter pylori.

  100. 100 Bartolomeu Junior
    11.08.2010 às 10:58

    DrFernando, parabéns pelo blog e por sua atenção as perguntas.
    O meu caso é de cirurgia bariátrica. Estou em tratamentopara realização da BayPass em Y de Roux.
    Fiz 3 tratamentos com o Pylori Pac IBP e nada resolveu. Ontem o meu médico mudou para o H.bacter-pylori ibp.
    Posso correr o risco de realizar essa cirurgia ainda com a bactéria?
    O que posso fazer, além de tomar os remédios direito, para ter sucesso no tratamento?
    Atenciosamente,
    B.JunioR

  101. 101 Dr. Fernando Valério
    11.08.2010 às 11:00

    Bartolomeu, a única maneira de se tratar a infecção pela bactéria é utilizando antibióticos.

  102. 102 Bartolomeu Junior
    11.08.2010 às 11:32

    Obrigado, só mais uma coisa:
    Posso correr o risco de realizar essa cirurgia ainda com a bactéria?
    Se sim, quais são?
    Obrigado

  103. 103 Rodrigo Paim
    12.08.2010 às 22:16

    Olá, Dr. Boa noite. Fiz uma colecistectomia por video em 11/02/2010. Causa: pólipos. A cirurgia foi bem tranquila e pos operatório imediato tambem. Porem, apos 01 mes comecei a sentir dores do lado direito e nas costas do mesmo lado, algumas vezes bem fortes.E assim vem vindo, some algumas semanas, volta mais leve, outras vezes mais forte e some de novo. Fiz US, ok. Exames laboratoriais: ok. Suspeitou-se de calculos ou lama biliar nos canais, fiz Ressonancia MAgnetica: OK. A endoscopia, no exame de biopsia, deu uma pangastrite cronica. Segundo o gastro que me atendeu, pode ser isso. Meu cirurgião acha que é alguma aderencia da cirurgia. O que o Sr acha? Obrigado.

  104. 104 Dr. Fernando Valério
    13.08.2010 às 09:33

    Rodrigo Paim, a cirurgia para retirada de vesícula por via laparoscópica apresenta baixo índice de aderência. Portanto, acredito que você esteja apresentando um quadro funcional na parte digestiva, e que pode ter sido desencadeado por um trauma cirúrgico. Em relação às aderências, para se ter certeza de que elas não ocorreram, existem exames radiológicos com contraste que podem ser úteis nesta avaliação.

  105. 105 Dr. Fernando Valério
    13.08.2010 às 10:00

    Bartolomeu Junior, se for considerada que a bactéria não lhe causa problemas, a cirurgia poderá ser realizada. De qualquer forma, esta decisão deve ser dada pelo cirurgião responsável pelo seu caso.

  106. 106 Elisandro
    13.08.2010 às 15:07

    Doutor, eu estou fazendo tratamento para H. Pilory com Amoxilina 1g + Levofloxacino 500mg + Omeprazol. 2x ao dia. Quanto ao Levofloxacino foi sugerido pela farmácia de manipulação que eu consultei. Gostaria de saber se este esquema de tratamento é tão eficaz quando o com Claritromicina, que é um esquema mais caro.
    E por quanto tempo devo tomar essa medicação com uma boa margem de segurança pra erradicação da bactéria? 14 dias?

  107. 107 Roberto
    13.08.2010 às 15:41

    Doutor preciso muito de um diagnóstico sobre um problema que ja venho tendo há aproximadamente 2 anos. O caso é seguinte. Eu tenho 27 anos e desde criança sentia queimação no estômago quando abusava de alimentos gordurosos, pão com doce de fruta ou até banana. O fato é que qaundo me tornei adulto comecei a fazer uso de álcool não com tanta frequência mais em grande quantidade. E a cerca de dois anos um pouco mais. Comecei a sentir uma pequena dificuldade pra engolir como se tivesse um carocinho, na parede direita do meu esôfago, julgo, pois é logo abaixo da garganta. Pois bem o tempo foi passando e esse carocinho deu lugar a uma espécie de ferida que sinto até quando respiro. Eu tomo omeprazol por conta própria há pelo menos uns 3 anos. Quando estou deitado sinto como se formasse pigarro nessa região, que com muito custo eu consigo tirar como se fosse de um pequeno reservatorio que se criou. No estômago não tenho nenhum sintoma desde que comecei o uso do omeprazol. Mas sinto sei que tem algo errado logo acima dele. De uns meses pra ca sinto também náuseas não muito intensas, mas que realmente causam mal estar principalmente quando fico um período sem comer. Logo depois que como alivia todos os sintomas e praticamente não sinto nada. Sinto também logo de manhã, como que ressecasse essa “ferida” e fica mais sensivel a região, dando uma pequena ardencia pra engolir a saliva mas apenas as primeiras vezes. Devido a esse problema e eu reduzi drásticamente o consumo de bebida. Sei que tem relação com esse hábito horrível. Inclusive, faz 2 dias que iniciei por conta própria um tratamento para o H pilory tomando duas vezes ao dia omeprazol, amoxilina 1g e levofloxacino 500mg. Deve estar se perguntando agora por que eu não fui ao médico ainda não é? Olha doutor, eu tenho uma espécie de fobia invasiva. Não suporto a idéia de ter de fazer a tal endoscopia apesar de saber que vou ter recorrer a ela se esse “tratamento caseiro mas baseado em muitos estudos na internet” não der certo. Eu imagino que mesmo que eu não tenha tal bacteria não estou correndo grandes riscos fazendo o tratamento. Ou estou errado. Já imagino o tamanho do sermão que vou ouvir do senhor, por mesmo tendo dissernimento das coisas estar tomando atitudes erradas. O que mais me preocupa é saber se segundo meus sintomas eu posso já ter alguma complicação séria. É Fato ou boato que o Cãncer de esofago por exemplo não dói. Ou não apresenta esses sintomas que tenho? Seria talvés uma úlcera? estou quase desesperado com essa situação. Por favor me ajude doutor. Esse contanto está sendo minha única forma de conseguir uma opinião de um profissional sobre o meu caso. Muito obrigado pela atenção.

  108. 108 Elisandro
    13.08.2010 às 15:48

    Ah! outra coisinha. Como devo tomar esses antibioticos e o omeprazol, em jejum? junto com o café da manhã tem problema ou tem que ser depois? e a noite? to meio perdido. Dá pra tomar tudo junto? antibiotico + IBP?

  109. 109 Roberto
    13.08.2010 às 15:51

    O senhor envia as respostas pelo e-mail?

  110. 110 Rodrigo Paim
    13.08.2010 às 18:33

    Obrigado, dr. Mas isso é grave? Por acaso o sr. conhece algum gastro ou hepatologista aqui em Belo Horizonte que vc possa me indicar?

  111. 111 drfernando
    14.08.2010 às 08:52

    Rodrigo Paim, estas alterações funcionais não são graves, mas podem causar desconforto e devem ser tratadas com medicamentos específicos.

  112. 112 drfernando
    14.08.2010 às 08:59

    Roberto, não me importo em responder questionamentos por e-mail. Para isto, vá à página de contatos e envie a mensagem.

  113. 113 drfernando
    14.08.2010 às 09:03

    Elisandro, saiba que o tratamento original é realizado com claritromicina. No entanto, existem esquemas terapêuticos com o levofloxacin. Em relação aos horários de medicações, o omeprazol é tomado sempre em jejum. Quanto aos antibióticos, peça orientação ao médico que os prescreveu. Por razões éticas, devemos respeitar o profissional que o acompanha.

  114. 114 Dr. Fernando Valério
    14.08.2010 às 09:13

    Roberto, em relação ao seu caso, obviamente você precisa passar em consulta médica, ser avaliado com exames endoscópicos, e aí sim receber a indicação de um tratamento correto. Desta forma, não faça uso de medicações até procurar um profissional habilitado.

  115. 115 eutalia
    18.08.2010 às 11:49

    Gostaria de saber a direferença do Omeprazol para Pantoprazol?

  116. 116 Dr. Fernando Valério
    18.08.2010 às 11:51

    Eutalia, ambos fazem parte de uma família de remédios chamados bloqueadores de bomba de prótons, que fazem com que o ácido seja produzido em menor quantidade pelo estômago.

  117. 117 Acácia Barbosa
    18.08.2010 às 19:27

    Doutor,
    Sou do sexo feminino, 58 anos de idade,um pouco acima do peso ideal, fiz minha primeira endoscopia dia 9/8/2010,com conclusão: esofagogastroduodenoscopia normal, com pesquisa de H.Pylori, com resultado positivo.
    Não tenho dores, ou qualquer outra queixa.

    Exame Macroscópico: 2 fragmentos irregulares são recebidos em formalina, medindo 0,3 e 0,2 cm. Mostram superfície externa acastanhada, granulosa. A consistência é amolecida.

    Exame microscópico: Os múltiplos cortes histológicos permitem a seguite conclusão diagnóstica: Não há sinais de malignidade.

    DIAGNÓSTICO: GASTRITE CRÔNICA ATIVA DISCRETA EM MUCOSA SUPERFICIAL, COM HIPERPLASIA FOVEOLAR REGENERATIVA SEM ATIPIAS(1 FRAGMENTO)

    GASTRITE CRÔNICA ATIVA DISCRETA EM MUCOSA DE PADRÃO CORPÓREO, COM HIPERPLASIA FOVEOLAR REGENERATIVA SEM ATIPIAS(1 FRAGMENTO)

    Minha mãe, hj com 80 anos,teve extirpação total de estomago em 2006, em consequência de um tumor maligno. Como li que o câncer de estomago é hereditário, qual o tratamento ideal, qual o intervalo para novos exames? Qual o procedimento com distensão regular das paredes do estomago?

    Outra questão: Meu marido faleceu em uma U.T.I. com infecção pelo Acinetobacter baumannii, em 2006, como eu ia visitá-lo 2 vezes ao dia na UTI, por 15 dias, posso ter adquirido essa bactéria H.Pylori no hospital?
    Grata pela atenção.

  118. 118 Jefferson
    19.08.2010 às 16:29

    doutor fiz uma endocopia e constatou a presensença do Helicobacter pylori, médico receitou o H Bacter IBP. depois de uma semana de tratatamento e tive febre durante 4 dias associado a refluxo de alimentos e depois apareceu uma alergia na pele. O q será q tá aontecendo doutor, deve continuar o tratamento?

  119. 119 Dr. Fernando Valério
    20.08.2010 às 11:19

    Acácia Barbosa, a infecção da bactéria Helicobacter pylori é muito associada a falta de saneamento básico através da via fecal-oral, e por isso não acredito que tenha se infectado em um ambiente hospitalar. Quanto ao seu caso, é importante tratar a infecção pelo Helicobacter pylori, visto que tem gastrite crônica que pode estar associada a bactéria. Após a erradicação da bactéria você poderá realizar endoscopias a cada dois anos. De qualquer forma, este intervalo deverá ser determinado pelo seu médico.

  120. 120 Dr. Fernando Valério
    20.08.2010 às 11:47

    Jefferson, por razões éticas não comento sobre efeitos de remédios prescritos por outros profissionais. Sendo assim, sugiro que entre em contato com o médico que prescreveu a sua medicação para discutir a sua evolução.

  121. 121 patricia
    23.08.2010 às 21:07

    Dr. Fernando,
    adorei o artigo e as posições esclarecedoras aos demais colegas com dúvidas médicas.
    Fiz endoscopia a aproximadamente 6 anos e deu a Heliobacter Pylori, tomei uma série de remédios e não tive mais nada.
    Atualmente estou fazendo uma série de exames para a cirurgia de redução de estômago e na minha endoscopia deu Esofagite Erosiva Crônica . (C LOs Angeles) e pelo teste da urease deu negativo para a bactéria.
    O que significa esta esofagite Erosiva crônica? Pode ser resultado da H Pylori do passado?
    Obrigada,

    Patricia

  122. 122 Drielly
    24.08.2010 às 12:47

    Dr. Fernando Valério, a minha dúvida é a seguinte: tenho 21 anos e já fazem mais ou menos uns 6 anos que tenho gastrite. Há um mês atrás precisei fazer uso de antibióticos para infecção de urina e inflamação de garganta. Já tem umas duas semanas que sinto muita náusea, dor no estômago e percebo que pela manhã tenho cuspido sangue, língua com saburra, sem contar a boca que fica um gosto amargo insuportável. Será que a gastrite se agravou para uma úlcera doutor? Morro de medo de fazer endoscopia… Qual seria o seu parecer?

    Obrigada,
    Drielly

  123. 123 Dr. Fernando Valério
    25.08.2010 às 00:09

    Patricia, o termo esofagite significa que você apresenta inflamação do esôfago, o que pode deve ser decorrente de um refluxo gastroesofágico, que é uma doença muito relacionada ao aumento de peso. De qualquer forma, algumas técnicas de cirurgia bariátrica são capazes de tratar este refluxo (discuta com o seu médico).

  124. 124 Dr. Fernando Valério
    25.08.2010 às 00:17

    Drielly, o uso de antibióticos pode causar alguns problemas gástricos, como a gastrite medicamentosa. Por isso, é importante que você procure ser avaliada por um Gastroenterologista.

  125. 125 João
    25.08.2010 às 16:36

    Doutor tenho uma gastrite moderada associada a presença Helicobacter pylori e estou em processo de eliminação da bactéria, não tenho azia, refluxo, dor no estomago,etc. nada disso eu tenho. Mas o que me encomoda bastante são os constantes arrotos, toda vês que como algo, lá vem os arrotos. O senhor poderia me explicar o porquê disso? será que depois do tratamento eu continuarei com isso? desde já agradeço.

  126. 126 Dr. Fernando Valério
    25.08.2010 às 23:52

    João, a gastrite pode levar a um esvaziamento gástrico mais lento, além do aumento da formação de gases. Estes dois acontecimentos aumentam a possibilidade de se apresentar eructações frequentes.

  127. 127 mariany
    26.08.2010 às 11:56

    olá bom dia .bom eu estou tomando o pylori pac ibp e tenho sentido muitas dores abdominais,principalmente do lado direito e essa dor vai para as costas,tenho fortes colicas intestinais seguidas de diarreia ,não tenho mais a vesicula e minha alimentação não tá boa ,gostaria de saber se pode ser alguma coisa no figado ou intestino estou muito preocupada pois essa dor me aterroriza a uns 2 anos e não sei mais o qeu fazer ,ja fiz varios exames os de sangue estão normais e endoscopia de pangastrite e esofagite e h pylori e ecografia de abdome de normal me ajude o qeu eu tenho ??

  128. 128 Edma
    26.08.2010 às 16:14

    Dr.Fernando Valério, sinto um bolo na garganta e as vezes tenho enjôos.Com frequência também sofro com dores no esôfago,na altura do tal “bolo”.Fiz videolaringoscopia,exame da tireóide e tomei medicamentos para ansiedade e não melhorei em nada!Agora estou tratando com um Gastro e fiz Endoscopia Digestiva Alta,deu no diagnóstico de pólipo séssil de corpo alto e pangastrite endoscópica enantematosa moderada,lesão polipóide,medindo 0,6cm.Na biópsia foi constatada glândula mucosa em proliferação,algumas dilatadas e outras hiperplasiado,leve inflamatório monuclear.Coloração especial para H.Pylori positiva(raros).O que vem a ser isso?Tem alguma relação com os sintomas que sinto?Se não tem a ver,o que pode ser o que sinto?São anos que estou nesta peregrinação de médico em médico e nunca consegui ficar livre desse sofrimento.Agora estou no tratamento para erradicar a bactéria com antibióticos fortíssimos(Pylori Pac IBP),com vários efeitos colaterais.É realmente necessário passar por isso?Desde já agradeço a atenção,se puder me responder!

  129. 129 Anna
    26.08.2010 às 16:16

    Dr. não sei mais o que fazer, eu fiz tratamento para H pylori com antibióticos e etc.. mas parece que não adiantou nada…minha barriga está num inchaço mt grande , parece até q estou grávida. Fico arrotando o dia todo e não consigo fazer o n°2 de jeito nenhum, passo o dia todo com vontade e nada…agora prefiro me alimentar com líquidos…me passaram p tomar remédio p refluxo por conta de uma hernia na boca do estômago.estou tomando tbm omeprazol..mas parece que tbm não adianta nada…o que devo fazer????todo dia sinto dor de cabeça..dor de estomago..sem contar a falta de ar, tomo uns 4 sonrrisal por dia…mas não tem jeito.

  130. 130 aline
    26.08.2010 às 17:46

    ola dr fernando tenho gastrite e positivo para h pilory estou fazendo o tratramento no começo ate mi sentir melhor mais agora paresse estar o mesmo jeito sera que o remedio nao esta fazendo efeito e uma sensação muito ruim nao gosto da vontade ate de chorar pensando qui pode ser algo serio mais a endoscopia so acuso isso pq nao estou mi sentindo melhor
    mi responda por favor

  131. 131 Dr. Fernando Valério
    26.08.2010 às 23:10

    Mariany, como você apresente quadro de diarréia e cólicas intestinais, é muito possível que o seu quadro se inicie no intestino. Por isso, a pangrastrite e a infecção pelo Helicobacter pylori não seriam a causa destes sintomas. Por esta razão, procure a ajuda de um Gastroenterologista.

  132. 132 Dr. Fernando Valério
    26.08.2010 às 23:16

    Edma, como você apresenta a infecção pelo Helicobacter pylori, é possível que a pangastrite seja causada por esta bactéria. Por isso, é necessário o tratamento para tentar erradicar o Helicobacter pylori. Quanto aos efeitos colaterais, infelizmente eles ocorrem com frequência.

  133. 133 Dr. Fernando Valério
    26.08.2010 às 23:18

    Anna, em relação ao seu caso, você deverá discutir com o seu médico se a infecção pelo Helicobacter pylori tinha relação com os seus sintomas. Além disso, você deverá discutir com este especialista outras causas para os sintomas descritos por você.

  134. 134 Dr. Fernando Valério
    26.08.2010 às 23:25

    Aline, primeiramente você completar o seu tratamento e discutir os resultados com o seu médico. Quanto à gravidade do caso, não se preocupe, quadros como o seu podem causar os sintomas desagradáveis como os citados por você.

  135. 135 PAULO BOMFIM
    27.08.2010 às 11:27

    Bom dia Dr Fernando,

    Fiz um exame de EDA e conclusão foi a seguinte:
    - Atividade inflamatória moderada;
    - Hiperplasia foveolar;
    - Hiperplasia folicular; e
    - Presença de H. pylori (colorações de rotina)

    Gostaria de saber o que significa e se é grave.

  136. 136 gilmar
    27.08.2010 às 11:40

    Olá Doutor vc é um cara muito esclarecedor, parabéns!

    Dr. Eu queria saber o que tem a falar dos remédios naturais que as pessoas tanto falam para a melhora ou se não a cura da gastrite, esses remédios funcionam, existe aval científico para a sua efetividade de resultados?

  137. 137 PAULO BOMFIM
    27.08.2010 às 12:16

    Dr,

    Só complementando, fiz uma EDA e a conclusão foi Pangastrite, depois fiz uma biópsia e aí sim constatou:
    - Atividade inflamatória moderada;
    - Hiperplasia foveolar;
    - Hiperplasia folicular; e
    - Presença de H. pylori (colorações de rotina)

    Grato.

  138. 138 drfernando
    27.08.2010 às 15:18

    Paulo Bonfim, o seu caso é de uma gastrite que acomete todo o estômago (pangastrite) e que está associada a infecção por Helicobacter pylori. Neste caso, você deverá tratar esta infecção e utilizar medicamentos que diminuam a acidez do estômago, além de ter uma dieta adequada. O seu médico lhe dará estas orientações.

  139. 139 PAULO BOMFIM
    27.08.2010 às 22:13

    Olá Dr. Fernando,

    Boa noite, obrigado pelas informações.

  140. 140 Ingrid
    28.08.2010 às 12:03

    Bom dia Dr. Fernando.
    Preciso de alguma orintação em relação a minha mãe.
    Ela perdeu 8 kg, tem vomitos dor de cabeça fortissima com fequencia, quando em crise.
    Ja fez endoscopia,c/ coleta ultrason,exame de sangue e nada acusou, alem de uma gastrite nervosa.
    Não sei mais o que fazer, porque uma vez por semana ela tem uma crise.
    Por favor qual o exame que ela poderia fazer, alem dos que ja foram feitos.
    Grata
    Ingrid

  141. 141 Dr. Fernando Valério
    29.08.2010 às 18:38

    Gilmar, existem diversas remédios naturais vendidos no mercado, e cada um deve ser estudado com bases científicas sérias. Por isso, a eficácia e possibilidade de uso deve ser avaliada individualmente para cada substância.

  142. 142 Dr. Fernando Valério
    29.08.2010 às 18:51

    Ingrid, como o sintoma principal no caso da sua Mãe é a cefaléia, ela deveria procurar um Neurologista.

  143. 143 michael
    01.09.2010 às 16:08

    DR.fiz endoscopia e o resultado foi,gastrite antral enamentosa,leve.Queria saber se isso tem haver com h-pilori e se isso tem sido a causa de mau-hálito que tenho sentido?ede que forma se pega isso?Desde de já o Agradeço!

  144. 144 michael
    01.09.2010 às 16:12

    Será que isto tem cura meu Deus?estou com medo e ao mesmo tempo com esperança de ser curado logo.Pois estou triste esses dias por causa do mau-hálito tenho me afastado das pessoas e minha auto-estima caiu um pouco!

  145. 145 Regina Carvalho
    01.09.2010 às 17:07

    Boa tarde , Dr.Fernando Valerio, localizei esse site por coincidencia, tentando esclarecer algumas duvidas sobre a doença de meu esposo diagnosticada como hernia de hiato .
    Tal é minha sorte encontrei este. Tirei muitas duvidas e
    agradeço a atenção que é dada a todos os pacientes , o que
    nos tempos atuais, é muito dificil encontrar médicos com
    tanto talento e maestria em tirar duvidas e receber com tanto carinho quem os procura .Muito Obrigada . Regina .(Campo Limpo Paulista – SP )

  146. 146 Dr. Fernando Valério
    01.09.2010 às 23:51

    Michael, a gastrite é uma inflamação da mucosa do estômago. Para se saber se há relação com a presença de Helicobacter pylori, seria necessário fazer uma biópsia da região afetada. Quanto à halitose, você deverá tratar a gastrite e avaliar se houve melhora ou não deste sintoma.

  147. 147 Dr. Fernando Valério
    01.09.2010 às 23:55

    Regina Carvalho, agradeço o seu comentário em relação ao conteúdo do site. A sua atitude foi muito motivadora para que este trabalho seja sempre continuado e aprimorado.

  148. 148 Melissa
    03.09.2010 às 16:25

    Dr,

    Estou fazendo tratamento com Pilory PAC. Já estou na fase do Lansoprazol (4°dia). Mas ando com muito cansaço, sono, dor de cabeça, e dor de garganta (não há febre). Como estou tentando falar com meu médico e não estou conseguindo resolvi pesquisar aqui e achei o seu Blog. Será que estas reações podem ser do tratamento? Obrigada.

  149. 149 Dr. Fernando Valério
    05.09.2010 às 09:52

    Melissa, saiba que o tratamento para a erradicação do Helicobacter pylori não costuma apresentar este tipo de sintomas, que sinceramente parecem mais com um quadro gripal.

  150. 150 Thays Magnolia Silva Nunes
    07.09.2010 às 14:28

    Doutor Fernando,

    eu estou fazendo o tratamento de combate ao H. Pylori com o Helicopac IBP, receitado pela minha gastroenterologista, porém, comecei a sentir reações, as quais ja esperava que variam desde dor no estomago até vomitos (horas depois da ingestao do medicamento), só que neste terceiro dia em que estou tomando oesquema tríplice comecei a sentir um forte tremor em todo o corpo, não consigo nem segurar um copo. Gostaria de saber se tal reação é normal.

    Agradeço desde já.

    Thays Magnólia

  151. 151 BEATRIZ
    07.09.2010 às 18:16

    Dr, tenho 30 anos e ano passado descobri q estava com ca gastrico, fiz gastrectomia subtotal, mas nao precisei de quimio pois estava no estagio inicial, minha vesicula foi retirada e apos a cirurgia tenho tido muita diarreia, meu medico diz q pode ser a sindrome de dumping, mas tbm tenho tido intolerancia a alguns derivados do leite, tenho diarreia intensa, as vezes melhoro, mas nao posso deixar de comer pois perdi muito peso e estou tentando recuperar, gostaria de saber se posso desenvolver uma SII e se tem alguma relacao com a retirada da vesicula, e tbm se há risco de recidiva no meu caso. agradeço a atençao.

  152. 152 Dr. Fernando Valério
    07.09.2010 às 18:45

    Thays Magnolia, saiba que o tratamento para a erradicação do Helicobacter pylori realmente traz efeitos colaterais. No entanto, por razões éticas sugiro que você entre em contato com a médica que receitou a medicação a você.

  153. 153 Dr. Fernando Valério
    07.09.2010 às 18:48

    Beatriz, fico satisfeito em saber que a sua cirurgia para o câncer de estômago foi curativa. Em relação à diarréia, você realmente pode estar apresentando um quadro de Síndrome do Intestino Irritável. Mas saiba que um dos problemas crônicos decorrentes da retirada da vesícula é a diarréia, quadro este que pode acometer até 10% dos pacientes submetidos a este procedimento cirúrgico. Quanto ao dumping, ele costuma ocorre quando se ingere alimentos muito concentrados, como doces.

  154. 154 verelyn
    07.09.2010 às 21:11

    DR,tenho21 anos estou com gastrite comecei atomar o remedio a uma semanae e sentido muita dor no estomago rem(lanzoprazol)gostaria de saber se é normal do remedio

  155. 155 Dr. Fernando Valério
    08.09.2010 às 15:50

    Verelyn, esta medicação citada por você não costuma causar efeitos colateriais tão intensos. De qualquer forma, por razões éticas peço que você entre em contato com o seu médico para ter uma orientação sobre o seu caso.

  156. 156 verelyn
    08.09.2010 às 18:58

    Dr.quais as chances de uma endoscopia dar errada:o meu laudo vídeo endoscópico foi.esôfago:apresenta calibre, peristalse e mucosa de aspecto normal.A transição esofagogastrica encontra-se situada ao nível do pinçamento diafragmático com ausência de hérnia de hiato.estômago:apresenta secreção gastrica clara de volume e quatidade habitual, mucosa de fundo e corpo com pregueamento e coloração normais.Á mucosa em antro apresenta edema e hiperemia de leve intensidade.piloro centrado, pérvio e sem deformidades.DUODENO:apresenta bulbo com mucosa de aspecto normal e inicio da segunda porção se alterações.DIAGNÓSTICO:gastrite leve de antro realização biopsia para exame histopatológicoe pesquisa de h.pylori teste de urease:positivo DR.FERNANDO POR FAVOR ME EXPLIQ ESSE LAUDO

  157. 157 verelyn
    08.09.2010 às 19:03

    OBRIGADA DR FERNANDO

  158. 158 Vany
    08.09.2010 às 19:36

    DR.Fernando, por gentileza gostaria que me esclarecesse o seguinte:
    Solicitei ao meu médico como forma de prevenção,para me submeter aos exame de endoscopia e colonoscopia, visto que nunca havia feito os aludidos exames.
    Devo dizer-lhe que, nunca tive dores, queimção, refluxo,enfim,nenhum sintoma ou problema relativo ao estômago e intestino.Tenho uma ótima saúde.
    No dia seguinte após exame,por incrível que possa parecer passei a sentir o que jamais em minha vida, senti em momento algum, p.ex. refluxos, dores no estomago,desconforto após a ingestão de alimentos.Ressalto que,uma semana antes de realizar estes exames, havia feito todo tipo de exame de sangue possíveis e imagináveis já que fazia checa-up geral, obtendo os resultados normais.
    Portanto,tal foi a minha surpresa ao receber o resultado da endoscopia:Pangastrite erosiva plana, intensidade leve, com sinais de sangramento recente.
    Pergunto Dr.é possível ter contraido esta bactéria no momento do exame através dos instrumentos que realizam o procedimento, tendo em vista que, concomitantemente realizava naquele mesmo ato o exame de colonoscopia?
    Por favor Dr. me responda, estou apreensiva, porque conforme já dito, nunca senti nada que acusasse ser possuidora de algum problema estomacal.
    Ah sim! a conclusão do exame de colonoscopia foi: Pólipos colônicos, pólipos retais, retit a esclarecer, divertículo de ceco.
    Grata

  159. 159 CAMILLA STEFANNE TORRES
    09.09.2010 às 11:47

    BOM DIA
    DR. VALERIO,
    DESDE DOS MEUS TREZE ANOS SINTO VARIAS DORES NO ESTOMAGO, QUANDO AS DORES ATACAM FICO PALIDA, VOMITO MUITO E AS VEZES PARECE QUE A COMIDA NAO FAZ DISGESTAO. FIZ UMA ENCOSCOPIA E E DEU O SEGUINTE RESULTADO:MATERIAL-BIOPSIA DE ANTRO/CORPO.
    INFORMES CLINICOS- PESQUISAR H.PYLORI.
    MACROSCOPIA-QUATRO FRAGMENTOS DE TECIDOS ESBRANQUICADOS EM FIXADOR MEDINDO ENTRE 0,2 E 0,3 CM DE DIAMETRO
    MICROSCOPIA-OS CORTES HISTOLOGICOS MOSTRAM FRAGMENTOS DE ANTRO E CORPO GASTRICO APRESENTANDO GLANDULAS PRESERVADAS, EDEMA DISCRETO E LEVE INFILTRADO INFLAMATORIO CRONICO, PESQUISA PARA H. PYLORI POSITIVA.
    CONCLUSAO- PANGASTRITE CRONICA, ASSOCIADA AO H. PYLORI.
    GOSTARIA QUE O DR. ME DESSE A SUA AVALIACAO ATRAVES DESSAS INFORMACOES. AGUARDO POIS ESTOU MUITO ANGUSTIADA APOS RECEBER ESSE RESULTADO. DESDE JA AGRADECO.

  160. 160 ubirajara
    09.09.2010 às 21:37

    doutor tire minhas duvidas,estou com gastrite cronica modera associada com a bacteria,estou em tratamento,só que estou arrotando frequentemente,quando esses arroutos vao parar.

  161. 161 Dr. Fernando Valério
    09.09.2010 às 22:28

    Verelyn, você apresenta uma inflamação leve da mucosa do estômago (gastrite), sem relação com infecção por Helicobacter pylori (bactéria). Desta forma, você será orientada pelo seu médico quanto à sua dieta e para que faça uso de medicamentos que diminuam a acidez do estômago.

  162. 162 AUGUSTA LEAL
    09.09.2010 às 22:46

    gostaria de saber sobre o diagnóstico: GASTRITE CRONICA ATIVA LEVE DE CORPO E ANTRO COM METAPLASIA INTESTINAL FOCAL por favor mate resposta com urgencia.

  163. 163 Dr. Fernando Valério
    10.09.2010 às 00:07

    Vany, caso você tenha realizado o seu exame em local adequado e seguro, as chances de infecção com o aparelho de endoscopia são praticamento nulos. Quanto à pangastrite, você pode ser resistente a dor, e apesar do processo inflamatório presente, não apresentar sintomas.

  164. 164 Dr. Fernando Valério
    10.09.2010 às 00:11

    Augusta Leal, o seu exame mostra uma infecção crônica da mucosa do estômago, e que deverá ser tratada com medicações que diminuam a acidez gástrica. Também é importante saber se você apresente infecção pela bactéria Helicobacter pylori. Devido a metaplasia, após o tratamento prescrito pelo seu médico você deverá fazer reavaliação com endoscopia.

  165. 165 Dr. Fernando Valério
    10.09.2010 às 10:25

    Camilla Torres, o seu exame mostrou que toda a mucosa do estômago está inflamada (pangastrite) e que deve haver associação com a infecção pela bactéria Helicobacter pylori. Sendo assim, o seu médico lhe indicará um tratamento com antibióticos, com remédios que diminuam a acidez do estômago e uma dieta adequada.

  166. 166 Dr. Fernando Valério
    10.09.2010 às 10:39

    Ubirajara, a própria gastrite pode causar as eructações. Além disso, este pode ser um efeito colateral das medicações, e sendo assim, acredito que ao término do tratamento você esteja melhor deste sintoma.

  167. 167 marli
    10.09.2010 às 15:50

    estava com muita dor e enjoo,procurei um medico,e este me medicou com omeprozol 20mg,tomei 1 mes e nao adiantou entao quando fiz endoscopia apareceu:
    mucosa do antro mostra areas de hiperemia
    conclusao: gastrite enantematosa do Antro
    H Pilory?correlacionar com teste de urease \(negativo)
    Já vi na internet sobre o falso negativo ,inclusive qdi se tem ingerido remedios,para combater a acidez do estomago.
    Após esta endoscopia meu medico me receitou tantoprozol 40,mas cada diaque passa minhas dores e enjoos se agravam nao sei mais o que fazer????Gostaia de sua opiniao sobre meu caso.

    obrgada Marli

  168. 168 Dr. Fernando Valério
    11.09.2010 às 10:19

    Marli, você apresenta a inflamação de uma parte da mucosa do estômago (gastrite de antro), mas de forma leve. Como você não apresenta melhora com o seu tratamento, recomendo que você procure comunicar os resultados da medicação ao médico que vem lhe acompanhando.

  169. 169 veras
    13.09.2010 às 12:24

    Doutor uma pessoa pode ter sintomas de gatrite após o término do tratamento da eliminação da Bactéria.

    obrigado pela resposta.

  170. 170 Dr. Fernando Valério
    13.09.2010 às 16:46

    Veras, caso a gastrite diagnosticada anteriormente não tivesse relação com a infecção pela bactéria, os sintomas podem persistir sim. Outra possibilidade, é a presença de de uma dispepsia funcional, que apesar da erradicação da bactéria, mantém os sintomas.

  171. 171 debora
    13.09.2010 às 22:57

    olá doutor! sou portadora de fíbrose cística, mas esta nao tem me causado danos a outros órgão senão o pulmão, embora ja tenha tido presença de gordura, em pouca quantidade no exame de fezes.nao faço uso de enzimas pancreaticas, sou vegetariana e nunca como besteiras, porem ha 2 dias comi batata frita e pastel de queijo num barzinho.no dia seguinte estava normal, mas hoje acordei com muita fraqueza, passei o dia me arrastando pela casa, estou com dor lombar leve, desconforto abdominal, fezes frequentes de cor bem mais clara que o habitual e quase pastosa. estou sentindo gosto de remedio na boca, será que estes sintomas podem estar realcionados a alguma bacteria?

  172. 172 Dr. Fernando Valério
    14.09.2010 às 19:11

    Debora, acredito que você tenha apresentado um quadro de intolerância a alimentos gordurosos e frituras. Pensar em infecção é um tanto precoce.

  173. 173 Letícia Diniz França
    17.09.2010 às 09:30

    Dr. Fernando,

    Fui diagnosticada assim: pangastrite endoscópica enantematosa moderada leve e presença da bacteria H. pylori mais hérnia hiatal por deslizamento de médio tamanho
    Terminei o tratamento com pilory pac ibd à 4 meses atrás. Depois disto e até hoje, sinto dores de estomago quando tomo café, coca cola, cerveja ou suco de laranja. Isto estaria indicando que a bacteria pode nao ter sido eliminada?

  174. 174 Dr. Fernando Valério
    19.09.2010 às 00:56

    Letícia França, a permanência dos sintomas mostram que a bactéria pode não ter sido erradicada ou que a causa dos sintomas gástricos não tinham relação com a infecção pelo Helicobacter pylori (caso o tratamento tenha sido efetivo).

  175. 175 Sarah
    20.09.2010 às 12:59

    Dr. Fernando

    Eu fiz endoscopia em Fevereiro deste ano e o meu resultado foi:

    Gastrite enantematosa moderada do antro.
    teste de urease: Positivo.

    Em seguida fiz o tratamento com o rémedio Pyloripac, só que no começo do tratamento a 1° cartela eu tomei errada, tomei 1 de manhã e 1 de noite durante uns 4 dias (sendo que era pra tomar ás 4 de uma vez só) só depois com a 2° cartela fui fazendo o tratamento certo.

    O apetite voltou ao normal, o refluxo e as dores passaram.
    Só que até hoje tenho muitos gases (daquele que dói até as costas) e não consigo arrotar, fora que minhas fezes sempre saem pastosas ou espedaçadas.

    Séra que não consegui me livrar da bactéria?

  176. 176 Morgana Correa
    21.09.2010 às 00:13

    Boa Noite Dr. Fernando

    Parabens pelo blog, muito esclarecedor.

    Fiz uma endoscopia a uma semana e o laudo foi:
    1. Cardia Alargada
    2. Gastropatia Erodida Antral
    3. Teste de H. Pilory: Positivo

    Gostaria de saber o que quer dizer esse laudo.

    obrigada

  177. 177 Dr. Fernando Valério
    21.09.2010 às 00:13

    Sarah, para confirmar a erradicação da bactéria Helicobacter pylori será necessária a realização de nova endoscopia. Quanto ao seu caso, não acredito que tenha relação a bactéria citada, já que o quadro gástrico melhorou. Por isso, recomendo que seja reavaliada pelo seu Gastroenterologista.

  178. 178 Dr. Fernando Valério
    21.09.2010 às 00:24

    Morgana Correa, o seu exame mostra a presença de inflamação da mucosa do estômago e que pode ter relação com a infecção por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. Quanto ao cárdia, isto pode sugerir um risco maior para refluxo gastroesofágico. Leve o seu exame para o médico que o solicitou.

  179. 179 ElizÂngela Souza
    25.09.2010 às 17:35

    Dr. Fernando,
    li sobre a PANGASTRITE ENANTEMATOSA , no meu exame consta PANGASTRITE ENDOSCÓPICA ENANTEMATOSA NODULAR é a mesma coisa ?

  180. 180 Dr. Fernando Valério
    26.09.2010 às 01:08

    Elizângela Souza, ambos os exames mostram uma inflamação em toda a mucosa do estômago. O termo nodular especifica o aspecto da inflamação. O tratamento não difere nos dois casos.

  181. 181 luiz
    26.09.2010 às 22:22

    BOA NOITE DR. FERNANDO,
    POR FAVOR GOSTARIA DE UMA INFORMAÇÃO, FAÇO USO DO OMEPRAZOL A + OU – UNS 3 ANOS POR CAUSA DE REFLUXO, FIZ VARIAS ENDOSCOPIAS E SEMPRE DEU GASTRITE LEVE, SO QUE A UNS 7 MESES ESTAVA ME DANDO MUITO QUEIMAÇÃO NA GARGANTA, E TBM COMEÇOU A DAR DORES FORTES NO TORAX POR CAUSA DO REFLUXO, FIZ MAIS UMA ENDOSCOPIA E MAIS UMA VEZ GASTRITE LEVE, FOI QUANDO O MEDICO MANDOU EU FAZER PHMETRIA E MANOMETRIA, E DEU REFLUXO GASTROESOFAGICO PATOLOGICO, E A MANOMETRIA DEU NORMAL, NESSE MEIO TEMPO EU TBM FUI NO OTORRINO PARA VER PORQUE MINMHA GARGANTA QUEIMAVA TANTO, ELE MANDOU EU TOMAR PANTOCAL 40 ML DURANTE 30 DIAS 1 NA MANHA E OUTRO A NOITE DISSE QUE O MEU PROBLEMA ERA MUITO ACIDO NA ENTRADA NO ESOFAGO, EU DR NÃO TOMEI PREFERI ESPERAR O RESULTADO DA PHMETRIA E MANOMETRIA, AO CHEGAR O RESULTADO O GASTRO DISSE QUE O MEU PROBLEMA ERA SO RESOLVIDO COM O OMEPRAZOL, AGORA EU PERGUNTO AO SENHOR, POR FAVOR ME AJUDE EU NÃO AGUENTO MAIS ESCUTAR QUE EU NÃO TENHO NADA SE EU ESTOU SOFRENDO COM ESSA QUEIMAÇÃO PROXIMO A GARGANTA,LENDO O SEUCOMENTARIO SOBRE A BACTERIA PODE SER QUE O MEU PROBLEMA SEJE ESSE DR?, TODAS AS VEZES QUE ME FOI PEDIDO O TESTE JUNTO COM A ENDOSCOPIA, OS MEDICOS NUNCA FALARAM QUE EU TINHA QUE DEIXAR DE TOMAR O OMEPRAZOL ANTES DE FAZER O EXAME, E COMO EU MORO EM ITAJAI SC , LEMBREI QUE TIVEMOS UM PROBLEMA GRAVE NO ABASTECIMENTO DE AGUA A UNS 3 ANOS ATRAS, A AGUA ALEM DE ESTAR COMPLETAMENTE SALGADA AINDA TINHA UM FORTE CHEIRO DE ESGOTO, DR. ESSA QUEIMAÇÃO FORTE NA GARGANTA QUE NUNCA PASSA PODE SER ESSA BACTERIA, E TBM QUERO DIZER QUE EU PESAVA 99 KILOS E AGORA ESTOU PESANDO 87 KILOS NESSES 7 MESES, POR FVR DR ME DE UMA LUZ DO QUE EU DEVO FAZER. DESDE JA AGRADEÇO.

  182. 182 Dr. Fernando Valério
    27.09.2010 às 12:31

    Luiz, quanto ao refluxo gastroesofágico, o tratamento usado atualmente com maior frequência é o uso contínuo de medicação que diminua a produção de ácido pelo estômago. Para que o resultado seja bom, a dosagem do tratamento deve estar correta, assim como a dieta deve estar adequada. Quanto à pesquisa do Helicobacter pylori, pode ser interessante que a pesquisa seja feita com a ausência do uso da medicação por alguns dias.

  183. 183 Inês
    27.09.2010 às 15:29

    Boa tarde
    Fiz o teste respiratório do Helicobacter Pylori e o resultado foi POSITIVO. Além de tomar os medicamentos, pode-se comer de tudo ou existe alguns alimentos que não se possam comer?

    Obrigada

  184. 184 Dr. Fernando Valério
    28.09.2010 às 09:55

    Inês, o mais importante no caso de Helicobacter pylori positivo é se fazer uso correto dos antibióticos. Quanto à dieta, ela é importante para que você não tenha sintomas de dispepsia, mas não é determinante na erradicação da bactéria.

  185. 185 milena
    28.09.2010 às 10:52

    Olá Dr Fernando, Boa Tarde
    Sou enfermeira e desde a graduação(2005), apresentei sintomas de gastrite.Fiz acompanhamento com o gastro. do serviço de apoio ao aluno(UNIFESP)e ele atribuiu a causa como sendo um fator de ansiedade, uma vez que me possuo uma dieta adequada(alimento-me a cada três horas;utilizo frutas e verduras com regularidade;evito frituras e doces; faço atividade física, enfim, cultivo hábitos de vida saudáveis).
    Porém, voltei a apresentar dor de estômago, tipo queimação..Trabalho com saúde pública e a médica da minha equipe(clínica médica) solicitou-me EDA(nunca realizado antes).O resultado:refluxo gastro-esofágico, pangastrite enantemática leve, bulboduodenite e esofagite distal leve.
    A médica recomendou-me fazer uso de 40mg de omeprazol/dia por três meses..Faço o tratamento há quase dois meses e ainda sinto queimação no estômago..
    O que vc me sugere???
    Obrigada
    Milena

  186. 186 Dr. Fernando Valério
    28.09.2010 às 23:22

    Milena, como você ainda apresenta sintomas gástricos apesar do tratamento prescrito, sugiro que discuta o seu caso com a sua médica, que poderá aumentar a dose da medicação prescrita ou trocar a medicação.

  187. 187 priscila
    29.09.2010 às 11:28

    Olá Dr.!

    Já fazia alguns anos que vinha sentindo fortes dores estomacais quando passava da hora de me alimentar, a ponto de não conseguir ingerir nada até a dor passar, quando isso acontecia tomava leite bem gelado e aliviava bastante. A 1 mês atrás fui ao médico e relatei esse fato como também falei q tenho arrotos qdo tomo coca, massas de milho e ou em grande qtde de amido. Fiz uma endoscopia e deu pangastrite enentematosa leve com a presença da h. pilory, há dois dias tenho tido fortes enjôos e sensação de saciedade quase q instanea, sinto fome mas não consigo me alimentar direito e por isso venho perdendo peso. Vou mostrar meus exames amanhã para a médica. Vc acredita q vou fazer algum tipo de tratamento?
    Desde já obrigada pelo espaço em debater esse tema.
    OBS: a gastrite pode ser hereditária, pq meu irmão tem e meu avô sofreu de ulcera e posteriormente cancer.

  188. 188 Dr. Fernando Valério
    29.09.2010 às 23:22

    Priscila, primeiramente saiba que a gastrite não é uma doença hereditária. Em relação ao seu caso, provavelmente a sua médica irá lhe indicar um tratamento para a tentar a erradicar a bactéria Helicobacter pylori, que deve ser a causadora da sua gastrite. Além disso, uma dieta deverá ser recomendada a você.

  189. 189 priscila
    30.09.2010 às 11:23

    Obrigada pela resposta dr.

  190. 190 eduarda
    30.09.2010 às 11:31

    edema no estomago é grave?

  191. 191 Dr. Fernando Valério
    30.09.2010 às 16:56

    Eduarda, edema significa inchaço, e no estômago costuma estar relacionado à gastrite.

  192. 192 VERAS
    30.09.2010 às 22:08

    Boa noite Dr.
    Doutor queria um esclarecimento acerca da seguinte situação: fiz uma endoscopia há 2 mêses e o resultado foi o seguinte :

    1. PANGASTRITE ENDOSCÓPICA ENANTEMATOSA MODERADA COM EROSÕES
    2. GASTROTESTE POSITIVO (PRESENÇA DE HELICOBACTER PYLORI)

    Após um mês tratando com H.BACTER IPB, fiz outra endoscopia e o resultado foi o seguinte:

    1. CARDITE (HÁ ENANTEMA E EDEMA EM FAIXA TRANSVERSAL E HIPERPLASIA DA MUCOSA A NIVEL DO CARDIA)
    2.PANGASTRITE ENDOSCÓPICA ENANTEMATOSA MODERADA
    3.GASTROTESTE NEGATIVO ( AUSENCIA DE HELICOBACTER PYLORI)

    Estou me sentindo melhor, mas sei que preciso completar o tratamento. Eu gostaria que vc fizesse um comentário acerca destes exames, principalmente com relação a CARDITE.

    Desde já agradeço.

  193. 193 drfernando
    01.10.2010 às 07:24

    Veras, cárdia é uma parte do estômago situada próxima ao esôfago. Cardite é a inflamação desta parte.

  194. 194 laura
    02.10.2010 às 10:45

    PARABENS DR. FERNANDO.. O SR. NAO SABE O QUANTO ESTÁ AJUDANDO AS PESSOAS AFLITAS COM ESSE TRABALHO…

    QUE A NATUREZA O RECOMPENSE DE TODAS AS FORMAS..

    BEIJAO

    LAURA FRANCISCO

  195. 195 laura
    02.10.2010 às 10:48

    GOSTARIA DE UMA ORIENTACAO SE POSSIVEL.
    HA 2 MESES COMECEI A SENTIR UMA QUEIMACAO NO ESOFAGO E GARGANTA.. MEIO FORTE..
    NUNCA TIVE NENHUM PROBLEMA DE ESTOMAGO. FUI AO MEDICO FIZ ENDOSCOPIA GASTRICA ALTA E VI QUE O MEDICO DO LABORATORIO PEDIU BIOPSIA..

    FIQUEI MUITO PREOCUPADA COM ISSO.

    GOSTARIA DE SABER SE O PEDIDO DE BIOPSIA É COMUM?

    muito obrigada

  196. 196 Dr. Fernando Valério
    03.10.2010 às 00:08

    Laura, a solicitação da biópsia segue em geral um protocolo de convênios médicos para prévia autorização. Caso seja necessário, o endoscopista realizará uma biópsia, mas só em caso que tenha alguma indicação para isto.

  197. 197 marcia oliveira
    04.10.2010 às 22:11

    oi doutor tenho gastrite cronica moderada estou fazendo tratamento por um gastro, fiz endoscopia e ultrasonografia
    e deu ke eu tenho uma bacteria, mas o medico não me falo qual é eu tenho fortes dores de estomago todas as vezes ke eu tinha a colicas estomacais eu tomava buscopam e aliviava depois o medico passou para o tropinal e eu vomitava muito agora ele me deu um tratamento de 7 dias com 500grs de amoxicina 1 capsula e 2 de claritromicina e um omeprazol de 20 grs séra que o senhor pode me dizer se esta certo o tratamento recomendado pelo meu médico se puder me responder eu agradeceria imensamente , muito obrigada pela sua aten~ção ……………. sem mais marcia guáruja sp

  198. 198 Dr. Fernando Valério
    05.10.2010 às 00:01

    Marcia Oliveira, provavelmente você apresente um quadro de infecção por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. Esta bactéria é tratada com antibióticos e medicamentos que diminuam a acidez no estômago. Por razões éticas, não faço comentários sobre medicamentos prescritos por outros profissionais.

  199. 199 marcia oliveira
    05.10.2010 às 16:47

    obrigada doutor por sua ajuda e eu vi nos meus resultados de exames que tenho éssa bactéria a h pylori e eu queria saber se depois do tratamento essa dores horrorosa voltam e se somen por completo eu vou começar a fazer uma dieta expecifica para gastrite nos meu exames de endoscopia deu pangastrite endoscopica enantematosa moderada muito obrigada ………………marcia
    alias adorei o site do senhor é muito esclarecedor fiquei mais alivida por poder conhecer um pouco mais o que eu tenho

  200. 200 Dr. Fernando Valério
    05.10.2010 às 23:35

    Marcia Oliveira, se os seus sintomas forem todos relacionados com uma gastrite causada pela bactéria Helicobacter pylori e o tratamento for efetivo, haverá melhora do seu quadro.

  201. 201 manuella
    06.10.2010 às 00:43

    Doutor fiz a eradicação da bacteria, mais continuo com uma gastrite modera segundo a útima endoscopia. Ainda tenho muitas erucções. Será que esse sitoma está realmente relacionado com a gastrite ou poderá ser outra coisa? a endoscopia diz que a bactéria foi erradicada e que possou gastrite moderada. esse sintoma vai demarar a dessaparecer? brigado doutor!

  202. 202 marli
    06.10.2010 às 08:50

    Dr.Fernando
    Há mais de 20 anos, sinto gases,está se agravando.Agora fico toda inchada, dor de cabeça, uma fraqueza estranha parece dentro das veias nos braços e pernas, abaixa a pressão 11×5(acho até menos),falta ar,tontura, parece que vou desmaiar,barriga explodindo de gases presos. Tem dia que sinto tão mal tenho a sensação que estou morrendo. Uso dimeticona,omepramed,chás coentro,hortelã,até boldo.24hs de sofrimentos.último domingo meu sintomas eram tantos que fui a igreja orei com fé a Deus, que saí dali bem melhor.A fraqueza sumiu,senti melhor nos outros sintomas.Quero te ouvir,Doutor! Obrigado por esta oportunidade.

  203. 203 Claudinei
    06.10.2010 às 14:13

    Dr, em fevereiro/10 fiz minha quarta endoscopia com o resultado de “gastrite nodular de antro” e urease negativa. Fiz o tratamento e melhorei. A 3 semanas estou com dores de estômago novamente. Infelizmente não tenho uma alimentação adequada e regular.
    Existe a possibilidade desta gastrite se tornar um câncer? Quanto tempo o câncer de estômago leva para se desenvolver em uma pessoa?

  204. 204 Claudinei
    06.10.2010 às 14:29

    Dr, em quanto tempo o tratamento com omeprazol para gastrite começa a fazer o efeito desejado? A alimentação inadequada contribui para a demora do efeito desejado pela utilização do omeprazol?

    Desde já agradeço as respostas

  205. 205 áurea
    06.10.2010 às 20:27

    Boa Noite,

    O que é hiperplasia foveolar?

  206. 206 Dr. Fernando Valério
    06.10.2010 às 23:21

    Manuella, provavelmente a sua gastrite não tinha relação com a infecção pela bactéria, e por isso a inflamação persiste apesar do tratamento para erradicá-la.

  207. 207 Dr. Fernando Valério
    06.10.2010 às 23:22

    Marli, os gases intestinais são sintomas digestivos comuns e podem estar presentes em várias doenças. No entanto o seu quadro clínico está muito rico em sintomas de outros sistemas. Por isso, recomendo uma avaliação criteriosa de um Clínico Geral.

  208. 208 Dr. Fernando Valério
    06.10.2010 às 23:31

    Claudinei, com certeza a sua alteração dietética pode ser capaz de lhe causar transtornos gástricos. Quanto ao câncer, quando se desenvolve passa por fases de alterações celulares, que pelo visto não ocorreram com você. Quanto ao efeito do medicamento, obviamente ele pode ser afetado por hábitos alimentares ruins.

  209. 209 Dr. Fernando Valério
    06.10.2010 às 23:32

    Áurea, a hiperplasia foveolar é um aumento das glândulas do estômago e geralmente estão associadas a um quadro inflamatório gástrico.

  210. 210 Jaqueline
    11.10.2010 às 01:54

    A algum tempo atrás apresentei h pilori na endoscopia.Tratei e eliminei a bactéria.Hoje apresento sintomas da gastrite acompanhado de refluxo.REalizei uma nova endoscopia que acusou presença de lesão polipoide elevada medindo 1 cm proximo a junção esofago-gastrica.
    Pólipo gástrico tipo III yamada.Estou aguardando a biópsia.
    Estou nervosa com este resultado. Pode evoluir para um câncer, há necessidade de cirurgia para o caso?
    Obrigada.

  211. 211 Dr. Fernando Valério
    11.10.2010 às 10:15

    Jaqueline, na grande maioria das vezes estes pólipos são benignos e representam processos inflamatórios no estômago. Por isso, aguarde o resultado da biópsia com mais tranquilidade.

  212. 212 Armando Brasil Teixeira
    11.10.2010 às 16:44

    Dr. Fernando Valerio, leio muito os seus comentarios acerca de problemas de estomago, motivo pelo qual lhe parabenizo. Recentemente fiz uma endoscopia cuja as conclusões são as seguintes; Histopatológico- Gastrite antral cronica, grau leve e processo inflamatorio cronico edematoso inespecífico leve inativo. Ausencia de H.Pylori. Gostaria muito que o SR. me traduzisse. Um grande abraço.

  213. 213 manuella
    11.10.2010 às 22:56

    doutor quer dizer que a bacteria pode viver em nosso organismo sem calsar malefícios e situações a ela podem causar gastrite mesmo ela pré existindo em nosso estômago?

  214. 214 Dr. Fernando Valério
    12.10.2010 às 01:10

    Armando Teixeira, a sua biópsia mostra um quadro de inflamação de uma parte do estômago chamada antro (produtora de ácido clorídrico), mas de grau leve. Esta quadro é tratado com medicação e dieta. Agradeço o contínuo interesse pelo site e blog.

  215. 215 Dr. Fernando Valério
    12.10.2010 às 01:20

    Manuella, algumas pessoas podem ser portadoras assintomáticas da bactéria Helicobacter pylori, portanto não apresentam quadros como gastrite e úlcera.

  216. 216 Aurélio Corrêa Prates
    15.10.2010 às 00:06

    Doutor, parabens pelo artigo e pela atenção que o Sr dá “seus” internautas.
    Há tempos tenho problemas de má digestão e na última semana
    fiz endoscopia digestiva alta que acusou a presença da H.Pylori e gastrite hemorrágica. Meu médico receitou Omepramix (4 compr.)de 12 em 12 hs, por 7 dias e depois + 28 comprimidos de Omeprazol(1 por dia).
    Meu médico não receitou dieta e uma colega de seviço (que é técnica de enfermagem e tem problema semelhante) disse que meu problema é sério e que eu deveria abser-me urgentemente de ingerir gorduras, refrigerantes, etc., e trocar de médico. Fiquei preocupado.

  217. 217 Dr. Fernando Valério
    15.10.2010 às 07:49

    Aurélio Prates, provavelmente a sua gastrite tem relação com a infecção pelo Helicobacter pylori, que deverá ser erradicado. Desta forma, você deverá fazer uso da medicação e ter uma dieta sem frituras, gorduras, refrigerantes, doces, café, alimentos muito ácidos e bebidas alcoólicas.

  218. 218 Morgana
    15.10.2010 às 09:38

    Bom dia Dr. Fernando

    Gostaria de saber quanto tempo devo esperar para fazer uma nova endoscopia, depois do tratamento do H.pilory?

    grata

  219. 219 eduarda
    15.10.2010 às 09:58

    Olá Dr.!
    Tenho pangastrite enantematosa leve, com edema na mucosa antro e inferior do estomâgo, além da h. pilory, tenho sofrido muito com nauseas e vômitos, esses dias vômitei um
    líquido bem verde de manhã, e com uma dificuldade mt grande de comer, tenho comido bem devagar, ainda não começei nenhum tratamento irei p minha médica no próximo dia 20/10. Porém gostaria de saber se é possível além dos sintomas da bactéria eu ter sintomas de estomâgo irritável, pergunto isso pq minhas fezes estão bem amolecidas há duas semanas e vi pelos outros e-mails q esse sintoma não é da h. pilory, mas poderia ser tb dela ou não de jeito nenhum?
    Desde já obrigado!!

  220. 220 jucelio de avila
    15.10.2010 às 22:04

    boa noite Dr Fernando eu fiz uma endoscopia no dia 08 10 2010 e o diagnostico foi urease + e pangastrite enantematosa severa correlacionar com ap e deformidade bulbar com subestenose e duodenite gostaria de explicaçao melhor desde ja agradeço so lembrando ja fiz uma cirurgia de ulcera estrangulada a mais de vinte anos, obrigado

  221. 221 Suellen
    16.10.2010 às 21:14

    Dr.boa noite

    Em 2007 fiz uma endoscopia e foi detectado uma gastrite cronica ativa,com metaplasia e a bacteria h.pilory.

    Em 2008 engravidei e não pude fazer o tratamento pois o medico falou que era forte e poderia prejudicar o bebe.

    Em 2009 fiz uma nova endoscopia e a metaplasia e a bacteria havia desaparecido sem tratamento!

    É possivel que me curei sem tratamento ou pode haver algum erro?

    Tenho esta enorme duvida pois sinto muita dor ainda!!!

    Agradeço desde já!!!

  222. 222 Dr. Fernando Valério
    17.10.2010 às 00:13

    Morgana, em geral você deve aguardar por um período de 30 dias após o seu tratamento para poder repetir o seu exame com objetivo de avaliar a presença da bactéria Helicobacter pylori.

  223. 223 Dr. Fernando Valério
    17.10.2010 às 00:17

    Eduarda, a presença do Helicobacter pylori pode estar associada a quadro de gastrite e consequentes sintomas gástricos. Quanto à Síndrome do Intestino Irritável, é sempre importante pensar neste diagnóstico quando estão presentes as alterações do ritmo intestinal.

  224. 224 Dr. Fernando Valério
    17.10.2010 às 00:33

    Jucelio de Avila, o seu quadro mostra uma inflamação gástrica relacionada a infecção por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. A tortuosidade na região bulbar (duodeno) se deve a presença da úlcera no passado. Esta úlcera também deve ter relação com o Helicobacter pylori.

  225. 225 Dr. Fernando Valério
    17.10.2010 às 00:41

    Suellen, é muito raro que ocorra o desaparecimento da infecção por Helicobacter pylori de forma espontânea. Quanto à metaplasia, ela pode realmente regredir quando o estômago não está sendo agredido por algum processo inflamatório ou infeccioso.

  226. 226 Jafer de nóbrega
    18.10.2010 às 11:46

    Bom dia Doutor!

    doutor tenho gastrite moderada e cardite e não possuo H. pylori. O único sintoma que tenho são as constantes erucções, gostaria de saber se além da gastrite existem outras doenças que levam ao quadro de erucções? e se quando é favorável a esses sintomas?

  227. 227 Dr. Fernando Valério
    18.10.2010 às 22:31

    Jafer de Nobrega, saiba que o quadro de refluxo gastroesofágico pode ser causa das suas eructações.

  228. 228 Helder
    19.10.2010 às 15:48

    Olá Dr. tudo bem?
    Então em setembro fiz uma edoscopia e deu esofagite não erosiva, pangastrite enantematosa moderada, duoedenite erosiva leve e a presença da HPylori, daí o médico me receitou o Pylori Pac IBP, tomei ele certinho por 7 dias e mais 28 dias o lansoprazol em jejum pela manha e seguindo a dieta sem frituras, doces, bebidas e blablabla, hoje já faz 18 dias que terminei o tratamento só que ainda continuo sentindo um bolo na garganta constante e as vezes alguns enjoos e enquanto estava tomando os remédios também sentia esse bolo. Então o que pode ser, não aguento mais isso???
    Até +

  229. 229 Rafaella
    19.10.2010 às 18:55

    Dr. Fernando, para béns pela iniciativa e o excelente site e blog!

    Hoje eu possuo esofagite grau 3, gastriste grau 2 e hernia de hiato de 3cm.

    Já perguntei ao meu médico o que isso significa e ele me disse: “Não se preocupe é só tomar omeprazol pela manhã por 2 meses, que o mal estar passa!”

    Li que gastrite e esofagite são inflamações da mucosa do estomago e esofago respectivamente, mas e o grau? quantos graus são?

    Hernia de hoato sei que é o deslocamento do estomago para a região do esofago, reduzindo a válvula gastrica. Até quantos centimetros isso pode chegar? 3cm é grande, normal?

    Grata, pela atenção!

    Rafaella

  230. 230 Dr. Fernando Valério
    20.10.2010 às 10:23

    Helder, algumas pessoas apresentam um quadro de dispepsia funcional, e que infelizmente não se beneficiam da erradicação da bactéria Helicobacter pylori. O tratamento consiste de medicamentos, dieta e atividades físicas.

  231. 231 Dr. Fernando Valério
    20.10.2010 às 10:40

    Rafaella, saiba que o padrão de hérnia de hiato que você apresenta é moderado, mas o que importa mesmo é a consequência desta hérnia, ou seja, refluxo gastroesofágico. Os graus de esofagite e gastrite se relacionam com a intensidade do processo inflamatório e da área comprometida por ele.

  232. 232 eduarda
    21.10.2010 às 10:13

    Olá Dr.fui p minha consulta ontem e a médica me passou um tratamento de 14 dias para acabar com a bactéria vou tomar amoxilina 500mg em 8/8hs e memomidazol 250mg 2 comprimidos em 8/8hs e omeprazol durante 2 meses em 12/12hs para acabar aliviar a inflamação da pangastrite q ela falou que tava bem irritado o meu estômago. Agora esqueci de perguntar uma coisa quem faz uso de anticoncepcional ingetavel pode ter sua eficácia comprometida!!!?
    Desde já obrigado!

  233. 233 Glades
    22.10.2010 às 14:56

    Dr gostaria de saber o que tenho meus exames mostraram Gastrite endoscópica erosiva plana severa de antro
    ulcera péptica antral ( sakita h1)
    bulboduonite erosiva leve
    correlacionar com Ap

  234. 234 Dr. Fernando Valério
    22.10.2010 às 16:10

    Eduarda, entendo a sua dúvida, mas por razões éticas não posso indicar e contra-indicar medicamentos neste espaço.

  235. 235 Dr. Fernando Valério
    23.10.2010 às 07:17

    Glades, o seu exame endoscópico mostrou a presença de inflamação da mucosa do estômago (gastrite) e do duodeno (duodenite). Além disso, você apresenta uma úlcera péptica. Ambas as alterações serão tratadas com medicações e dieta.

  236. 236 Leane Oliveira
    23.10.2010 às 21:33

    Olá Dr. Fernando Valério!
    No resultado da minha endoscopia deu Gastropatia Nodular de Antro. Teste de urease positivo, ou seja o H. pylori.
    Estou com medo de ter câncer, já vou começar o tratamento mas, estou com muito medo de mais tarde eu ter câncer por causa disso. Dr. me responda com urgência, pois estou aflita.
    Obrigada.

  237. 237 Dr. Fernando Valério
    23.10.2010 às 23:45

    Leane Oliveira, o seu caso se refere a uma inflamação do estômago, e não um caso de câncer. Esta inflamação deve estar relacionada ao quadro de infecção pelo Helicobacter pylori, que deverá ser tratada com antibióticos e medicamentos que diminuam a acidez gástrica.

  238. 238 Leane Oliveira
    24.10.2010 às 18:50

    Obrigada Dr. pela resposta mas, esse problema facilitará a chegada de um câncer em meu estômago, mesmo cuidando? e quanto tempo eu posso tê-lo se não cuidar? Deverei viver sempre em alerta?
    E sobre a medicação,será que dá muitos efeitos colaterais? por que eu já sinto muito mal estar, sensações de desmaio, um pouco de formigamento na pele de vez em quando,
    emagrecendo… estou morrendo de medo de começar o tratamento com omepramix e piorar esses efeitos.
    Me desculpe pelo abuso mas,eu posso comer queijo, massas,sucos,água de coco, café,pão…?
    Mais uma vez muito obrigada!
    Um forte abraço.

  239. 239 Dr. Fernando Valério
    24.10.2010 às 23:18

    Leane, pensar em câncer de estômago no momento é um pouco exagerado. Realize o tratamento prescrito pelo seu médico, e caso apresente algum efeito colateral, avise a ele. Em relação a dieta, evite alimentos gordurosos, frituras, doces, chocolate, café em excesso, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

  240. 240 Leane Oliveira
    25.10.2010 às 12:54

    Mais uma vez OBRIGADA, dr.Fernando Valério!
    E parabéns por ser bastante atencioso e obvio com suas respostas.
    Que Deus continue abençoando você e sua família.

    Um abraço!!!!!!!!!!!!!

  241. 241 Aluizio H. Filho
    25.10.2010 às 16:01

    Dr Fernando

    Fiz endoscopia que apresentou o seguinte resultado:

    Bulbo anatômico com enantema discreto e lesões erosivas superficiais esparsas da mucosa duodenal.
    Conclusão:
    Duodenite erosiva leve.
    Teste para H.pylori negativo.

    Fui fumante por longo tempo, e parei faz aproximadamente 1 mês.

    Perguntes
    1) Qual o tratamento indicado?
    2) Abandono do cigarro pode ajudar a cura?

    Muito obrigado. Parabéns pela ajuda que o sr está dando para todas as pessoas! Que Deus lhe page!

  242. 242 Dr. Fernando Valério
    25.10.2010 às 17:54

    Aluizio Filho, saiba que o seu quadro se refere a uma inflamação do duodeno, e que será tratado pelo seu médico com medicamento que diminua a acidez gástrica. Em relação ao tabagismo, obviamente parar de fumar ajudaria em qualquer em cicatrizar qualquer processo inflamatório no seu corpo.

  243. 243 TALIA
    26.10.2010 às 16:08

    Dr. Fernando, o que significa a expressão “mucosa de padrão corpóreo”? é algo grave? o resultado da biopsia foi: gastrite crônica leve em mucosa de padrao corpóreo? ausencia de sinais de atividade, atrofia ou metaplasia intestinal. pesquisa de h. pylori negativa.

  244. 244 Dr. Fernando Valério
    26.10.2010 às 22:49

    Talia, a expressão significa que a mucosa se assemelha a mucosa de um segmento do estômago chamada “corpo”.

  245. 245 Renato Luiz Cassiolato
    27.10.2010 às 11:25

    Dr. bom dia comecei hoje a fazer o tratamento contra H.pyluri com o pyluripac e me deparei que tem 2 capsulas de amoxilina de 500mg e tenho alergia, não tomei os amoxilina mas já tinha tomados os outros dois comprimidos da cartela. devo suspender o remédio?

    eu também não consigo engolir as capsulas tenho dificuldade eu posso abri-las ou mastiga-las?

    Obrigado

  246. 246 Dr. Fernando Valério
    27.10.2010 às 22:44

    Renato Cassiolato, nenhuma pessoa deve fazer uso de medicamento que sabidamente causa processo alérgico. Por isso, suspenda o tratamento imediatamente e avise ao seu médico sobre esta contra-indicação.

  247. 247 gessi
    28.10.2010 às 07:36

    dr.fiz uma cirurgia de vesicola ha 4 meses,eu ja sai do hospital com uma sensação de que a minha barriga tava cheia de gases soutando pum e arrotando muito e uma sensaçõa de barriga enxada,o meu médico me pediu uma endoscopia e deu uma gastrite leve com h pilory positivo,tratei com os medicamentos,mais eu ainda estou arrotando muito,eu to até tomando cha de espinheira santa pra ver se melhora,dizem que é por causa do gás que eles injetaram pra fazer a cirurgia fiz por video sera que vai melhorar com o tempo,eu não to aguentando mais.

  248. 248 Dr. Fernando Valério
    28.10.2010 às 15:34

    Gessi, o gás utilizado na cirurgia já foi absorvido há muito tempo, e por isso o quadro deve ser decorrente de alguma alteração digestiva realmente. É importante discutir com o seu médico, possibilidades diagnósticas para o seu caso, desde funcionais, dieta ou inflamatórias.

  249. 249 Marcia Arantes
    01.11.2010 às 20:31

    Dr Fernando já mandei recado e o senhor não me respondeu. Sou positiva a bactéria h. pylori comecei a tomar pyloripac e me senti muito mal, tonturas, diarréias, náuseas e fraqueza. Na cartela vem 4 comprimidos de manhã e 4 a noite. Gostaria de saber se posso tomar os dois primeiros mas apenas um dos antibiótico amoxicilina de 500mg, pois os dois me faz muito mal. Me ajude por favor hj estou no 4 dia de tratamento. Abraços Márcia

  250. 250 Dr. Fernando Valério
    01.11.2010 às 23:36

    Marcia Arantes, acredito que não recebi o seu comentário, visto que me dedico a responder a todos o comentários que foram enviado, mostrando imenso respeito por aqueles que leêm os meus artigos e que gastam o seu tempo escrevendo para mim. O número gigantesco de respostas deixadas por mim neste blog comprovam o que estou lhe escrevendo.
    Quanto à sua dúvida, entendo a sua dificuldade com o tratamento, mas por razões éticas não posso orientar você quanto ao uso de medicamentos que foram prescritos por outro profissional. Espero que você entenda.

  251. 251 Marcia Arantes
    02.11.2010 às 08:22

    Desculpe-me Dr Fernando, talvez eu enviei e o recado não não chegou ou eu enviei errado. Entendo sua ética profissinal. Sou professora e sei como são essas coisas. Minha dúvida é qto aquantidade de remédios, hj por ex acordei mais fraca ainda e isto pq ontem a noite não tomei os dois amoxicilina, tomei apenas um. Devido o feriado foi impossívelfalar com meu médico. Será que atrapalhei o tratamento? Será que minha bactéria não será erradicada? Se não for erradicada terei que tomar o coquetel novamente? Estou me sentindo muito mal. Obrigada Dr Fernando pela atenção e ajuda. Abraços Márcia

  252. 252 Aline
    02.11.2010 às 11:35

    Dr. Fernando tudo bem?
    Gostaria que o senhor me esclarecesse uma dúvida.
    Eu estou fazendo o tratamento para eliminar o H Pylori, só não olhei a forma correta de tomar os remédios após os 7 dias das 8 cápsulas por dia. Estou tomando todos os dias o omeprazol porém mais à noite. Isso pode influenciar no meu tratamento mesmo não esquecendo de tomar os remédios nenhum dos dias?
    Obrigada e aguardo a sua resposta

  253. 253 Dr. Fernando Valério
    02.11.2010 às 13:16

    Marcia Arantes, o esquema proposto regularmente se chama tríplice, ou seja, dois antibióticos e uma medicação que diminui a acidez gástrica. Se você não tomou um dos antibióticos, com certeza o tratamento foi comprometido e tem menos chance de ter sido eficiente.

  254. 254 Marcia Arantes
    02.11.2010 às 20:21

    Obrigada Dr Fernando pela ajuda. Não sei como continuar o tratamento, tive dois desmaios hj e estou muito magra.Deixo aqui meu abraço. Márcia

  255. 255 Dr. Fernando Valério
    02.11.2010 às 22:29

    Aline, os remédios da família do omeprazol devem ser tomados preferencialmente em jejum. De qualquer forma, o mais relevante no tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori é fazer o uso correto dos antibióticos. Após o término do tratamento, você provavelmente realizará uma endoscopia para se certificar do sucesso da terapêutica prescrita, obviamente sob orientação do seu médico.

  256. 256 Cibele
    03.11.2010 às 02:02

    Prezado Dr Fernado

    Vou começar o tratamento para erradicação do H.Pilory,
    devo continuar tomando os medicamentos que são domperidona e lanzoprazol ou há necessidade de suspendê-los, tendo em vista que sofro de refluxo?

    obrigada

  257. 257 Dr. Fernando Valério
    03.11.2010 às 08:53

    Cibele, agradeço o seu comentário, mas por razões éticas não posso lhe orientar sobre o uso ou não de medicamentos, principalmente porque foram prescritos por outro profissional. Entre em contato com o seu médico para tirar estas dúvidas.

  258. 258 lia
    03.11.2010 às 21:54

    Olá, fiu diagnosticada com a bacteria H.PYLORI, estou fazendo o tratamento com omepramix, mas no 6 dia do tratamento notei que gasese= intestinais aumentaram bastante, isto é normal?

  259. 259 Dr. Fernando Valério
    03.11.2010 às 23:11

    Lia, o tratamento para erradicação do Helicobacter pylori é realmente rico em efeitos colaterais, inclusive os gases gástricos e intestinais. De qualquer forma, tente completar o tratamento.

  260. 260 Marciely
    04.11.2010 às 19:47

    DR. Fernando.
    Fiz uma endoscopia e foi constatado que em meu estomago possui a bacteria h-pylori.
    Meu medico me recomendou o pyloripac.
    Acabou o tratamneto de 7 dias que eu tava tomando 4 comprimidos de manha e a noite.
    Como tomo os outros 28 comprimidos de lansoprazol.
    1 por dia em jejum de manha?

  261. 261 Dr. Fernando Valério
    04.11.2010 às 22:43

    Marciely, gostaria muito de ajudá-la, mas por razões éticas não tenho como orientar medicamentos ou posologias através deste espaço.

  262. 262 Barbara
    04.11.2010 às 23:59

    Primeiramente, gostaria de parabeniza-lo pelo blog, realmente esclarece muitas duvidas.
    Dr.Fernando, meu pai se encontra internado em uma unidade intensiva, e o diagnostico que deram foi que constataram 3 ulceras gastricas, e ele vomitou e defecou muito sangue a ponto de ja ter recebido 6 bolsas de sangue, Ele tem diabetes e tbm renal cronico, estao querendo operar, pois a ulcera nao para de sangrar e ele esta muito fraco, Estou muito preocupada pois sei q o risco para ele e muito maior.Fico grata no q o senhor puder me esclarecer.

    ATT Barbara

  263. 263 Dr. Fernando Valério
    06.11.2010 às 00:38

    Barbara, se o sangramento digestivo não foi controlado com medidas endoscópicas ou clínicas, e ele continua sangrando, a cirurgia se torna inevitável, mesmo com condições clínicas não ideais.

  264. 264 Marcia Arantes
    06.11.2010 às 08:16

    Dr Fernando me disseram que chá de espinheira santa é muito bem para gastrite e funcionamento digestivos o sr acredita que pode ser bom mesmo? Obrigada

  265. 265 Dr. Fernando Valério
    06.11.2010 às 08:19

    Marcia Arantes, não tenho conhecimento sobre este tipo de medicamento (em estudos científicos) para o tratamento da gastrite, e por isso não posso opinar sobre o assunto.

  266. 266 Evelina
    07.11.2010 às 23:47

    Dr. Fernando,
    Minha irma operou a hernia de hiato há cerca de um ano, e passou a ter dores nas costas .Existe alguma relação entre estas dores, pois ela diz ter tido uma dor forte depois que passou a anestesia geral.( foi por video a cirurgia.)
    Ela tinha h pilore antes da cirurgia, fez o tratamento com sucesso mas agora ela voltou.

    Muito grata
    Evelina

  267. 267 eduarda
    08.11.2010 às 10:01

    Olá dr. fernando termino hj o meu tratamento para a h. pylori que foi a triplice, sendo q senti mts reações como: vômito, naúseas frequentes e perca de apetite tendo emagrecido, gostaria de saber se tais reações terminam junto com o tratamento ou se elas continuam por um tempo depois do término, ainda vou continuar tomando o omeprazol para a gastrite ele pode dá reações tb?

    Desde já obrigado!!

  268. 268 Dr. Fernando Valério
    08.11.2010 às 11:01

    Evelina, a princípio não há relação entre a dor e a cirurgia realizada. De qualquer forma, é interessante ser avaliada pelo cirurgião que realizou o procedimento. Quanto ao Helicobacter pylori, provavelmente você não conseguiu erradicar a infecção por completo no primeiro tratamento.

  269. 269 Dr. Fernando Valério
    08.11.2010 às 11:06

    Eduarda, em geral os sintomas diminuem e a seguir desaparecem com o fim do tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori.

  270. 270 ANA MARIA QUINTAES
    08.11.2010 às 23:58

    Dr.Fernando , boa noite, em primeiro lugar quero parabeniza-lo pelo seu trabalho, que com certeza está sendo de grande valia através dessa ferramenta , em orientar e em dirimir duvidas, que muitas das vezes traz o consolo dos que precisam.
    Eu me chamo Ana Maria, eu já algum tempo que tenho dores no estomago, tinha a H.pilori, mas graças a DEUS , desde janeiro de 2010 ,tomei o medicamento , e já fiz por duas vezes a endoscopia essa bacteria deu ngativo.
    Mas na que fiz agora no mes de setembro /2010
    A conclusao da endoscopia de HERNIA HIATAL POR DESLIZAMENTO DE 2,00CM.
    GASTRITE ENDOSCOPICA ENANTEMATOSA ANTRAL LEVE.

    NA BIOPSIA..O EXAME MICROSCOPICO REVELA HIPERPLASIA FOVEOLAR E DO EPITELIO SUPERFICIAL,INFILTRADO INFLAMATORIO MONONUCLEAR LEVE,CONGESTAO VASCULAR, FOCOS HEMORRAGICOS RECENTES E EDEMA NA LAMINA PROPRIA.CONCLUSAO..GASTRITE CRONICA LEVE SEM ATIVIDADE E SEM ATROFIA..SEM MALIGNIDADE.
    NA ULTRA ABDOMINAL , SOMENTE DEU UM ALETRAÇÃO QUE NUNCA HAVIA DADO ,FOI NO PANCREAS COM VOLUME NORMAL,APRESENTANDO AUMENTO DA ECOGENICIDADE PARENQUIMATOSA POR SUBSTITUIÇÃO GORDUROSA .
    e PARA VARIAR TEM O SINTOMA DO REFLUXO , PARECE QUE TENHO UMA BOLA DE GUDE NA GARGANTA,MAS NUNCA FIZ NENHUM EXAME PARA VER ESSA SITUAÇÃO.
    O QUE TEM A ME DIZER COM RELAÇÃO A ESSE HISTORICO?
    DESDE JÁ AGRADEÇO A SUA CORDIALIDADE .
    ABÇS FRATERNOS
    08.11.2010
    ANA MARIA QUINTAES
    gastri

  271. 271 Dr. Fernando Valério
    09.11.2010 às 09:08

    Ana Maria Quintaes, em relação a sua gastrite, ela não se encontra em atividade, o que pode deixá-la tranquila. Além disso, você apresenta um quadro de hérnia de hiato, e que favorece a presença de refluxo gastroesofágico. Este refluxo é inicialmente tratado com medicamentos. Quanto ao pâncreas, a tomografia é um exame mais sensível para avaliar este órgão, e se necessário, o seu médico irá recomendar este exame.

  272. 272 Priscila
    09.11.2010 às 19:00

    Dr Fernando, estou com gastrite e deu positivo para H. pylori e comecei o tratamento com pyloripac, 4 remédios de manhã e 4 a noite por 7 dias. O problema é que esse medicamento me fez muito mal, causando até infecção urinária e muito corrimento. Não consegui terminar o tratamento faltando 3 dias para o fim, pois sempre que tomava, sentia muita vontade de vomitar (isso quando não tomava e vomitava todos os remédios). Sentia muita tremedeira, inchaço na região abdominal, muita dor, falta de apetite, naúseas acompanhadas de vômitos e até mesmo falta de ar (tenho problema cardíaco e tomo remédio para o coração, mas parei quando comecei a tomar esses antibióticos, pois não descia mais nada além deles). Lembrando que tabém possuo litíase biliar. Gostaria de saber se existe algum tratamento alternativo, talvez com um tempo maior, porém menos agressivo, pois quero muito melhorar e estou sofrendo muito, mas não consigo mais tomar esses remédios?
    Tenho 25 anos e continuo sentindo todos os sintomas referidos.
    Agradeço muito a sua atenção e a sua ótima matéria!

  273. 273 Dr. Fernando Valério
    09.11.2010 às 23:22

    Priscila, os medicamentos em geral causam tais distúrbios. De qualquer forma, você deve discutir com o seu médico sobre um esquema de antibióticos que possam ser menos agressivos a você.

  274. 274 Ivanilson
    10.11.2010 às 09:33

    Fiz exames e foi constatada a bactéria H Pylori, já fiz tratamento e nada. Não sinto dores, porém me incomoda bastante a ânsia de vômito.
    Será que posso fazer outros exames que possam detectar mais precisamente o que causa esse sintoma.

    Grato.

  275. 275 Dr. Fernando Valério
    10.11.2010 às 16:00

    Ivanilson, o seu médico deverá avaliar se é necessário algum exame para conferir a eficácia do tratamento, e se há a necessidade de se pesquisar outras doenças que possam causar os seus sintomas.

  276. 276 lia
    10.11.2010 às 20:03

    Dr. Fernando , fiz o tratamento com o omepramix por 7 dias e agora estou tomado o omeprazol por 28 dias, só que tenho que tomar pela manhã em jejum, depois de quantos minutos, posso me alimentar sem alterar a composição do remédio.

  277. 277 Dr. Fernando Valério
    10.11.2010 às 20:51

    Lia, faça a ingestão dos remédios quando acordar. Após isto, faça atividades matinais comuns, como se trocar, por exemplo. Após as atividades, já será possível tomar o seu café da manhã.

  278. 278 cátia silva
    11.11.2010 às 09:54

    Dr. Fernando,a meses acompanho suas respostas que são maravilhosas.Parabéns!em agosto fiz uma endoscopia com biópsia que resultou em:gastrite enantematosa de antro,moderada e bulbite péptica;fiz uso durante duas semanas do medicamento erradic.Senti melhora significativa.Só este ano pude fazer outra endoscopia que resultou em gastrite crônica com atividade leve.Foco de hiperplasia foveolar e h.pylori continua positivo porém em pequena quantidade. minha consulta está marcada mas, só para o ano que vem por este motivo peço sua opnião sobre os resultados obtidos.Obrigada e que Deus o abençoe sempre por sua paciência e bondade.

  279. 279 Igor
    11.11.2010 às 14:49

    A quatro meses venho tratando uma esofagite grau los angeles A com H.pylori positivo, esta foi cauda por um anti-inflamatório (meloxicam), eu tenho DRGE diagnostica por exame de phmetria, é possivel curar esta esofagite?

  280. 280 Dr. Fernando Valério
    11.11.2010 às 19:04

    Cátia Silva, a sua endoscopia mostra que a gastrite ainda está presente e que pode estar relacionada à infecção pelo Helicobacter pylori. Por isso, é interessante que você procure fazer novo tratamento, como novo esquema terapêutico.

  281. 281 Dr. Fernando Valério
    11.11.2010 às 19:10

    Igor, esta esofagite é leve e pode ser tratada com medicamentos e dieta adequada. Se você estiver acima do peso, perdê-lo seria muito útil. Também é interessante ter uma dieta fracionada e não comer com menos de duas do momento de se deitar.

  282. 282 Raphael
    12.11.2010 às 16:09

    Dr Fernando, sempre que faço a ingestão de alimentos à noite, passo mal de madrugada, se eu não ingerir nada consigo dormir bem, tenho queimação no estômago, não tenho dor, tenho uma sensação difícil de explicar do lado esquerdo do abdomen tipo um peso mas não é dor, muitos arrotos, o médico fez a palpação do meu abdômen e me receitou Omepramix durante 1 semana. A meses qdo fazia musculação tomava hipercalórico e creatina,hoje desempregado estou só em casa,sou muito ansioso, meu problema pode estar relacionado a isso, obrigado!

  283. 283 Junior
    12.11.2010 às 21:40

    Dr Fernando, no exame que fiz deu o seguinte laudo:
    Esôfago: a junção epitelial esôfago gástrica posiciona-se ao nível do pinçamento diafragmático.

    Estômago: antro apresentando enantema reticular difuso.
    Incisura angularis anatômica

    Biópsias: sim de antro para pesquisa de H.Pylori: POSITIVA
    Conclusão:
    1-Gastrite endoscópica enantematosa de antro, moderada.

    me explique melhor por favor, o que quer dizer.

  284. 284 Leane Oliveira
    13.11.2010 às 10:06

    Olá Dr. Fernando!
    Tenho H. Pylori, o médico indicou o Omepramix mas, eu estou com medo das reações e ainda não tomei. Agora Dr.PELO AMOR DE DEUS, diga-me quais frutas eu posso comer e fazer suco, porque muitos dizem que goiaba, maçã, ameixa, pêra, pêssego, morango…nenhuma dessas pode, então qual eu posso?
    Mais uma vez obrigada e parabéns.

  285. 285 Dr. Fernando Valério
    13.11.2010 às 12:56

    Raphael, quadros emocionais podem causar sintomas digestivos. Este quadro pode ser controlado inicialmente com atividades físicas e boa dieta.

  286. 286 Monica
    13.11.2010 às 20:40

    Boa Noite, fiz um teste de tolerância a lacotse com administração d 2,5 g/kg:
    Glicose basal 82 mg/dl
    Glicose 30 minutos 81 mg/dl
    Glicose 60 minutos 85 mg/dl
    Consultei a médica mas ela informou que não tenho tolerâcia a lactose, mas noto que quando faço a ingestão de alguns alimentos a base de leite sinto dores abdominais.

  287. 287 Raphael
    13.11.2010 às 22:33

    Dr. Fernando, meu médico me receitou o omepramix apenas apalpando meu abdômen e pelos sintomas que descrevi anteriormente, tem algum problema de eu tomar o medicamento como tratamento sintomatico, ja que dizem que mais de 50% da população tem a Pilori, mesmo sem na realidade eu ter feito endoscopia? tenho muito medo porque vi notícias sobre a bactéria super-resistente KPC. Esse medicamento pode formar uma KPC? Obrigado!

  288. 288 Dr. Fernando Valério
    14.11.2010 às 08:07

    Junior, o seu exame mostra que você tem uma inflamação da mucosa do estômago de intensidade moderada. Este quadro é tratado com medicamentos e dieta.

  289. 289 Dr. Fernando Valério
    14.11.2010 às 08:15

    Leane, no período do tratament utilize na sua dieta frutas mais simples como mamão, pêra, maçã, melão. Evite as frutas ácidas.

  290. 290 Dr. Fernando Valério
    14.11.2010 às 08:19

    Monica, pelo seu exame provavelmente você tenha intolerância a lactose, e por isso os sintomas aparecem com a ingestão de leites e derivados.

  291. 291 Dr. Fernando Valério
    14.11.2010 às 08:28

    Raphael, por razões éticas não tenho como comentar para você se no seu caso seria interessante realizar ou não a pesquisa da bactéria ou endoscopia digestiva alta. Como o seu médico não realizou a pesquisa, eu acredito que ele não viu motivos para isto.

  292. 292 Raphael
    14.11.2010 às 13:16

    Dr Fernando, sou médico veterinário e entendo que por razão ética o doutor não queira responder minha pergunta. Só queria tirar uma dúvida minha sobre a bactéria super-resistente (KPC)que é, se esses medicamentos contra a heritobacter pilori, seja após endoscopia ou não, podem vir a criar uma KPC ou isso não tem nada a ver? O fato de eu ter rinite alérgica influi sobre a realização do tratamento contra a pilori? Desde ja eu agradeço e o cumprimento por ter criado esse blog para que as pessoas tirem suas dúvidas, obrigado!

  293. 293 Dr. Fernando Valério
    14.11.2010 às 20:52

    Raphael, a princípio a bactéria Helicobacter pylori não tem qualquer relação com esta nova bactéria descrita. Além disso, a rinite alérgica não impede a realização do tratamento.

  294. 294 Júnior
    15.11.2010 às 10:41

    Dr Fernando, tenho um peso na boca do estômago, gazes que sobem e me fazem arrotar muito, às vezes sinto queimação no estômago, antes de dormir não posso comer senão passo mal a noite e acordo com aquela sensação de podre na boca, acredito que seja gastrite, gostaria de saber se o tratamento contra gastrite é o mesmo para a bactéria pilori, qual a relação dos 2, e também, se eu posso tomar vermífugos tendo gastrite ou não tem problema?

  295. 295 RJúnior
    15.11.2010 às 10:59

    Dr.Fernando, gostaria de saber se é verdade o que alguns sites na internet falam de que o tratamento contra a Plilori, ou seja, sua extirpação pode aumentar o problemas de refluxo para as pessoas que sofrem deste mau?

  296. 296 PAULO BOMFIM
    15.11.2010 às 13:36

    Boa tarde doutor Fernando,

    Fiz um exame e constatou pangastrite, gostaria de saber se ao fazer exercício físico, como por exemplo, abdominal, pode prejudicar ainda mais a situação?

  297. 297 Raphael
    15.11.2010 às 18:24

    Dr Fernando, gostaria de esclarecer mais uma coisa sobre o meu problema gástrico, eu sou recém formado em medicina veterinária e me lembro que sempre antes das provas qdo ficava muito ansioso e nervoso eu tinha diarréia, isso pode ser considerado um forte indício de que talvez o meu problema não seja ocasionado pela Heritobacter Pilori e sim por uma dispepsia funcional?

  298. 298 Dr. Fernando Valério
    15.11.2010 às 23:35

    Junior, o tratamento da gastrite e da infecção pelo Helicobacter pylori se diferenciam da necessidade do uso de antibióticos neste último.
    Quanto ao refluxo, ao contrário do que se pensava há alguns anos, o tratamento para a erradicação do Helicobacter pylori não piora o quadro de refluxo gastroesofágico.

  299. 299 Dr. Fernando Valério
    15.11.2010 às 23:44

    Paulo Bonfim, a prática de atividades físicas não piora o quadro de gastrite.

  300. 300 Dr. Fernando Valério
    15.11.2010 às 23:54

    Raphael, problemas emocionais relacionados com a alteração do ritmo intestinal é mais comumente encontrado nas alterações funcionais, como a Síndrome do Intestino Irritável.

  301. 301 Andreia
    16.11.2010 às 10:19

    Dr, o que fazer qd se trata o h pilory por tres vezes e toda vez que repete o exame ela continua la.
    Grato

  302. 302 Dr. Fernando Valério
    16.11.2010 às 20:02

    Andreia, o que se deve fazer é buscar um laboratório que faça cultura e antibiograma do tipo de Helicobacter pylori que a infectou. Assim, um antibiograma pode ser realizado e um tratamento mais específico realizado.

  303. 303 Liliane Ferreira
    17.11.2010 às 12:55

    eu tenho a bactéria e quero fazer redução de estomago tem alguma restrinção Dr.

  304. 304 Dr. Fernando Valério
    17.11.2010 às 13:34

    Liliane Ferreira, os estudos mais atuais recomendam que a bactéria seja eliminada antes da realização do procedimento cirúrgico.

  305. 305 CLAUDIMAR
    17.11.2010 às 17:43

    BOA TARDE

    ESTOU TOMANDO O MEDICAMENTO TEM 7 DIAS E ACABOU OS ANTIBIÓTICOS E AGORA VOU TOMAR AQUE COMPRIMIDOS OS 28 E VOU COMEÇAR AMANHÃ, GOSTARIA DE SABER SE POSSO TOMAR BEBIDA ALCOLICA NO SÁBADO? AGUARDO

  306. 306 Genilda
    17.11.2010 às 19:28

    Dr. Fernando, É verdade que a hemoterapia pode ser usada como um tratamento alternativo para gastrite causada pela Heritobacter Pilori?

  307. 307 Dr. Fernando Valério
    17.11.2010 às 22:29

    Claudimar, eu costumo dizer que bebidas alcoólicas não são nutrientes, e por isso não há justificativa para prejudicar um tratamento com o seu consumo.

  308. 308 Dr. Fernando Valério
    17.11.2010 às 22:31

    Genilda, não reconheço a hemoterapia como uma prática para o tratamento dos processos inflamatórios do estômago, como a gastrite, ou como antibioticoterapia, como no caso da infecção pelo Helicobacter pylori.

  309. 309 Tabata
    19.11.2010 às 18:40

    Doutor, eu fiz endoscopia com biópsia.
    E no resultado apareceram, 2 fragmentos irregulares de tecido com 0,5×04 cm em conjunto. Finamente granulosa, de cor pardacenta. O que isso significa ?

  310. 310 elisete maria campagnola
    19.11.2010 às 18:51

    boa tarde doutor fiz endoscopia e o diagnostico foi gastrite cronica superficial discreta associada a pequena quantidade de helicobater pylori a medica que me consultou disse que eu nâo tinha nada e nâo deu remedio nenhum reclamei dos sintomas :dores no estomago parece que estou com muita fome e ronca muito tenho azia de vez em quando e tenho dor de barriga quase todo dia principalmente de manha vou fazer exame de fezes e ecografia abdominal eu devo procurar outro medico com esse diagnostico para tomar medicamentos ou realmente nâo vou precisar

  311. 311 Dr. Fernando Valério
    20.11.2010 às 08:05

    Tabata, este é o aspecto macroscópico da biópsia realizada. No entanto, o que interessa é o resultado microscópico dela, que mostrará o significado deste aspecto.

  312. 312 Dr. Fernando Valério
    20.11.2010 às 08:07

    Elisete Maria, algumas lesões gástricas não são causadas por Helicobacter pylori, e por isso mesmo que ela esteja presente, o tratamento não é obrigatório. Quanto a opção de ouvir nova opinião médica, ela é exclusivamente sua.

  313. 313 Roberto Luciano
    23.11.2010 às 17:06

    Olá Dr.Fernando

    Eu ando com muito tose ,pensei que fosse gripe.mais não descobri,que era do meu refluxo.Fiz a Endoscopia digestiva Alta.
    Resultado da Endoscopia.

    Esofago:
    Calibre e distensibilidade preservada.Mucosa do terço distal apresenta enantema difuso de leve intensidade.Transição esôfago-gástrica coincidindo com o pinçamento diafragmático.

    Estômago:
    Em boas condições para exame.Volume,forma e expansibilidade preservada.Lago mucoso claro e de volume habitual.Cádia e fundo normais a retrovisão.O corpo encontra-se com pregueado sistematizado e com enantema petequial difuso acentuado.Incisura angulares integra.Antro com enantema difuso acentuado.Realizadas biópsias do antro para pesquisa do H.pylori.Piloro pérvio e centrado.

    Duodemo :Bulbo distensivel com mucosa normal até a 2a.porção.

    Conclusão: Esofagite enantema tosa de leve intensidade pangastrite enantematosa acentuada.
    Teste da Urease : Negativo

    Dr.Fernando ,o senhor pode traduzir isso prá mim ?

    Eu já ando tomando o remedio pantoprazol 40mg.Mais não esta me ajudando mais ??

    Minha volta pro medico vai demorar 10 dias..Será que o senhor possa me recomenda um remedio para alivia essa dor ??Até eu voltar ao médico ??

    Desde já agradeço ..Muito Obrigado

    Att.Roberto Luciano

  314. 314 Diz
    23.11.2010 às 20:16

    Boa naoite Doutor!

    Doutor fiz a erradicação da bacteria, pois tinha uma gastrite moderada com eroções associada à presença da mesma, depois fiz outra endoscopia e constatou gastrite modera e cardite. visto isto, o médico receitou um receitou um remedio (domperidona) e outro de nome prazy, passados 2 meses e eu ainda tenho mais erucções, o que será isso?

    obrigado

  315. 315 Dr. Fernando Valério
    23.11.2010 às 23:11

    Roberto Luciano, você apresenta uma inflamação do esôfago (esofagite) causada pelo refluxo. Além disso, tem uma inflamação da mucosa de todo o estômago (pangastrite). Quanto a medicamentos, por razões éticas não posso indicar remédios neste espaço.

  316. 316 Dr. Fernando Valério
    23.11.2010 às 23:30

    Diz, no seu caso o tratamento pode não estar fazendo o efeito esperado ou o seu quadro pode ser decorrente de outra alteração que não a tratada até o momento.

  317. 317 milenna
    24.11.2010 às 20:17

    Dr. Fernando Valério

    irei começar a tomar o medicamento pyloritrat.perguntei o farmacêutico a forma correta de tomar,ele me disse que eu deveria tomar os4 pela manha de uma vez e os outros 4 a noite de uma vez.esta correto?

  318. 318 Dr. Fernando Valério
    25.11.2010 às 08:01

    Milenna, para não correr o risco de estimular a automedicação, eu nunca comento sobre posologias medicamentosas neste espaço. Espero que você entenda.

  319. 319 Roberto Luciano
    26.11.2010 às 17:07

    Olá Doutor.

    Eu gosto de comer comidas variadas e Frutas ,como maça ameixa entre outras..tomar muitos sucos,tipo maracujá,uva,caju,abacaxi entre outros.
    O Senhor pode me falar quais comidas ,sucos e frutas que eu posso comer sem aumentar a minha inflamação ???Tenho muito duvidas sobre essas comidas e sucos e frutas ???

    Mais uma vez muito Obrigado Dr.Fernando Valério.

    Att.Roberto Luciano

  320. 320 Tatiane
    26.11.2010 às 18:52

    Boa tarde,Dr Fernando.
    estou tomando pyloricpac ibp,pois fiz uma endoscopia e foi diagnosticado gastrite e h pylori.gostaria de saber se é normal ter fezes pastosas com o uso do medicamento?
    obs:as fezes foram verde,tipo de bebe.
    Aguardo retorno.
    Desde já,Agradeço.

  321. 321 Dr. Fernando Valério
    26.11.2010 às 23:19

    Roberto Luciano, você está liberado para ingerir quaisquer tipos de legumes e verduras. Quanto as frutas, evite apenas as mais ácidas.

  322. 322 Dr. Fernando Valério
    26.11.2010 às 23:23

    Tatiane, os antibióticos usados no tratamento para a infecção pelo Helicobacter pylori podem ser os causadores da sua alteração intestinal.

  323. 323 VALMIR
    29.11.2010 às 15:10

    BOA TARDE! DR FERNANDO.

    FIZ ENDOSCOPIA, E O RESULTADO FOI:
    -HERNIA HIATAL-

    ACONTECE QUE NA ENDOSCOPIA NÃO FOI FEITO BIOPSIA PARA SABER SE TENHO A BACTÉRIA H. PILORI.

    -PARA SABER SE POSSUO A BACTERIA, TENHO QUE REFAZER A ENDOSCOPIA???

    AS VEZES (PRINCIPALMENTE QUANDO NÃO TOMO OMEPRAZOL, POR APENAS 12 HORAS) SINTO UM ESTUFAMENTO QUE PARECE QUE O ABDOMEM VAI ESTOURAR!

    -O QUE SERÁ ESTE SINTOMA QUE PENDURA POR ANOS???

    AGRADEÇO DESDE JÁ A RESPOSTA.

  324. 324 Dr. Fernando Valério
    29.11.2010 às 16:24

    Valmir, a maneira mais comum de se estabelecer o diagnóstico de infecção por Helicobacter pylori é a endoscopia. Quanto ao seu caso, existem alterações inflamatórias e funcionais que causam os sintomas. O seu médico deverá determinar um diagnóstico e instituir um tratamento.

  325. 325 VALMIR
    30.11.2010 às 14:22

    OBRIGADO DR. FERNANDO, POR RESPONDER TÃO RAPIDAMENTE!

    QUANTO A ENDOSCOPIA, QUE O SENHOR CITOU,(SOMENTE A ENDOSCOPIA SEM A BIOPSIA)PODERÀ DETECTAR A BACTÈRIA H. PYLORI?

  326. 326 Dr. Fernando Valério
    30.11.2010 às 15:40

    Valmir, existem outros testes para a pesquisa de Helicobacter pylori, como o teste respiratório e a pesquisa nas fezes. No entanto, os convênios médicos costumam autorizar apenas a pequisa da bactéria através de endoscopia digestiva alta com biópsia.

  327. 327 claudio
    01.12.2010 às 13:57

    Dr.Fernando boa tarde!
    Esotu com gastrite cronica intensiva + HP,porem não sinto nada,fui fazeruo tro exame e pedi para fazer uma indoscopia por minha conta e deu isso mencionado acima.
    Fui ao gastro,e ele passou Pantoprazol 90 comp.um por dia,depois mandou parar,quando a biopsia chegou,passou pylori pac,4 pela manhã e 4 pela noite,comecei ontem 30-11.
    Recomendação: Sempre o primeiro pantoprazol,30 minutos antes da refeição e os outros,após 30 minutos da refeição,sobre alimentação(bebo bastate agua,suco,comida sem gordura e chá de espinheira santa.
    Isso é bom ou Ruim.

  328. 328 claudio
    01.12.2010 às 14:03

    Dr.Fernando,
    complentado tb tenho dendencia para ser diabetico,esses remedios pode afetar minha gliecmia.
    Sds

  329. 329 Dr. Fernando Valério
    01.12.2010 às 14:46

    Claudio, o tratamento para infecção pelo Helicobacter pylori não causa riscos à sua alteração de açúcar. Além disso, o mais importante neste tratamento é seguir o uso dos medicamentos de forma adequada até o fim do tratamento.

  330. 330 Tereza
    01.12.2010 às 23:39

    Dr. Boa noite,

    Meu esposo no ano de 2002 fez laparoscopia hernia de hiato pois o mesmo estava com esofago de barret.

    De la para cá tem feito acompanhamento médico, fez uns dias atrás uma endoscopia no qual o resultado foi o seguinte:
    Esofagite Leve,
    Bulboduodenite leve,Gastrite moderada e Teste HP Positivo.

    O Sr. poderia me orientar se este diagnóstico e sério.
    Grata.
    Tereza.

  331. 331 Dr. Fernando Valério
    02.12.2010 às 06:51

    Tereza, o seu marido apresenta uma inflamação leve do esôfago, mas sem Barrett. Além disso, apresenta uma inflamação na mucosa de duodeno e estômago, que podem estar associados a infecção por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. O caso não é sério, mas necessitará de tratamento medicamentoso.

  332. 332 José Luis
    05.12.2010 às 09:14

    Boas Doutor.
    Sou de Portugal, tenho 39 anos, 1m85 e 95 Kg e depois de alguma pesquisa e muita leitura do seu site decidi fazer-lhe umas perguntas, espero que não se importe e desde já o meu obrigado.
    Desde 2006 que tenho tido algumas dores na parte alta do estomago, desde então já fiz 5 endoscopias.
    À cerca de 1 ano e meio tive queixas muito fortes na região do estomago, e depois de análises e endoscopia mostrou que tinha a bacteria Pylori. Fiz tratamento, melhorei e desde essa altura que tomo Nexium 40 mg e tenho-me sentido melhor.
    Em Novembro de 2009 tornei a fazer endócopia com biopsia e mostrava que a bacteria tinha “morrido”.
    Tenho andado bem desde esa altura, mas de á dois meses para cá tenho tido muitas queixas novamente, dores, desconforto abdominal desde a boca do estomago até por vezes ao umbigo. continuo a tomar o nexium mas as melhorias já não são tão visiveis e a ultima Endóscopia que fiz foi no dia 17 de novembro de 2010 e o exame diz o seguinte:
    Esofago- sem lesões da mucosa. Junção esofago-gástrica coincidente com pregas diafragmáticas. Cárdia fechado mas permeavel.
    Estomago- cavidade ampla e distensivel, sem lesões do fornix ou corpo.
    Mucosa da incisura e antro de aspecto congestivo e mosqueado com áreas dispersas de eritema, sem erosões. Piloro regular e permeavel.
    Duodeno- Bolbo e segunda porção do duodeno sem lesões
    Diagnóstico – Aspecto Endóscopico sugestivo de gastropatia não erosiva do antro
    Para além disso fiz duas ecografias abdominais a ultima em Dezembro de 2009 e mostrava o Figado tinha um hepatocitário adiposo de 16 mm e o baço uma formação nodular de 9 mm que pode ser um hemangioma mas que pode ser uma zona fibrotica pois fica nas imediações de um vaso, sendo que a 1ª ecografia abdominal, realizada seis meses antes mostrava o mesmo e com o mesmo tamanho.
    Bom , a verdade é que este mês de Novembro foi terrivel para mim, em termos de digestões, sempre indisposto e com dores inclusive na cama durante a noite, obrigando-me a dormir de lado e nunca de barriga para baixo.
    A verdade é que no mês de Outubro e durante o Verão aqui( julho e agosto)cometoi vários excessos de comida e bebida,acompanhada de tabaco, mas não fumo á três meses, não bebo á três meses e cada vez me sinto pior, inclusive na altura que estou a escrever isto venho de uma noite em que não dormi, cheio de dores abdominais que começaram depois de comer uma pera talvez ainda um pouco verde ontem da parte da tarde.
    Faço desporto todos os dias, jogging de 8 Km diários á mais de 7 anos e um pouco de musculação( minimo) e a verdade é que este último mês tenho-me sentido mesmo muito mal, pior ainda do que com os sintomas da bactéria á cerca de ano e meio.
    Doutor á bacteria pode voltar?
    O que o senhor acha deste quadro clinico e o que me aconselha.
    Peço imensa desculpa pelo post enorme.
    Um abraço para o Brasil e para si em particular.

  333. 333 Dr. Fernando Valério
    05.12.2010 às 22:52

    José Luis, como filho de um português tenho muito prazer em receber o seu comentário vindo de Portugal. Quanto ao seu caso, é claro que o achado da endoscopia não é compatível com os sintomas relatados por você. Além disso, os achados da ultrassonografia são muito inespecíficos. Sendo assim, não acredito que a bactéria Helicobacter pylori seja a causa dos problemas. Por isso, é recomendável que você faça uma avaliação intestinal mais aprimorada, como uma endoscopia do intestino (colonoscopia). Caso o exame se mostre normal, provavelmente você apresenta uma alteração funcional do trato digestivo, o que seria suficiente para gerar os sintomas citados por você. Para saber mais sobre estas alterações, acesse o link http://www.drfernandovalerio.com.br/sindrome_intestino.htm

  334. 334 José Luis
    06.12.2010 às 10:04

    Olá Doutor
    Obrigado pela sua resposta tão rápida.
    Esqueci-me de lhe dizer no post anterior que fiz uma colonoscopia em 10 de Outubro de 2006 e que estava tudo bem, sem problema nenhum e que não tenho considerado essa hipotese, de fazer nova colonoscopia porque julgo que tem uma validade de 5 anos, penso eu.
    Hoje, acabei de fazer uma nova ecografia abdominal, e o médico que me fez o exame, apesar de ainda não ter o relatório, disse-me que estava tudo bem, melhor ainda do que o exame realizado hà 1 ano atrás, pois o hepatocitário adiposo de 16 mm no figado desapareceu e disse-me que o exame não revelava nada.
    Mediante isto o que o sr. acha disto tudo.
    Um abraço para si e muito obrigado pela sua colaboração.

  335. 335 Dr. Fernando Valério
    06.12.2010 às 10:45

    Jose Luis, como os seus exames estão normais, é provável que você apresente alguma alteração funcional do trato digestivo.

  336. 336 Mara Cristina Sampaio
    06.12.2010 às 18:26

    Olá Dr Valério, meu nome é Mara e recentemente agora em novembro fiz uma endoscopia. Essa é quarta se não me engano.Sempre tive gastrite,esogagite e HP nada mais. Mas esse resultado de agora me deixou encucada.Eis ai o resultado da endoscopia.
    Esofago:normal
    Estomago:Mucosa gastrica antral,apresentando enantema difuso com erosões elevadas e desnudas.cardia :aspecto normal
    Piloro:normal
    Duodeno :normal
    Conclusão: GASTRITE EROSIVA ANTRAL
    Teste de urease:positivo

    BiópsiaGastrica

    Gastrite crônica com moderada atividade neutrofilica em mucosa antral, com metaplasia intestinal completa focal e hiperplasia foveolar regenerativa.
    Pesquisa de HP:positiva

    minha pergunta: O que significa esse diagnóstico?Porque antes nunca dava isso ?só gastrite mesmo e leve ainda.e o HP tb sempre deu pois nunca fiz tratamento para erradica-la. Desde ja agradeço a sua atenção.Um forte abraço

  337. 337 Dr. Fernando Valério
    06.12.2010 às 23:01

    Mara Cristina Sampaio, você apresenta uma infecção por Helicobacter pylori, que causou a gastrite e a alteração da mucosa (metaplasia intestinal). Desta forma, você deverá tratar a infecção e fazer acompanhamento com endoscopia.

  338. 338 José Neto
    07.12.2010 às 13:36

    Boa tarde Dr: Fiz uma Endoscópia digestiva alta foi constatado um pólipo ou seja o crescimento da mucosa de aproximadamente 1cm o Médico retirou na hora da endoscopia pergunto esses põlipos são benignos e quando retirados pode aparecer de novo e deu também gastrite moderada do Antro.

  339. 339 Dr. Fernando Valério
    07.12.2010 às 16:02

    José Neto, em geral os pólipos são benignos, mas é preciso que você aguarde o resultado da biópsia.

  340. 340 José Neto
    07.12.2010 às 18:26

    Dr:Fernando obrigado pela resposta assim que receber a biopsia entro em contato novamente com o senhor.

  341. 341 Marcia
    08.12.2010 às 16:49

    Dr Boa tarde.
    Acabei de tomar o medicamento pilorypac o qual me fez muito mal. Desde então tive um pequeno desmaio e agora já faz dias que me sinto muito fraca, pálida e com sensações de desmaios. O Sr acha que tem alguma coisa a ver com os medicamentos? Fiquei me alimentado muito mal durante os 35 dias de tratamento. Estou preocupada. Abraços Márcia

  342. 342 nilzete
    08.12.2010 às 18:04

    Dr Fernando,
    Olá, fiz uma biopsia no intestino , porém deu tudo certo, pólipo benigno, porém agora estou com h pilory, o médico me pediu para tomar piloripac IBP 280, mas estou tomando piloripac é o mesmo

  343. 343 nilzete
    08.12.2010 às 22:42

    corrigindo é pyloritrat

  344. 344 Fatima
    09.12.2010 às 08:54

    Bom dia!
    Dr Fernando, fiquei muito feliz em descobrir este meio de comunicação com ahguem tãi atencioso, Estou com
    GASTRITE CRONICA INATIVA, COM METAPLASIA INTESTINAL DO EPITELIO FOVEOLAR.
    Foi ao medico e ele com muita pressa não exolicou o que eu tinha, so mandou eu tomar omeprazol, e com 28 dias voltar lá. So que fiquei preocupada, queria que ele explicasse o que era isso. Meu pau morreu de cancce no estomogo, e eu sofri com ele. O minimo que eu esperava deste medico, era um pouco de atenção, isso ele desconhe.Por favor mim ajude.
    Att,
    Fátima

  345. 345 Dr. Fernando Valério
    09.12.2010 às 09:11

    Marcia, os remédios para o tratamento do Helicobacter pylori são forte e podem causar má digestão e dores abdominais. No entanto, o seu quadro reflete muito mais uma má alimentação no período do tratamento do que um efeito direto da medicação.

  346. 346 Dr. Fernando Valério
    09.12.2010 às 09:12

    Nilzete, agradeço o seu comentário, mas por razões éticas e para não incentivar a automedicação não faço considerações diretas sobre medicamentos.

  347. 347 Dr. Fernando Valério
    09.12.2010 às 09:26

    Fatima, em relação ao seu caso, você apresenta um quadro de gastrite crônica, e que evolui com alterações celulares como a metaplasia devido ao processo inflamatório contínuo. Primeiramente, você deve ter a certeza de que este processo inflamatório crônico não está ligado a uma infecção por Helicobacter pylori (bactéria). Caso a resposta seja negativa, mantenha o uso da medicação de forma contínua e realize endoscopias para controle. O histório familiar de câncer de estômago é muito relevante.

  348. 348 Marcelo Bastos
    09.12.2010 às 20:09

    Boa noite Dr., gostaria de dirimir algumas dúvidas. Estou sofrendo com alguns sintomas há algum tempo e achei que poderia ser verme, pois fiz exame de fezes e acusou entamoeba histolytica, fiz tratamento 5 dias com albendazol, depois 3 dias com annita e uma dose única de 2mg de pletil, refiz o exame e deu negativo. Melhorou alguns sintomas como a dor abdominal, por exemplo, mas continuo sentindo azia, alguns dias da semana com várias pequenas evacuações por dia com presença de muco, as vezes aparecem uma gosma como se fosse verme, gases, falta de apetite, fraqueza e muito mal estar e agora um sintoma novo que é a tontura. Fiz vários exames, incluindo hemograma completo, urina, perfil lipídico, TGP, TGO, ácido úrico, glicose, gama, hemoglobina glicada e deu tudo normal. Pergunto se ainda pode ser o verme mesmo depois desse batalhão de remédio e se não, o que poderia ser? Obrigado.

  349. 349 Dr. Fernando Valério
    11.12.2010 às 08:04

    Marcelo Bastos, pelo seu relato a parasitose já foi tratada. Desta forma, sugiro que você seja reavaliado pelo seu médico para entender as causas dos sintomas, que podem variar desde processos inflamatórios até alterações funcionais do trato digestivo.

  350. 350 Irene
    15.12.2010 às 09:42

    Bom dia, Dr. Fernando eu estou sentido uma dor de estomago constante e me da ânsia parece que tem algo parado na garganta, pois minha barriga esta muito inchada e resolvi passar no médico e o médico pediu o exame de endoscopia. No resultado a impressão diagnóstica mostra ÚLCERA BULBAR CICATRIZADA e a pesquisa H.Pylori pelo teste da ureáse foi positiva. Irei passar com esse mesmo médico na semana que vem gostaria de saber mais informações detalhadas sobre o resultado dessa endoscopia.
    Desde já agradeço antecipadamente.

  351. 351 Paulo
    15.12.2010 às 12:17

    Olá Doutor,

    Dr. fiz uma endoscopia alta e o resultado foi:

    1-ESÔFAGO: NORMAL.
    2-DUODENO: NORMAL.
    3-ESTÔMAGO: GASTRITE ENAMENTOSA MODERADA DE CORPO E ANTRO.
    4-GASTROTESTE NEGATIVO (AUSÊNCIA DE HECOBACTER PYLORI).

    Dr. o que reflete esse resultado? tenho que fazer dieta? obrigado!

  352. 352 Myriam Silva
    15.12.2010 às 13:51

    Boa tarde, acabei de descobri em um exame de endoscopia que tenho a bactéria h pilory, gostaria de saber quais as chances de isso se agravar para algo mais sério como câncer ou se fizer o tratamento isso será resolvido.

  353. 353 Dr. Fernando Valério
    15.12.2010 às 14:21

    Irene, 90% das úlceras pépticas são causadas por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. Por isso, você será submetida a tratamento medicamentoso com antibióticos e medicamentos que diminuam a acidez gástrica.

  354. 354 Dr. Fernando Valério
    15.12.2010 às 14:33

    Paulo, a sua endoscopia mostra a presença de gastrite, que é a inflamação da mucosa do estômago. É importante que você faça uma dieta e utilize medicamentos que diminuam a produção de ácido pelo seu estômago. O seu médico lhe fará estas orientações.

  355. 355 Dr. Fernando Valério
    15.12.2010 às 14:35

    Myriam Silva, algumas pessoas permacem assintomáticas por toda a vida, mesmo com a presença da infecção pelo Helicobacter pylori. Outras, evoluem para úlceras. Enquanto um terceiro grupo cursa com gastrite crônica, gastrite atrófica, atrofia do estômago, metaplasia, e câncer. O importante é observar se o seu estômago apresenta alguma lesão relacionada com a infecção pela bactéria.

  356. 356 roselia 15-12-2010
    15.12.2010 às 16:25

    ola dr. valerio estou muito preocupada fiz o exame endoscospio e deu positivo gastrite bacteriana antral erosiva leve estou tomando helicobacter pyloro. estou com muita totura e fraqueza e as vezes vontade de vômita a boca cheia de agua gosto ruim na minha boca eu ja tomei os primeiros menticamentos das 7 cartela agora estou tomando o lansoprazol estou sentio os memo sintoma que falei. sera que com esses medicamentos vão resolver esses problema tenhor um amigo que tiha essa mesma doença ai eliminou a bacteria nunma clinica com leise sera que e possivel ou so com os remédio resolve o poblema estu muito preocupada toda vez passo mau chego ir até hospital torma vitamina de tão mau que fico ficarei muito grata pela sua resposta dr. valério obrigada.

  357. 357 Amanda dos Santos
    16.12.2010 às 00:07

    Após ter feito uma endoscopia, a médica pediu uma biópsia pois meu estomago estava enflamado. No exame tinha isso:
    Material: Biópsias de corpo e antro e incisura angular
    Diag. Clinico: Gastrite hemorrágica

    Macroscopia: Cinco fragmentos irregulares e elasticos de tecido brancacento, medindo em média 0,3 x 0,2 x 0,1. 5F=TI
    Conclusão: Produto de ressecção endoscópica de mucosas fúndica e antral:
    Pangastite crônica discreta e inativa (quiescente).
    Pesquisa de H.pylori negativa pelo HE e GIEMSA.

    Tenho 17 anos, isso é grave ???

  358. 358 Rose Lima
    16.12.2010 às 15:00

    Olá Dr. Fernando, muito me interessou o seu artigo, gostei muito!
    Descobri há poucos dias que tenho a bactéria H. pylori.
    Estou iniciando o meu tratamento…
    Estou muito inquieta com tudo isso, e confesso que temo que esse problema avance…pois tenho grastite crônica. com a erradicação da H. pylori, a grastite crônica terá cura?

  359. 359 débora rosa
    16.12.2010 às 19:30

    DR. BOA NOITE! FUI AO MEDICO FIZ EXAMES E DESCOBRI Q ESTOU DIABETICA, COM UM POUCO DE COLESTEROL ALTO, MAS MEU MEDICO DISSE Q APRESENTO UMA BACTERIA Q ELE NÃO VIA A ANOS:ACINETOBACTER BAUMANNII?HAEMOLYTICUS NUMERO DE COLONIAS 100 000, DEU-ME TAMIRAM, TRES COMPRIMIDOS E ESTARIA CURADA, NEM PRECISO REPETIR EXAMES, FUI PESQUISAR E CONFESSO Q FIQUEI APAVORADA, AFINAL O QUE É ESTA BACTERIA, COMO EU CONTRAI ISSO,CORRO RISCOS?POR FAVOR ME ESCLAREÇA.GRATA

  360. 360 adriana pereira
    16.12.2010 às 19:34

    desde 2007 sofro com uma gastrite cronica, ja fiz tratamento para HPylori, mais acho que voltou, pois tenho terriveis crises de dor no estomago, fui ao clinico ele disse que não me daria um encaminhamento pro gastro pois o meu problema era de reeducação alimentar, como tenho muita dor de cabeça, ele passou um RX da face.

  361. 361 Wanice Chaves
    17.12.2010 às 00:35

    Doutor, preciso de sua ajuda.
    A alguns meses venho sentindo dores intensas na barriga com gases, perdendo peso, dores nas articulações, fraqueza, tonturas, e isso tudo apesar de comer bem, e sinto uma fome incontrolável.
    Fiz todos os exames que vc pode imaginar, inclusive TC da cabeça, achando que eu estava com cancer. Fiz tb os exames específicos de doença celíaca, e nada, nada…
    O último que eu fiz foi a endoscopia com bipsia, na endoscopia deu gastrite leve, H. Pylori, e na endoscopia, deu duodenite crônica inespecífica.
    Gostaria de saber se isso justifica essa perda de peso e todos esses sintomas? Por favor, me ajude, já estou ficando desesperada!
    Consultei com um gastro, ele passou Pyloripac IBP, Flagyl e Exelmin, apesar de eu ter feito exames de fezes e não ter dado nada tb, e já tinha tomado secnidazol(não faz o mesmo efeito do flagyl?)
    Por favor, me diga o que fazer!!! Desculpa ter escrito tanto, mas preciso de sua ajuda!

  362. 362 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 09:13

    Roselia, o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori é feito com antibióticos, e que podem ter os seus efeitos colaterais realmente. Quanto ao laser, não existe o tratamento da infecção por este meio.

  363. 363 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 09:26

    Amanda, o exame mostrou apenas que você tinha todo o estômago inflamado (pangastrite), mas que está em forma inativa. Por isso, não se preocupe, não há gravidade no seu quadro.

  364. 364 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 09:46

    Rose Lima, muito provavelmente o seu quadro será resolvido com a erradicação da bactéria Helicobacter pylori.

  365. 365 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 09:57

    Débora, a bactéria ACINETOBACTER BAUMANNII HAEMOLYTICUS é uma infecção em geral de origem hospitalar, e que pode causar uma série de infecções (pneumonia, meningite, urinária e pele, por exemplo). Estes casos devem ser tratados com antibióticos após a realização de antibiograma da cultura.

  366. 366 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 09:59

    Adriana Pereira, o seu quadro deve ser reavaliado por um Gastroenterologista, que avaliará se o seu quadro é decorrente de alguma lesão orgânica no estômago ou infecção (Helicobacter pylori). Caso a resposta seja negativa, cuidados com a dieta e atividades físicas serão imprescindíveis para o seu caso.

  367. 367 Dr. Fernando Valério
    18.12.2010 às 10:06

    Wanice Chaves, os sintomas gástricos até podem fazer com que você diminua a ingesta alimentar e que a façam perder peso. No entanto, devido ao problema com gases intestinais e dores articulares, pode haver a possibilidade de doença inflamatóriaa intestinal, e por isso seria recomendado fazer uma endoscopia deste órgão.

  368. 368 FLAVIA
    20.12.2010 às 13:54

    NAO ENTENDO…

    CADA VEZ QUE LEIO SOBRE H. PYLORI TENHO UM ENTENDIMENTO DIFERENTE. MEU TESTE DE UREASE DEU NEGATIVO, MINHA BIOPSIA POSITIVA PARA H. PYLORI E TENHO GASTRITE CRONICA SUPERCIAL DO ANTRO LEVE. ESSA GASTRITE É UM SINAL DE EVOLUÇÃO PARA CANCER? A MESMA TEM CURA???

  369. 369 FLAVIA
    20.12.2010 às 14:01

    E O TESTE DA UREASE NEGATIVO? O QUE INDICA???

  370. 370 Dr. Fernando Valério
    21.12.2010 às 08:55

    Flavia, o teste da urease é um teste simples realizado no momento da endoscopia. Mas a bióspsia analisada em laboratório tem uma maior sensibilidade para lhe dar o diagnóstico. Por esta razão, considere que você tem sim a infecção pelo Helicobacter pylori. Em relação à sua gastrite, não há porque se preocupar com câncer.

  371. 371 LEONARDO
    26.12.2010 às 15:26

    DOUTOR, TENHO 24 ANOS E DE UNS 3 MESES PRA CÁ VENHO SENTINDO ENJOO PELA MANHA E NAO SINTO AQUELA VONTADE DE COMER COMO ANTES SEMPRE ME ALIMENTO COM DIFICULDADE JA FIZ TRATAMENTO PARA H.PYLORI E JA CONSULTEI UM GASTRO QUE ME PASSOU OMEPRAZOL, SUCRALFILME E PERIDAL . MESMO TERMINADO ESSES REMEDIOS CONTINUO SENTINDO ENJOO E MAL ESTAR NÃO TAO FORTE.MAIS QUE INCOMODA , ENTAO QUANDO RETORNEI, LÁ ELE FALOU QUE NAO PRECISAVA MAIS CONTINUAR O TRATAMENTO E QUE ERA PRA EU APRENDER A CONVIVER COM ISSO , MAIS CONVIVER COM ISSO É COMPLICADO PORQUE ASSIM MEU RENDIMENTO EM TODAS AS ATIVIDADES ESTAO DIMINUINDO. O QUE VOCÊ ME ACONCELHA ?

  372. 372 Dr. Fernando Valério
    27.12.2010 às 09:44

    Leonardo, você pode estar apresentando um quadro de dispepsia funcional, que é a presença de sintomas de má digestão sem a uma causa que determine os sintomas. Neste caso, o mais importante é ter uma boa dieta, praticar exercícios físicos regulares e fazer uso de medicação sob orientação médica.

  373. 373 Kennia
    29.12.2010 às 00:16

    Ola Dr. Fernando! Adorei o artigo. Bom Dr. em abril foi detectada a bacteria H. Pylori e nao fiz o tratamento, Agora em dezembro voltei a sentir os sintomas de enjoos, mal estar, flatulencias, diarreia etc e já foi detectado o Helicobacter pylori, gastrite moderada e refluxo. Já iniciei o tratamento, mas tenho uma queixa e uma duvida: desde o inicio dos sintomas tenho muita diarreia. As vezes passa, mas volta com frequência. Ultimamente estou sentindo muita dor no anus e ao defecar, as vezes sangra um pouco, mas nos meus exames de colonoscopia não foi constatado nenhum problema relacionado. O Sr. acredita q pode ser algum problema de hemorróidas ou algum problema relacionado com a bacteria?

  374. 374 Dr. Fernando Valério
    29.12.2010 às 10:16

    Kennia, o tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori pode gerar alguns efeitos colaterais. De qualquer maneira, o sangramento anal deve ser avaliado por um Proctologista, já que não tem relação com a bactéria presente em seu estômago.

  375. 375 katia
    29.12.2010 às 11:10

    Ola Dr FERNANDO!
    Desde pequena sofria com varios tipos de alergia tipo:poeira,carpete,cigarros, perfumes e pelos de animais.
    Naquela epoca eu morava com a minha vò e tinha carpete , minha garganta sempre ficava ruim inflamava, pegava gripe e febre,fui no otorrino ele falou q era bom fazer cirurgia de amidalas,ja tomei varios medicamentos, vacinas e nada ele me indicou outro medico ele mandou fazer exame de endoscopia q constatou a bacteria helicobacter pylori
    tomei omeprazol, amoxilina.E nao resolveu nada
    NÃO sei mais o q fazer,exite algum tratamento caseiro para eliminar essa bacteria q tanto me incomoda.

  376. 376 Dr. Fernando Valério
    29.12.2010 às 11:33

    Katia, existem vários esquemas terapêuticos para o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori. Se um esquema não efetivo, outro deve ser tentado.

  377. 377 Marcio
    29.12.2010 às 21:08

    Dr.Fernando, Parabéns pelo despreendimento em auxiliar pessoas desconhecidas com suas dúvidas e preocupações. De fato o artigo é muito interessante e de grande utilidade.
    Recém (hoje) terminei o meu tratamento contra H.Pylori. Como sou alérgico a penicilina, meu médico optou por LEVOFLOXACINO (Tavagran, 1comp 500 mg/dia, 14 dias) e metronidazol(8/8 h,500 mg por dose, durante 14 dias também). Tomo em jejum todas as manhas o Nexium 40 mg, estou na 6 semana de 8 de tratamento receitado.

    Durante os primeiros 7 dias fui extremamente pontual com os antibioticos, porém no restante dos dias (terminei hoje), mantive as doses diarias porém fora de horário, e falhei 2 doses de metronidazol durante dois dias não consecutivos.
    As minhas chances de ter comprometido o tratamento são grandes? Após o 5 ou 6 dia, comecei a sentir um gosto ruim na boca após as refeições do almoço e janta (café da manhã nao)que durante os 3 meses de diagnosticado com gastrite no duodeno, estomago e leve esofagite, nao senti.

    Agradeço novamente pela atenção e disponibilidade!
    abraço,
    Marcio

  378. 378 Dr. Fernando Valério
    30.12.2010 às 23:39

    Marcio, saiba que uma das principais razões para que o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori não tenha sucesso é exatamente o uso irregular da medicação. Desta forma, você deverá realizar nova endoscopia para saber se o tratamento foi eficiente.

  379. 379 Fernando
    31.12.2010 às 16:50

    Boa tarde,
    Acabei de fazer uma endoscopia com biópsia e o resultado da BIÓPSIA foi:
    1) Gastrite leve, associada ao H pylor (1+/4+);
    2) Leve esofagite ativa;
    3) Pesquisa negativa de parasitas;
    Pergunto:
    a) neste caso o tratamento usual é aquele com dois antibióticos mais um antiácido?? O antiácido tb trataria a esofagite?
    b) o que significa (1+/4+)??
    c) meu caso é grave??

    desde já antecipo agradecimentos.

  380. 380 katia
    31.12.2010 às 19:01

    Quais são os tratamentos terapeuticos q e eficacia contra a helicobacter pylori?
    E verdade q o brocolis previne a helicobacter pylori e a couve tbm,como q devo fazer suco de couve e tomar?

  381. 381 Dr. Fernando Valério
    01.01.2011 às 19:36

    Fernando, você apresenta um quadro de gastrite (inflamação do estômago) e esofagite (inflamação do esôfago), mas de formas leves. Como há a presença de Helicobacter pylori, o seu médico decidirá se há a necessidade de erradicar a bactéria, o que é feito com antibióticos e controle da acidez. O resultado 1+/4+ signica dizer que há presença da bactéria, mas em quantidade pequena.

  382. 382 Dr. Fernando Valério
    01.01.2011 às 19:37

    Katia, a infecção pelo Helicobacter pylori é tratada com medicação antibiótica e controle de acidez do estômago.

  383. 383 leidiana
    06.01.2011 às 10:39

    Dr, gostaria que me ajudasse, meu marido tem gastrite e ja fez varias endoscopias, e varios tratamentos, mas nunca se cura da gastrite, ja nao consegue comer nada, nem berber nada que sente dor, encontrei seu site pesquisando sobre gastrite e gostei muito do seus trabalhos,. por favor nos indique algum tratamento ou algum remedio, se preciso iremos até ai, moramos em Mato Grosso. espero que nos responda, obrigada…

  384. 384 Dr. Fernando Valério
    06.01.2011 às 23:21

    Leidiana, agradeço o seu comentário e interesse pelo blog, mas por razões éticas não posso indicar medicamentos através deste espaço. Espero que você entenda.

  385. 385 José Neto
    08.01.2011 às 14:05

    Boa tarde Dr:Fernando fiz uma endoscopia foi constatado gastrite no antro e tb foi retirado um pólipo na mucosa medindo menos de 1cm foi retirado na hora da endoscopia fiz a biopsia da gastrite e do pólipo resultado da biopsia da gastrite foi Inflamação cronica moderada, atividade leve,Atrofia ausente,Metaplasia intestinal ausente e alterações epiteliais de reparo H.pylori positivo. Agora o resultado da biopsia do pólipo o resultado foi pólipo Hiperplásico o que significa Hiperplásico o pólipo foi benigno estou tomando pyloritrat para o H.pylori, por favor mim responda sobre os resultados das duas biopsia obrigado e tenha um bom dia. agradece Neto

  386. 386 Dr. Fernando Valério
    08.01.2011 às 14:24

    José Neto, o seu pólipo era benigno e não relacionado a qualquer complicação. A gastrite crônica se relacionava com a infecção pelo Helicobacter pylori, que está sendo tratada pelo seu médico.

  387. 387 Jean
    11.01.2011 às 12:13

    Bom dia Doutor!

    Dr. Eu queria saber se “pangastrite enamentosa moderada é o mesmo que gastrite enamentosa de corpo e antro” se houver diferênça qual seria?

    obrigado!

  388. 388 José Neto
    11.01.2011 às 13:26

    Dr: Fernando muito obrigado pela resposta bom dia para o senhor e bom trabalho.

  389. 389 Gabriela
    12.01.2011 às 20:42

    Ola Dr. Fernando , um familiar meu anda com muitas dores nas costas , estomago, fez varios exames, o ultimo foi uma endoscopia digestiva com biopsia q acusou o seguinte diagnosticos:
    1) gastrite moderada
    2) bacteria H. pylori
    3) gastrite cronica com defeito erosivos proliferaçao linfoide irregular de provavel carater hiperplasicos a criterio clinico complementar com estudo imunoistoquimico.
    Dr, esse ultimo q me assuta, o Sr poderia me explicar o que significa?. obrigado

  390. 390 valéria
    13.01.2011 às 14:01

    Olá Dr. meu filho de 2 anos e 5 meses, foi diagnosticado com refluxo ainda bebê e desde então toma remedio motilium e omeprazol. O refluxo dele era do tipo “escondido” e por conta disso foi dificil diagnosticar e ele vivia com otite, tosse, chiado, bronquite, enfim, vivia no antibiótico.

    Depois que ele começou o tratamento de refluxo, os sintomas respiratórios diminuíram mas nao acabaram, e por isso ele continua tomando remedios como busonid e singulair.

    O levei numa gastro pra que ela me orientasse sobre a necessidade de continuar ou nao com os remedios de refluxo, pois nao sabia se ele tinha melhorado ou nao, já que o quadro asmatico continuava.

    Uma alergista e uma pneumologista acharam que o quadro é apenas de asma com uma leve aleria.

    Já a gastro pediu uma endoscopia com biopsia, em que o resultado foi o seguinte:

    BIOPSIA
    1 – Mucosa Esofagica com histologia preservada.

    2 – Fragmentos de mucosa gástrica antral e corpórea apresentando glandulas preservadas. No còrio mínimo edema e esparsos focos leucocitários.

    3 – Pesquisa com raros helicobcter pylori (coloração pelo método do Giemsa)

    4 – Fragmentos de mucusa de intestino delgado (duodeno) apresentando glandulas de forma e tamanho em padrões de normalidade. Na lamina própria, a celuridade mostra-se normal. Ausencia de migração linfocitária/glandular. Marsh O.

    ENDOSCOPIA
    Deu tudo ok, nada grave visivel no exame

    Gostaria que o senhor comentasse esse resultado.

    E ainda, minha dúvida é a seguinte. A gastro viu esse exame e disse que nao tem nada demais e nao passou nenhuma medicação. Pediu apenas que eu eliminasse o gluten da alimentação dele por dois meses para ver como ele se comportada.

    Porém, a pediatra dele e pneumologista que o acompanham, viram esse exame e ambas prescreveram os dois antibióticos mais o omeprazol para tratamento da bacteria. Elas falaram que mesmo sendo raros, tem que tratar, pois é sinal de que ela existe. Além do mais, os “esparos focos leucocitários” indicam que há uma inflamação, leve, mas que existe.

    Sei que o senhor nao pode comentar sobre o diagnotico de outros medicos, mas gostaria de saber se quando dá “raros” para o h.pylori, ainda assim se faz necessário o uso de antibiótico, pois a gastro nao passou nada, o que achei estranho também.

    E também gostaria que o senhor comentasse o que significa o resultado da biopsia.

    Desde já, muitissimo obrigada pela orientação.
    Valeria

  391. 391 Ana Paula
    18.01.2011 às 00:14

    Olá Dr. Fernando! Fiz uma endoscopia e foi diagnosticada HP. Me foi receitado o Omepramix, porém sou alérgica a amoxicilina. Existe outro medicamento que eu possa fazer uso? Desde já agradeço.

  392. 392 Lene
    19.01.2011 às 16:11

    O exame de endoscopia de minha mãe, teve como resultado Hernia de Hiato por deslizamento e Gatrite Endoscopica Enantematosa Hemorragica.
    E grave este resultado?
    Desde já agradeço a resposta.

  393. 393 thais rocha santos
    19.01.2011 às 20:18

    Dr. Fernando,há 5 anos venho tendo problemas estomacais e intestinais.
    No estômago foi diagnosticado gastrite por H. pylori,sinto queimações,azia,enjoos e recentemente vem rejeitando a comida,fazendo com que eu perca o apetite.Já fiz tratamentos com omeprazol,ranitidina e coquetel(amoxicilina,lanzoprazol e claritronicina),mas a bactéria resistiu.
    No intestino(que pra mim é o mais urgente),foi diagnosticado retite com biópsia,tenho dores abdominais(cólicas intestinais),inchaço e MUITA flatulência.Parei de ingerir muitos alimentos como leite,carne,café,refrigerantes,chocolate,leguminosas entre outros,por aumentarem a queimação no estômago ou pior,a flatulência.Por ter uma alimentação pobre em proteinas e vitaminas,meu corpo tem sentido os efeitos.
    O pior de tudo é que o médico me disse que para RETITE não há cura,me deixando desesperançosa e agoniada!!!!!!
    Dr. Fernando para o meu caso há solução,principalmente para o intestino?????

  394. 394 Monica
    21.01.2011 às 22:50

    Boa Noite, Dr Fernando fiz o tratamento conta a bacteria H.pylori e o resultado da última endoscopia foi negativo p/ bacteria mas tenho uma gastrite leve agora vou fazer o tratamemento com omeprazol, mas alguns sintomas que achava estar relacionado com bacteria como dores abdominais, dores de barriga e estomago pesado não passou, minha médica descartou outras possibilidade atraves de alguns exames, mas disse que pode ser sindrome do instetino irritavel.
    O que é essa Sindrome?

  395. 395 Dr. Fernando Valério
    22.01.2011 às 09:51

    Monica, a Síndrome do Intestino Irritável é uma alteração gastrointestinal, caracterizada por dor abdominal, má digestão, gases intestinais e alteração do ritmo intestinal, sem a presença de uma causa orgânica que a justifique. Para saber mais sobre a síndrome acesse o texto que publiquei em meu site sobre o tema através do link http://www.drfernandovalerio.com.br/sindrome_intestino.htm

  396. 396 Dr. Fernando Valério
    22.01.2011 às 10:33

    Thais Santos, o quadro do seu estômago já parace estar sendo encaminhado com o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori. Quanto a retite, algumas realmente são crônicas e devem ter acompanhamento por toda a vida, enquanto outras são tratadas e sem sinais de recidiva do quadro.

  397. 397 Dr. Fernando Valério
    22.01.2011 às 10:37

    Lene, a gastrite hemorrágica deve ser tratada, mas será curada com um tratamento adequado. Quanto à hérnia de hiato, o mais importante é se ela está associada a refluxo gastroesofágico.

  398. 398 Bruna Karla
    22.01.2011 às 10:49

    Bom dia Dr meu caso e que estou com essa bacteria pylori,sinto muita dor de estomago e vomitos estou tmando remedios diario para evitar essas dores,mais estou gravida de 3 meses e os medicos me disse que nao posso fazer o tratamento pois pode prejudicar o bebe mais me garantiu que essa bacteria nao vai se agravar ate o nascimento do bebe mais eu axo que ela se agrava sim pois ela e a causa fundamental em gastrites e ulceras gostaria que o Sr me esclaresece por favor pois estou preocupada com a saude do bebe e claro a minha ..
    Desde ja agradeço Obrigado..

  399. 399 Marilze
    22.01.2011 às 13:49

    Boa tarde Doutor. Comecei a sentir fortes dores no estomago, na coluna, minha pressão estava 9, pulsação acelerada…mas eu achava q era estomago e tomei omeprazol…até o dia que tive fortes calafrios e liguei pro meu ginecologista q me pediu um ultrasom de abdomem total, deu pedras na vesicula, e no exame de sangue pancrestite. ( nunca ingeri alcool, rsrsrs). Foi dificil encontrar um cirurgião pq era dezembro e fiz minha cirurgia no dia 27, ele nem fez teste anestésico, e por isso o anestesista me deu anéstesia inalatória. Acordei as 11 da manhã e vomitei até as 5 da tarde…Fiz por labaro, dizem que n dói…mas tenho dores até hj, minha barriga está dura…estou procurando outro gastro p me avaliar, mas só encontrei pro dia 21 de fevereiro. O médico q fez em mim nem me receitou antibióticos ou antiinflamatório, só lisador gotas e tenho ouvido falar muito mal dele…estou preocupada. O senhor pode me ajudar?

  400. 400 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 08:45

    Marilze, saiba que a pancreatite causada por cálculos biliares é uma das causas mais comuns de inflamação do pâncreas. Quanto à sua recuperação, é preciso realmente que você seja avaliada pessoalmente por um cirurgião, e que possivelmente realize alguns exames de imagem e laboratoriais para ter uma ideia melhor do seu quadro.

  401. 401 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 08:47

    Bruna Karla, como você está grávida e o tratamento para a infecção da bactéria Helicobacter pylori é muito forte, se possível você não deveria efetuar este tratamento no momento. Não haverá risco ao seu bebê por causa disto.

  402. 402 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 09:18

    Ana Paula, como você é alérgica à amoxacilina utilizada no tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori, você deverá receber do seu médico a indicação de um tratamento sem esta medicação.

  403. 403 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 10:21

    Valéria, o seu filho pode fazer parte do grupo de crianças que chamamos de “bebê chiador”, e que podem ter como causa o refluxo de conteúdo ácido do estômago até as vias aéreas superiores e pulmão. De qualquer maneira, a endoscopia se mostrou favorável, e não há lesão esofágica. No entanto, isto não exclui a possibilidade do refluxo ainda existir, mas torna mais difícil esta possibilidade. Quanto ao tratamento da bactéria, por razões éticas não comento sobre condutas de outros profissonais neste espaço. Espero que entenda.

  404. 404 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 10:30

    Gabriela, o exame mostra um quadro de gastrite crônica, mas que a princípio apresenta apenas alterações inflamatórias e benignas, que devem ser tratadas, mas que não representam gravidade.

  405. 405 Edson azevedo
    23.01.2011 às 20:30

    olá dr. Fernando , eu sentia muita queimação na garganta fiz o exame de endoscopia com biopsia e deu a bacteria h. pylori , a medica passou o tratamento só que eu ingerir O medicamento retirando a capsula , cemecei sentir hoje a boca seca e cuspir com sangue . O que deve estar acontecendo ?

  406. 406 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 22:48

    Edson Azevedo, qualquer sangramento digestivo deve ser avaliado o quanto antes. Por isso, comunique a médica sobre o novo sintoma ou procure um Pronto Atendimento da sua preferência.

  407. 407 Dr. Fernando Valério
    23.01.2011 às 23:12

    Jean, pangastrite significa dizer que todo o estômago está inflamado, inclusive o corpo e o antro. Portanto, a pangastrite é uma inflamação mais extensa.

  408. 408 Selma
    24.01.2011 às 18:38

    Boa tarde.
    Em 2006 levamos minha mãe para o hospital com dores absurdas e foi diagnosticado úlcera “perfurada”,realizada cirurgia tudo ficou bem.
    Hoje tem gastrite crônica,e na última EDA acusou a presença da bactéria H.Pylori novamente.Está em tratamento com antibióticos e omeprazol conforme orientação médica.
    Na conversa que tive com a médica me ocorreu um questionamento, pois além do problema gástrico minha mãe tem enxaqueca.
    Gostaria de saber se há uma medicação específica para estes casos.?
    Desde já agradeço pela atenção.

  409. 409 Dr. Fernando Valério
    24.01.2011 às 21:06

    Selma, não há relação direta entre a infecção pelo Helicobacter pylori e a enxaqueca. Ela deve ser avaliada por um Neurologista.

  410. 410 Andrea
    25.01.2011 às 09:42

    Adorei o seu sito, e muito bom encontrar algo assim “claro e objetivo” quando temos duvida. Acabei de fazer uma endoscopia, mas na Itália, por isso tenho dificuldade de entender alguns termos usados. O resultado foi “Esofagite di grado A (Los Angeles)” e “Gastrite”.
    Através do seu sito conseguir entender o que tenho mas não entendi o termo LOS ANGELES? Pode-me ajudar?
    Obrigado : )

  411. 411 Dr. Fernando Valério
    25.01.2011 às 16:41

    Andrea, o termo Los Angeles se refere a uma classificação de esofagite que varia conforme a intensidade do processo inflamatório e das lesões.

  412. 412 Natilia
    26.01.2011 às 20:16

    oi fez o exame da endoscopia,ai mostrei a medica,ela reclamou do exame que é mal feito,que não fala a quantidade de bacteria,ta assim o exame
    Esofago;orgão limpo.calibre e peristaltismo habituais.mucosa de todo orgão de coloração e aspecto normais.linha Z situa-se ao nivel do pinçamento diafragmatico.
    Estomago:lago mucoso sem bili.capacidade e elasticidade parietal preservadas.anel hiatal ajustado ao aparelho.mucosa do corpo e fundo com pregueado e coloração normais.mucosa do antro de aspecto normal.piloro centrado e pervio.biopsia do antro para teste de urease.
    Duodeno:bulbo não deformado.mucosa bulbar com aspecto normal.segundo porção de aspecto anatomico.
    Hipotese diagnostica:endoscopia digestiva alta nrmal.
    (x)Positivo ( )Negativo
    tem um liguido vermelho,urease
    eu fez esse exame dia 14/01/2011
    tem muito tempo que estou passando muito mal,tudo que eu como fico engasgada,bebo agua mais não passa fico assim 24 horas,bebo agua para alivia,mais não passa,bebo 4 litro de agua por dia,e fico com estomago facio em cima e pesado em mais,e tem vez que fica enchado,e doendo muito,ai fez exame e comecei a tomar o remedio h bacter,4 comprimido de manha e a 4 a noite,so que ai esse remedio fica na garganta parado um tempão bebo muita agua pra desse,é orrivel beber esse tanto de remedio de uma vez,ta bem dificio alimenta,fica tipo um bolo na garganta,eu arroto muito mais não passa.Quanto tempo demora para vc responde,eu tenho que entra aqui pra ver se vc respondeu,ou vc manda a resposta pelo email

  413. 413 Dr. Fernando Valério
    26.01.2011 às 23:39

    Natilia, em geral o tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter tem duração de 7 a 14 dias, e por isso este é o tempo esperado para a esperada melhora quando o quadro gástrico se relaciona à presença da bactéria.

  414. 414 Natilia
    27.01.2011 às 10:25

    Obrigado,por ter respondindo,tomara que eu milhore tomando esse remedio,depois eu volto aqui para dizer se eu melhorei,,,

  415. 415 Daniele
    27.01.2011 às 11:02

    Dr. Fernando, Bom dia! Fiz uma endoscopia e deu positivo para H. Pilori e bulboduodenite enantematosa leve, levei o resultado para minha gastro e ela me informou que como não tenho gastrite cronica e nem ulcera que eu não precisaria tratar da h. pilori, que era uma escolha minha tratar ou não. Como sei que são medicamentos fortes e estou fazendo um tratamento para ansiedade, optei por não tratar agora… mudei meus habitos alimentares e estou me sentindo melhor… o Dr. acha que deveria fazer o tratamento de erradicação da bacteria? gostaria muito da sua opinião. A h pilori provoca emagrecimento???
    Obrigada pela atenção.
    Daniele

  416. 416 Dr. Fernando Valério
    27.01.2011 às 11:44

    Daniele, como o quadro é discreto e pode não estar relacionada à presença da bactéria, é aceitável que um tratamento não seja efetuado.

  417. 417 Karin Flores
    27.01.2011 às 12:04

    Bom dia, Dr. Fernando.
    Resolvi escrever algumas linhas, aqui em seu site, para parabenizá-lo pelo artigo. Além de abrangente, é muito explicativo.
    E, também, para agradecer por ser tão gentil, respondendo a todas as questões aqui expostas com devida atenção!

  418. 418 Dr. Fernando Valério
    27.01.2011 às 12:15

    Karin Flores, agradeço as palavras gentis e de motivação.

  419. 419 cacildo
    30.01.2011 às 00:08

    Dr. fernando eu fiz tratamento com pirolypac e tive uma reaçao alegica terrivel saiu uns ematomas escuros e uma coceira orivel estou sofrendo muito quero saber quais as medidas que devo tomar, por favor me oriente.

  420. 420 Dr. Fernando Valério
    30.01.2011 às 22:35

    Cacildo, como você sofreu efeitos colaterais de medicamentos prescritos por outro profissional, por razões éticas peço que você entre em contato com o seu médico para sanar a sua dúvida e ser medicado.

  421. 421 Pina
    03.02.2011 às 12:10

    Dr.Fernando Valério,eu sentia enjôo e a comida não estava desgastando no estômago, fui ao médico e fiz uma endoscopia digestiva alta, na qual resultou em gastrite enantematosa crônica e o teste de urease posito para H.pyliori. Comecei o tratamento tomando digesan durante alguns meses.
    Meu estômago melhorou não tive mais os sintomas. Repeti a endoscopia, o resultado foi exames endoscópicos dentro dos padrões normais,porém,para h.pyliori o teste deu positivo.
    Repeti o exame já três vezes deu o mesmo resultado, mas o médico não receitou nenhum medicamento para a bactéria, estou preocupada devo procurar outro profissional?

  422. 422 Dr. Fernando Valério
    03.02.2011 às 22:58

    Pina, caso o seu médico acredite que a infecção pelo Helicobacter pylori possa estar causando a sua gastrite, ele deverá indicar um tratamento com objetivo de erradicar a bactéria.

  423. 423 Paulo
    04.02.2011 às 13:51

    Olá Dr tudo bem?

    Parabéns pelo site e artigos, muito bons mesmo!
    Fiz endoscopia e foram apontados:
    Esofagite B (Los Angeles)
    Gastrite noduara leve/erosiva de antro
    Gastrite enantematosa moderada de corpo

    É algo grave? Possui tratamento?

  424. 424 Alyson
    04.02.2011 às 16:26

    Dr. Fernando, estou com um quadro de esteatose hepática e com H. Pylori no estômago. Estou tomando, sob orientação médica, Pyloripac IBP há 2 dias e tenho sentido um amargôr muito forte na boca em alguns momentos do dia ou da noite. Parece gosto de “bilis”… O que seria isso?
    A bula do remédio diz que não é indicado o uso com pacientes com disfunção hepática. Estou com as taxas do fígados todas alteradas…
    Seria o caso de suspender o medicamento? Meu médico está viajando…
    Muito obrigado.
    Alyson

  425. 425 Dr. Fernando Valério
    06.02.2011 às 09:25

    Paulo, o seu caso de gastrite e esofagite não é grave, mas necessitará de tratamento medicamentos e dieta adequada.

  426. 426 Dr. Fernando Valério
    06.02.2011 às 09:29

    Alyson, os remédios usados para o tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori são realmente fortes, e causam alterações como as descritas por você. De qualquer maneira, por razões éticas não posso indicar ou suspender medicações através deste espaço, ainda mais quando prescritas por outros profissionais.

  427. 427 marcia oliveira
    07.02.2011 às 16:55

    olá dr: fernando faz tempo não nos falamos mas tenho uma pergunta para o senhor fiz tratamento para helicobacter pylori e ontem senti uma forte dor no estomago de novo minha pressão caiu e estava friu aki em avaré e eu fikei suando bastante será ke pode ser a doença de novo? fikei com muito medo então comi bastante gelatina pois dizem ke a gelatina ajuda é leve e alimenta será ke o senhor pode me ajudar ? muito obrigada marcia. e é verdade ke o oleo de coco ajuda no combate ao helicobacter pylori eu posso fazer o uso sem medo ou devo passar por um gastro ?

  428. 428 Dr. Fernando Valério
    07.02.2011 às 23:29

    Marcia Oliveira, não tenho como saber se o seu quadro se relaciona com o Helicobacter pylori. Quanto ao tratamento, a única maneira de erradicar a bactéria é o uso de antibióticos.

  429. 429 maiara c p
    10.02.2011 às 01:04

    DR FAREI UMA REDUÇÃO SÓ QUE O MEDICO PEDIU VARIOS EXAMES E E FIZ A ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA E PESQUISA COM H.PILORY
    O RESULTADO FOI O ESTUDO HISTOQUIMICO NA COLORAÇÃO ESPECIAL PELO GIMESA RESULTOU POSITIVO PARA H.PYLORI(RAROS BACILOS)

  430. 430 Dr. Fernando Valério
    10.02.2011 às 22:49

    Maiara C P, é recomendado que pacientes que serão submetidos a cirurgia bariátrica e que apresentam infecção por Helicobacter pylori sejam tratados previamente à cirurgia.

  431. 431 Amanda
    11.02.2011 às 23:21

    Dra Fernando Valério.

    Realizei um exame de endoscopia digestiva alta e o exame de Pesquisa de Helicobacter pylori que deu negativa, porem ai que vem as dúvidas:

    Relatório Macroscópico:
    Material representado por fragmento de cor castanha e consistência firme, medindo 0,5×0,3×0,3 cm. Todo o
    material foi submetido a estudo histológico – 1B/1F.

    Os cortes histológicos permitem o seguinte diagnóstico:
    Diagnóstico:

    Estômago, biópsia:
    - Fragmentos de mucosa gástrica de tipo fúndico e de transição fundo-pilórico com congestão vascular

    Estou meia tonta com tanto diagnóstico

    Obrigada Dr.

  432. 432 marcelo diego
    13.02.2011 às 19:10

    Olá Dr. Fernando
    Gostaria que o vc tirasse uma duvida minha
    Bom a algumas semanas eu venho sentindo falta de ar e um poço de dor no estomago, eu fui ao medico e ele me caminhou a fazer um exame de endoscopia e ultrason, quando fiz o ultrason constatou que eu estava com gordura no fígado e na endoscopia mostrou que eu estava com o estomago inflamado e nesta mesma hora ele disse que eu estava com esse h pylori e possível ele me da na hora o resultado ou tem que espera alguns dias para receber ele? E ele me passou vários remédios (1º uns da Forever, depois ( Omeprazol Pantoprazol este é super forte tomar 4 de manhã e 4 a noite) e depois um remédio chamado NEXIUM este remédio NEXIUM e antiflamatorio? Pois eu estou com duvida porque eu não posso toma antiflamatorio por enquanto porque quando eu tomo me sinto muito mal por calsa do fígado, e eu estou fazendo uma dieta super rigorosa do tratamento nade de comer besteira, o que eu devo fazer vc pode de dizer? obrigado

  433. 433 marcelo diego
    13.02.2011 às 19:23

    Dr eu tive hepatite A eu meu figado ficou muito ruim e por isso não posso toma antiflamatorio, quando tomo eu passo mal primeiro tenho que tratar o figado e depois sim devo tratar o estomado para poder tomar e esse remdio forte eu fico com o estomago meio enpaxado,cheio com gases o que devo fazer primeiro? e enquando ao Nexium? ele é antiflamatorio, ele custa 97,00 R$

  434. 434 ANA MARIA
    14.02.2011 às 20:21

    Oi Doutor!
    Gostaria muito de saber se a metaplasia intestinal completa,após a fundoplicação tem chance de cura?
    Muito Obrigado!
    Boa noite!!!

  435. 435 ANA MARIA
    14.02.2011 às 20:25

    Ah! Eu fiz a endoscopia em outubro,e não tinha nada de metaplasia,e agora em fevereiro apareceu,como pode em questão de 4 meses aparecer isso?
    A Medica não me alertou em nada sobre o refluxo e os riscos dessa doença!!!

  436. 436 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 09:23

    Amanda, o seu exame mostra no máximo um pequeno processo inflamatório. Por isso, você não deve ficar tão preocupada. Leve o exame para o médico que o solicitou.

  437. 437 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 09:48

    Marcelo Diego, o exame para pesquisa do Helicobacter pylori vem como resultado anexado ao laudo da endoscopia. Quanto ao esomeprazol, ele não é um antiinflamatório e não lhe afetará a função hepática.

  438. 438 Dr. Fernando Valério
    15.02.2011 às 10:06

    Ana Maria, a tendência atual é tratar a metaplasia intestinal (esôfago de Barrett) com medicamentos. Os estudos atuais não mostram que a cirurgia é mais eficiente do que o uso contínuo da medicação apropriada, a não ser que o seu refluxo gastroesofágico seja muito importante e de difícil controle. Quanto a diferença nos exames, as avaliações podem ter sido distintas pelos endoscopistas que realizaram os exames.

  439. 439 Ana paula gonçalves ramos
    16.02.2011 às 03:52

    Dr. Fernando Valério

    Bom dia, achei muito interessante esse blog, pois gostaria muito da sua ajuda.
    Sou obesa e estou a caminho sa minha cirurgia bariatrica, qd fiz a Endoscópia apareceu a Bactéria helicobacter pylori , fiz o tratamento OMEPRAMIX ACABEI AGOA DIA 10 DE FEVEREIRO e gostaria de saber o tempo que posso fazer outra endoscopia.
    só não entendi o moltivo de não sentir nenhuma dores no estomago.
    Fico muito agredecida!!!! Bom Dia

  440. 440 Dr. Fernando Valério
    16.02.2011 às 17:44

    Ana Paula Gonçalves Ramos, algumas pessoas são portadoras assintomáticas da bactéria Helicobacter pylori, e por isso você não sente sintomas. Quanto à nova endoscopia, em geral ela é realizada 30 dias após o término do tratamento para a erradicação da bactéria.

  441. 441 Edilene
    17.02.2011 às 18:33

    Dr. Fernando Valério

    Eu já fiz dois tratamentos para gastrite, porém continuo com o problema. Também sou portadora da bactéria H. Plylori. Minha ultima endoscopia apresenta como resultado : Antrite Erosiva e Bulbite Erosiva.
    Tenho sentido ultimamente fortes dores na região do estômago, coisa que não sentia antes. Principalmente depois de uma refeição mais gordurosa. Fiz uma Ultrassonografia de Abdomen para conferir se tinha Cálculos Biliares, por causa da dor, porém a vesícula está limpa.
    O tratamento indicado pela minha médica gastro foi : Esomeprazol, Domperidona, Passiflora e o Antibiótico.
    Doutor, por favor me ajude. Estou fazendo o tratamento correto.

  442. 442 Dr. Fernando Valério
    17.02.2011 às 19:13

    Edilene, agradeço o seu comentário, mas por razões éticas não posso avaliar a prescrição feita por outro profissional neste espaço, ainda mais porque não conheço o seu caso em detalhes e jamais a atendi pessoalmente. Espero que você entenda a minha posição.

  443. 443 Fran
    17.02.2011 às 23:35

    oi Dr Fernando, parabéns pelo site me esclareceu mto sobre a H pylori. Bem meu marido tem 23 anos e no fim do ano teve diarreia preta com sangue, procuramos um médico e ele fez a endoscopia e a colono. Apareceu esofagite, e na biópsia apareceu no estomago pangastrite cronica, mataplasia intestinal completa e hiperplasia foveolar discreta e a H pylori. Agora ele vai começar o tratamento pra h pylori, mas estamos assustados pois o médico disse q ele é novo pra ter metaplasia. o Senhor pode falar algo sobre isso?? ele nao tem nada de dores no estomago nem sintomas d refluxo. obrigada

  444. 444 Edilene
    17.02.2011 às 23:37

    Doutor Fernando Valério, agradeço de qualquer forma a sua atenção.
    Só gostaria de saber se a cura para a gastrite é assim tão difícil e principalmente a erradicação dessa bactéria (H.Pylori).
    Fiquei muito ansiosa depois de dois tratamentos sem êxito.
    Obrigada mais uma vez.

  445. 445 Dr. Fernando Valério
    19.02.2011 às 00:20

    Fran, o seu marido deverá fazer o tratamento para a infecção do Helicobacter pylori, que provavelmente é o responsável pela pangastrite crônica e pela metaplasia intestinal. Após o tratamento deverá fazer acompanhamento com endoscopia de acordo com a orientação do médico responsável. Mantenham a calma e sigam as orientações médicas.

  446. 446 Dr. Fernando Valério
    19.02.2011 às 00:21

    Edilene, a gastrite pode ser curada, e se tem relação com a bactéria, com a erradicação do Helicobacter pylori ela com certeza será tratada.

  447. 447 Fran
    19.02.2011 às 19:59

    muito obrigada pela resposta.

  448. 448 Sonia
    20.02.2011 às 10:37

    Bom dia doutor,

    Através da endoscopia foi descoberto h. pylori e foi feito o tratamento porém, na endoscopia acusou (metaplasia intestinal); nessa situação todas as pessoas vão ter cancer? então porque os médicos não fazem um controle maior para esses pacientes?

    obrigada!

  449. 449 Dr. Fernando Valério
    20.02.2011 às 12:53

    Sonia, a gastrite crônica e a metaplasia são muito associadas à infecção pelo Helicobacter pylori, que obviamente deve ser tratada e erradicada. A metaplasia intestinal, porém, é uma alteração que pode predispor à displasia, que é uma lesão que antecede o desenvolvimento do câncer de estômago.

  450. 450 Andrea Victor
    21.02.2011 às 18:51

    Dr. ha um tempo atras fiz endoscopia e o resultado foi que tinha H pylori, o médico não me passou nada além de omeprazol.No começo minha queimação até diminuiu mas com o tempo vomitava constantemente até que fui em outro médico que me pediu outra endoscopica o resultado foi GASTRITE NODULAR MODERADA DE ANTRO e que tenho H.pylori. Devo me preocupar? Tenho médico só no próximo mês

    Grata,

    Andrea

  451. 451 Dr. Fernando Valério
    22.02.2011 às 22:32

    Andrea Victor, o tipo de gastrite que você relatou tem grande relação com o Helicobacter pylori, e por isso a infecção pela bactéria deverá ser tratada nesta oportunidade com antibióticos.

  452. 452 Fernando
    23.02.2011 às 01:22

    Doutor Fernando Valério,

    Estou prestes a iniciar o tratamento para erradicar o h. piloris.
    Em minha endoscopia acusou “gastrite leve de antro” e “erosão duodenal”.

    Gostaria de saber se isso é grave.

    Meu médico indicou omepramix + 14.

    Gostaria de saber se essa medicação pode causar reação alérgica?

    Fiz também o exame de proteína c ultra sensível, a qual deu alterada (7,4 mg/dl), quando o normal seria 2 mg/dl. Isso é grave e pode ser decorrente da gastrite?

    Desde já agradeço.

    Fernando

  453. 453 Dr. Fernando Valério
    23.02.2011 às 07:35

    Fernando, a proteína C reativa se mostra alterada em quando qualquer problema inflamatório está presente. No caso da alergia, como o tratamento é composto de antibióticos, quando há sensibilidade a algum dos medicamentos, a processo alérgico pode se instalar. De qualquer forma o seu caso não é grave.

  454. 454 Dory
    23.02.2011 às 10:19

    Dr. Fernando,
    Acabei de fazer tratamento com pyloritrat 07 dias para erradicar bactéria h.pylori. O tratamento foi precedido por 14 dias por lansoprazol 30 mg (01 por dia); o composto pyloritrat acabou dia 17/02/2011. Voltei ao lansoprazol por mais 14 dias. Dr. tudo estava bem (bolo na garganta, irritabilidade e etc) tudo isso desapareceu. Hoje 23/02/2011, acordei e fui escovar os dentes e percebí manchas de sangue na saliva. O estômago está ruim, estou como que “gosto de sangue na boca” e sensação que isto vai até ao estômago. Ontem comí muito doce (caseiro) de goiaba em calda antes de deitar (um vacilo, pisei na bola). O Sr. pode comentar alguma coisa sobre isso? = Um forte abraço e tudo de bom.

  455. 455 Antonio Andrade
    24.02.2011 às 09:05

    Dr. Fernando Valério, bom dia.

    Meu irmão de 39 anos fez nesta semana um exame de Endoscopia Digestiva Alta e recebeu como conclusão as seguints informações:
    1 – Gastropatia Nodular Linfóide Antral – ?
    2 – Gastrite Endoscópica Hemorragica Moderada de fundo.

    Como ele ainda precisa fazer outros exames (Phmetria e Manometria) e deve demorar para retornar ao médico, pergunto: Devemos ficar preocupados? É uma situação grave?

    Agradeço suas informações.

    At.

    Antonio Andrade

  456. 456 Dr. Fernando Valério
    24.02.2011 às 15:04

    Dory, todo sintoma de sangramento deve ser avaliado. Por isso, o mais importante neste momento é ser avaliada pelo seu médico. Se necessário, ele lhe solicitará algum exame.

  457. 457 Dr. Fernando Valério
    24.02.2011 às 15:20

    Antonio Andrade, o quadro do seu irmão necessita ser avaliado com o resultado das biópsias que devem ter sido realizadas. Assim. será possível entender melhor a gastropatia e se há infecção pela bactéria Helicobacter pylori, que pode estar associada com o quadro.

  458. 458 Claudia Sousa
    25.02.2011 às 19:37

    Boa noite Dr. Fernando Valério

    Fiz videoendoscopia digestiva alta e foi dectado H pylori, gastrite endoscópica antral enantematosa severa e gastrite endoscópica antral micronodular severa. Foi feita também biopsia que teve o seguinte diagnóstico: gastrite crônica e atrófica moderada com discreta atividade e presença de hifas cândida sp a superfície do epitélio. No segundo caso, a gastrite fungica não foi confirmada porque não foi verificado o fungo infiltrando o tecido. Por favor, me explique melhor esta última situação.

  459. 459 roseli
    25.02.2011 às 22:05

    doutor o diagnostico do meu esposo deu mucosa gastrica com gástrite crônica discreta.
    Helicobacter pylori presente, raros.
    Metaplasia intestinam ausente.
    O senhor poderia dizer me oque esta acontecendo por favor tire minha duvida.
    Obrigado

  460. 460 Fran
    25.02.2011 às 23:21

    Dr Fernando, meu marido fez o tratamento para a H pylori e não teve nenhuma reação aos medicamentos. Digo isso para as pessoas não se assustarem e verem que o tratamento pode não ter reação. Espero que esse comentário ajude a alguém que vai começar o tratamento para H pylori, e não ter medo dos medicamentos, uma vez que o tratamento pode não ter reações.

  461. 461 Dr. Fernando Valério
    26.02.2011 às 09:53

    Roseli, o seu Marido apresenta um quadro de gastrite crônica possivelmente em decorrência da infecção pela bactéria Helicobacter pylori. Por isso, ele deverá fazer tratamento com antibióticos, que obviamente serão prescritos pelo médico que o acompanha.

  462. 462 Dr. Fernando Valério
    26.02.2011 às 10:00

    Claudia, o seu caso é interessante, mas não como lhe explicar a razão para a discrepância dos resultados em relação a presença de fungos em sua biópsia. Desta forma, sugiro que o seu caso seja discutido com o Patologista que avaliou a lâmina positiva.

  463. 463 Tatiane
    27.02.2011 às 01:39

    Ola Dr. há uns 20 dias tive dores insuportaveis de estomago e quando ia comer ai piorava. Perdi 6 Kg em 7 dias ate que resolvi procurar o medico e ele diagnosticou atraves de uma endoscopia, duas ulceras. ja fiz muitos exames e ate agora ele nao achou nada. ai lembrei que fiz uso do medicamento isotretinoina durante 3 meses e finalizei em dezembro. A isotretinoina pode ter causado as ulceras? e o tratamento é demorado? é que eu queria muito engravidar ainda esse ano, mas nao vou correr o risco de tomar medicamento fortes e prejudicar o bebe. desde já obrigada.

  464. 464 Dr. Fernando Valério
    27.02.2011 às 16:42

    Tatiane, o medicamento usado por você é comum para as doenças de pele, como acne e rosácea, e apesar de um número enorme de efeitos colaterais, as úlceras não são descritas. Os sintomas digestivos mais comuns são a náusea, diarréia, doença inflamatória intestinal como doença de Crohn, colites, ileíte e hemorragia.

  465. 465 Marcella
    28.02.2011 às 16:28

    Dr. Fernando! Preciso muito de sua ajuda! Meu noivo vem sofrendo de dores no estômago, vômitos, náuseas, diarréia, e portanto, recorremos a um gastro. o médico solicitou uma endoscopia, a qual ele fez nesta última sexta feira. Foi constatado gastrite granulosa no antro com pólipos. uma amostra foi retirada e mandada para biópsia, mas estou muito apavorada e preciso de informações. já pesquisei inúmeras coisas só hoje mas não cheguei a nenhuma conclusão que me tranquilizasse. se puder me ajudar eu ficarei muito agradecida Dr.! Desde obrigada!

  466. 466 Cibele
    02.03.2011 às 16:18

    Olá boa tarde Dr. Fernando

    Desde o último dia 16/01/2011 venho apresentando dores toráxica agudas contínuas, acompanhadas de outros sintomas.
    Já fui a 2 cardiologistas fiz todos os exames necessários, nada consta alteração. Sendo assim fui a gastro que pediu exames de Phmetria e Endoscopia ( com biopsia ) , intolrância a lactose e a gluten.
    As dores são fortes e muitos intensas, me faz pensar muitas vezes que estou com problema cardiológico mesmo já sendo orientada que não é. Já fui parar 2x no PS devido as dores, tenho falta de apetite e emagreci consideravelmente.
    Minha consulta com a gastro é no próximo dia 15/03, mas estou aflita porque continua com dores, sem qualidade de vida, tomando apenas paracetamol e ansiosa para saber o que esta acontecendo.
    Meus exames de endocospia não apresentou alteração, Phmetria diz que tive 2 períodos de azia, e a biopsia do duodeno diz o seguinte:
    → MACROSCOPIA três fragmentos irregulares de tecido medindo o maior 0,3cm ( é algo grave?? )
    → DIAGNÓSTICO mucosa duodenal típica, arranjda em arquitetura vilosa característica, com celularidade branda.

    Se for possível me esclarecer o que esta acontecendo ficarei grata. Pois estou ansiosa e agitada por não saber o que são essas dores e o que esta acotecendo com minha saúde.

    Grata!

  467. 467 Tatiane
    02.03.2011 às 18:41

    To muito assustada… to com esofagite cronica. na biopsia ta assim: ESOFAGITE CRONICA EM SURTO AGUDO ULCERATIVO. tem cura? quanto tempo demora o tratamento? li na internet que pode ate virar cancer e ou ter que fazer cirurgia se o tratamento nao funcionar…me responda por favor.

  468. 468 Alex
    02.03.2011 às 23:04

    Prezado Fernando,

    Já tive uma úlcera, a qual consegui curar e recentemente fui diagnosticado com uma pangastrite. Ao fazer as biópsias, sempre deu negativo para o H.Pylori, raramente faço uso de medicamentos antiinflamatórios, minha dieta é mais natural possível.

    Tem alguma causa para isso?

    Obrigado.

  469. 469 VALÉRIA MELO
    03.03.2011 às 07:50

    FIZ TRATAMENTO COM PILORY PAC E 60 DIAS DE OMEPRAZOL MAS NÃO ADIANTA…TODOS OS DIAS DE MANHÃ SINTO FORTES DORES NO ESTÔMAGO…SÓ E MANHÃ…É TÃO FORTE QUE ELA ME ACORDA…O QUE FAZER

  470. 470 Alegria
    04.03.2011 às 16:44

    Boa Tarde Dr, Fernado Valério,

    O Meu Pai com 69 anos de idade recebeu esta semana o resultado de uma biopsia gastrica o resultado foi Retalhos de mucosa gástrica do antro e superficiais com moderadas lesões de gastrite cronica, sem sinais de actividade ou de atrofia. Obvserva-se metaplasia intestinal focal, Ausência de displasia. A pesquisa Helicobacter pylori foi negativo.
    É alguma coisa grave? Muito Obrigado desde Portugal.

  471. 471 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 09:30

    Alegria, o caso do seu Pai não é grave, mas em decorrência da gastrite e principalmente da metaplasia intestinal, deverá fazer tratamento com dieta e medicamentos, e acompanhamento com endoscopia digestiva alta.

  472. 472 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 09:53

    Valéria Melo, se o tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori foi eficaz, os seus sintomas não têm relação com a infecção. Desta forma, um outro diagnóstico deve ser pensado e tratado. A dispepsia funcional é sempre uma possibilidade, ainda mais em mulheres.

  473. 473 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 09:55

    Alex, procure observar se você tem horários de dieta regulares e se fica muito tempo em jejum. Alterações deste tipo podem causar inflamações no estômago.

  474. 474 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 10:01

    Tatiane, você apresentou processo inflamatório intenso no esôfago. Por isso, deverá fazer tratamento com dieta e medicamentos que serão prescritos pelo seu médico. O tratamento é em geral de dois meses para casos como o seu.

  475. 475 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 10:07

    Cibele, em relação ao seus exames eles não mostraram informações relevantes e que poderiam sugerir algum problema mais grave. Provavelmente você esteja apresentando outro problema que cause tal desconforto torácico.

  476. 476 Dr. Fernando Valério
    05.03.2011 às 10:43

    Marcella, o seu noivo apresenta uma inflamação grande do estômago, mas que possivelmente será tratada. No entanto, é preciso aguardar o resultado da biópsia que provavelmente foi realizada.

  477. 477 Mari
    07.03.2011 às 07:34

    adorei seu blog,sou pesquisadora de coisas interessantes na internet,parabéns! Descobri a dispesia funcional tres médicos que estive nunca falaram a respeito.mas comecei com forte gostou ruim na boca a sete meses,fiz tratamento por recomendação medica com omeprazol,resultados bons, mas nao totais, parei de tomar por ordem medica, um mês depois dores terríveis,empachamento constante, saciedade precoce e fraqueza, novo médico,todos os exames possíveis,duas endoscopias,tomografias,exames médicos, nada só a bactéria h pylori e uma deduacao de refluxo gastro esofágico, medicarias e mais medicarias que nao surtem grande efetio, diminuirá a dor nao o emapachamento nem a saciedade precoce,sem falar na restrição a vários alimentos que mesmo fui descobrindo me fazerem mal.na segunda endoscopias me chamou a atenção q negativou a bactéria e só tomei omeprazol.agora estou tomando ranitidina de 30a noite e lanzoprazol de 30 ao dia. E nao mudou muito nao…emagreci já uns ters quilos e já sou magra..então nao sei onde vou parar ,o senhor acha correto?ou devo consultar outro gastro?obrigado por qualquer informação que possa me fornecer,respeitando claro sia ética profissional!abraco

  478. 478 Dr. Fernando Valério
    07.03.2011 às 08:30

    Mari, o quadro de dispepsia funcional é realmente de difícil tratamento em alguns casos. Para controle dos sintomas deve haver dieta adequada, estilo de vida que inclua atividades físicas e diminuição do estresse, além de medicamentos.

  479. 479 camila
    10.03.2011 às 00:45

    Dr.Fernando amei seu artigo,mas eu preciso lhe fazer uma pergunta! em 2008 eu fiz uma endoscopia e constatou helycobac pylori e gastrite,mas eu nao tomei o medicamento e nem segui a dieta que o medico recomendou,os sintomas aumentaram e eu decidi por conta propria comprar pyloripacIBP tomei todas as capsulas e pretendo voltar a fazer todos os exames mas estou com medo de nao ter dado certo pelo fato que eu demorei em tomar o remedio.o que eu devo fazer?

  480. 480 camila
    10.03.2011 às 00:50

    Dr.Fernando eu vi em outro artigo que atraves do sexo é transmitido a helycobac pylori.é verdade?

  481. 481 Dr. Fernando Valério
    10.03.2011 às 12:21

    Camila, a bactéria Helicobacter pylori é transmitida através da fecal-oral, e portanto a hipótese de transmissão sexual é absurda.

  482. 482 Dr. Fernando Valério
    10.03.2011 às 12:22

    Camila, a melhor maneira de avaliar se o seu tratamento foi efetivo para a erradicação do Helicobacter pylori é realizar exames para a pesquisa da bactéria, como a endoscopia digestiva e o teste respiratório.

  483. 483 Monica
    10.03.2011 às 23:58

    Dr. Fernando, boa noite. Em primeiro lugar, obrigada pelo espaco que nos fornece, onde podemos esclarecer nossas dúvidas. Fiz endoscopia recentemente e o resultado deu negativo para H pylori e gastrite enantemática leve de antro. Passei hj no gastro e conversei com ele sobre os meus sintomas, que são extremamente desagradaveis, pois fico com enjoos, desconforto abdominal, eructacões. Ele me disse que tenho a bactéria H pilory mesmo dando negativo em meu exame, isso é possível? Iniciarei um tratamento com omeprazol 20 mg ( 1 cp 12/12h 28 dias ) + amoxicilina 500mg (2 cp 12/12h ) + claritromicina 500 mg ( 1 cp 12/12h ) por 7 dias. É realmente possível constatar a H pylori apenas por estes sintomas? Ou é prevencao, uma vez que tenho histórico de cancer no estamago ( avó materna ) e minha mãe ( metástase – pulmão/mediastino e fígado )? Muito obrigada pelos esclarecimentos e que Deus abencoe o senhor grandiosamente! Um grande abraco.

  484. 484 Samira
    11.03.2011 às 09:58

    Bom dia Dr.

    Fiz uma endoscopia e deu que eu estou com a bacteria H.pylori,fui no médico e ele me receitou Erradic UG.
    Começei o tratamento e venho sentido um forte gosto amargo na boca e como se estivesse com o estomago vazio..é normal essa reação???
    obrigada.

  485. 485 Dr. Fernando Valério
    13.03.2011 às 10:54

    Samira, esta reação é comum no tratamento da infecção pelo Helicobacter pylori, e ocorre devido aos antibióticos prescritos.

  486. 486 Dr. Fernando Valério
    13.03.2011 às 11:02

    Mônica, como os exames são sensíveis a presença da bactéria Helicobcater pylori, em geral o tratamento é indicado nos casos em que os exames se mostraram positivos. De qualquer forma, o seu médico deve ter experiência e motivos para lhe tratar mesmo com os resultados negativos.

  487. 487 Valeria Hilario
    13.03.2011 às 17:10

    Dr Fernando… Estou desesperada… Descobri ha 3 meses q tenho esofagite grau A Los Angeles e esteatose hepatica grau ! … E o medico me receito antak e motilium… de 12 em 12 horas… O problema e q meu organismo “rejeita” se e q posso usar essa palavra a maioria dos medicamentos.. Tentei com Omeprazol (quase morri de dor de cabeça…) Nexium… me fez mt mal… e agora estou tentando com esses dois por mais ou menos dois meses… e as reaçoes sao… boca seca, uma “bola na garganta” Isso tambem pode ter a ver com uma histerectomia e hernia q fiz em janeiro /11?
    Nao sei mais o q fazer… queria saber se o senhor me atenderia tanto por e-mail quanto se precisasse particular…Aguardo contato… Obrigada Valeria…

  488. 488 Carla
    14.03.2011 às 10:41

    Dr Fernando, bom dia!

    Sinto muita dor no estomago e muitos gazes. Realizei endoscopia e o resultado foi de Pangastrite hiperemica leve/ Urease negativo. Estou me tratando com omeoprazol toda manhã em jejum por um periodo de 30 dias. Gostaria de saber se este tratamento é eficaz e se os gazes são por causa da gastrite ou se posso incluir algum outro medicamento neste caso.

    ATT,

    Carla.

  489. 489 Dr. Fernando Valério
    14.03.2011 às 16:37

    Carla, os gases intestinais não devem ser decorrentes do quadro de gastrite, e devem ser tratados de forma específica. Por razões éticas, não faço indicações de medicamentos através deste espaço.

  490. 490 Dr. Fernando Valério
    15.03.2011 às 17:54

    Valeria Hilario, não acredito que a histerectomia e a cirurgia de hérnia sejam causadores dos seus sintomas atuais.

  491. 491 cátia silva
    15.03.2011 às 19:09

    Dr. Fernando gostaria de de agradecer a sua paciência com todos nós que o acompanhamos pois, mesmo lendo todas as perguntas e respostas o que gostamos mesmo é de uma resposta individual o que o senhor a faz com muita clareza.Agradeço a DEUS por existir pessoas que valorizam a vida humana e fazem jus ao juramento da sua profissão. Este semana farei uma terceira endoscopia ,e certamente farei novas perguntas.Até là fique com DEUS.

  492. 492 Douglas
    15.03.2011 às 20:12

    Doutor, boa noite, fiz o tratamento com as cartelas de pyloriPac e deu certo naum senti mais dores, meu médico receitou tbm o Simeco Plus e o Lanzoprazol eu vinha tomando normalmente e não sentia mais dores,mas neste fim de semana inventei de tomar umas cerveja e uma caipirinha, hoje parece que voltou toda a dor que eu sentia antes.
    O que pode ter acontecido?
    O que eu posso fazer para não doer mais?
    Vou ter q começar o tratamento tudo de novo?

    Um abraço
    Obrigado

  493. 493 Dr. Fernando Valério
    15.03.2011 às 22:33

    Cátia Silva, obviamente as perguntas são na maior parte das vezes repetidas, o que causa um certo acúmulo de respostas semelhantes e um trabalho muito repetitivo para mim. Mas você fez uma boa análise do comportamento humano: todos gostam de sentir especiais, e ter uma resposta individualizada, além da mostra do enorme respeito que tenho por todos que visitam este site, satisfaz este sentimento. O seu comentário foi muito pertinente.

  494. 494 Alberto
    15.03.2011 às 22:38

    Boa noite Dr. Fernando
    Efetuei endoscopia que acusou: hernia hiatal por deslisamento de pequenas proporçoes; gastrite endoscopica enantematosa antral de moderada intensidade; deformidade e sub estenose bulbar e, ulceras bulbares em fase de cicatrizaçao (Sakita H1). Há possibilidade de nao necessitar de tratamento cirurgico? a sub estenose poderia ser fatal?

  495. 495 Dr. Fernando Valério
    16.03.2011 às 00:11

    Alberto, em geral as úlceras são tratadas de forma medicamentosa. No entanto como há um estreitamento na região bulbar (duodeno), que se desenvolveu devido a processos cicatriciais, se o seu esvaziamento gástrico estiver muito comprometido, a cirurgia passa a ganhar espaço.

  496. 496 Dr. Fernando Valério
    16.03.2011 às 00:15

    Douglas, como você deve apresentar uma intolerância a algumas substâncias, como o álcool, apresentou desconforto. Isto não quer dizer que o tratamento para a erradicação da bactéria Helicobacter pylori não foi eficiente.

  497. 497 márcia
    16.03.2011 às 09:44

    Doutor estou com pequenas pedras na vesícula e vou operar o mês que vem,mas esta semana me atacou uma gripe fortíssima e tenho problemas para usar antibióticos tenho até medo da amoxixilina pois quando tomo acordo com pesadelos e coração disparado meu médico é de outra cidade vou vê lo só no dia da cirurgia por favor me ajude…marciabarguena@hotmail.com

  498. 498 márcia
    16.03.2011 às 09:53

    Sou professora de educação aqui em Jales,SP

  499. 499 márcia
    16.03.2011 às 09:55

    Desculpe de Educação infantil,aqui em Jales…

  500. 500 Marina
    16.03.2011 às 17:18

    Estou sentindo desconforto abdominal e dor de estômago. E algumas vezes gosto amargo na boca. Minha consulta com o gastro já está marcada, mas estou preocupada. Obrigada

  501. 501 Marina
    16.03.2011 às 17:21

    Esqueci de complementar: muitas vezes essa dor abdominal irradia para as costas e para os lados inferiores. Tenho problema de gases, porém, estou tomando luftal e não está surtindo efeito

  502. 502 Dr. Fernando Valério
    17.03.2011 às 10:11

    Marina, você realmente deverá procurar a ajuda do seu médico para avaliar as causas do desconforto e dos gases, e obviamente iniciai algum tratamento. Através deste espaço não posso fazer especulações sobre possibilidades diagnósticas.

  503. 503 Dr. Fernando Valério
    17.03.2011 às 10:13

    Marcia, entendo a sua dúvida, mas por razões éticas não tenho como lhe orientar sobre tratamentos medicamentosos neste espaço. Sugiro que entre em contato com o seu médico ou procure um serviço de Pronto Atendimento.

  504. 504 Rafael Almeida
    18.03.2011 às 16:43

    Boa Tarde, Dr. Fernando.

    Minha tia fez uma endoscopia agora e na conclusão apareceu:
    Gastrite crônica moderada;
    Metaplasia Intestinal; incompleta (O que estava destacado em vermelho)
    Hiperplasia foveolar;

    Ha um tempo atrás acho que tinham detectado ja que esla estava com o H pylori.

    Então por causa deste exame estou preocupado devido ao historico familiar de câncer, inclusive ela propria ja passou por um de mama.

    Queria saber o que significam essas conclusões… e se ha algum risco maior. Obrigado desde já.

    Rafael.

  505. 505 Dr. Fernando Valério
    19.03.2011 às 09:28

    Rafael Almeida, a sua tia apresenta um quadro de gastrite, com adaptação da mucosa chamada metaplasia intestinal que deve ser monitorada. A infecção pela bactéria Helicobacter pylori causa estas alterações, e por isso deve ser tratada caso esteja presente. A metaplasia intestinal pode ser um fator predisponente para o desenvolvimento do câncer de estômago, e por isso o acompanhamento é importante.

  506. 506 Patricia
    04.04.2011 às 21:50

    Boa noite

    Fui diagnosticada com ulcera peptica gastrica, e a presença da bactéria Helicobacter pylori, estou tomando no momento ranitidina e omeprazol, mas sinto que não está adiantado, pois continuo com as dores e o estufamento do meu estomago logo depois das refeições, porq será doutor?

    obrigada

  507. 507 Dr. Fernando Valério
    05.04.2011 às 09:34

    Patricia, mais de 90% dos casos de úlcera péptica são causados pela bactéria Helicobacter pylori. Portanto, para a cura da úlcera a bactéria tem que ser erradicada, o que é feito com o uso de antibióticos.

  508. 508 Celio
    07.04.2011 às 17:43

    Dr. Fernando Valerio…
    faz mais de um mês que venho me sentindo muito mal… dores no estomago, vomito, saciedade precoce na alimentação etc.
    fiz uma endoscopia acusou esofagite e gastrite moderada com h pylorri positivo… então tô tomando lanzoprazol e após 4 semanas.. iniciarei o tratamente pra erradicar a bacteria… ainda me sentindo muito mal… voltei ao medico e fiz ultrassom também foi diagnostica duas pedras na vesícula…
    o que mais me intriga Dr. é que tenho mal estar 24hs.. quando não é barriga inchada, e dor no estomago, dor nas costas…a noite não consigo dormir com isso… tenho que recorrer direto aos analgesicos (buscopam composto)que as vezes só alivia um pouco as dores…)nunca tive problema algum de repente vem tudo isso de uma vez só… minha alimentação tá bastante reduzida… e controlada. Tem mais alguma coisa que eu possa fazer pra aliviar essas dores e incomodos… ? desde já agradeço…

  509. 509 Dr. Fernando Valério
    07.04.2011 às 19:38

    Celio, primeiramente será preciso definir a causa dos seus sintomas, se dos cálculos de vesícula ou da gastrite e esofagite. Se ficar claro que a vesícula está causando os sintomas, a cirurgia para retirada deste órgão deverá ser indicada. Caso contrário, você deverá manter o tratamento clínico estabelecido.

  510. 510 cybelle
    08.04.2011 às 00:16

    Olá Dr Fernando,

    Meu irmão tem treze anos, ele fez uma endoscopia digestiva e constatou que ele tem gastrite antral nodular, o que caracteriza esse tipo de gastrite (com relação ao aspecto do trato gástrico), é grave? tem cura ?

  511. 511 juliao
    08.04.2011 às 03:26

    dr tudo bem sinto muitas dores no abdome do lado esuqerdo fis uma endoscopia e deu normal mais a pesquisa para h pylore deu positiva uq quer dizer?

  512. 512 Dr. Fernando Valério
    08.04.2011 às 10:05

    Juliao, saiba que em casos em que a endoscopia digestiva alta não mostrou alterações, mesmo na presença da bactéria Helicobacter pylori, não há indicação de tratamento para erradicar a bactéria.

  513. 513 Dr. Fernando Valério
    08.04.2011 às 10:07

    Cybele, a gastrite antral nodular não é grave, mas necessita de tratamento medicamentoso e dieta adequada. Ocorre no segmento do estômago que mais produz ácido.

  514. 514 kelly
    08.04.2011 às 12:47

    Bom dia Dr.
    Primeiro gostaria de parabenizá-lo pelo site.
    Gostaria de uma opinião. Meu caso é seguinte, eu estava tomando antibióticos para tratamento de sinusite e sonolenta tomei um comprimido sem agua e deitei. Ele causou no esofago uma feriada comprovada por endoscopia digestiva como úlcera. Ocorre que ja estou no 7º dia e as dores são horríveis, não consigo comer nada sólido e até mesmo líquido dói muito quando passa no esôfago, ja perdi quilos e não vejo melhora nas dores. O senhor ja ouviu algum caso parecido? Eu estou fazendo uso de omeoprazol e remédios para dores, deveria estar tratando com algum outro remédio específico para a ulcera? Sabe quanto tempo leva para as dores melhorarem? pois tenho uma viagem programada a tempos e marcada para daqui 7 dias e gostaria de estar bem..
    Por gentileza me responda o mais rápido possivel.
    Obrigada.

  515. 515 kelli
    08.04.2011 às 18:19

    Boa tarde,

    dr. Fernando gostaria de saber se o pantroprazol erradica
    a bactéria H. pylori ou é necessário outro medicamento antibiótico juntamente com o pantoprazol para a bactéria ser erradicada?

    obrigada

  516. 516 Dr. Fernando Valério
    10.04.2011 às 10:04

    Kelli, como a bactéria Helicobacter pylori é muito resistente, há a necessidade de uso de antibióticos para que ela seja erradicada.

  517. 517 Dr. Fernando Valério
    10.04.2011 às 10:07

    Kelly, o seu quadro pode realmente ocorrer, mas em geral é mais associado a alguns alimentos, como espinhas de peixes ou ossos de frangos. De qualquer forma, o quadro pode ser de tratamento mais difícil realmente, já que a úlcera precisa de alguns dias para cicatrizar. Por isso, mantenha uma dieta muito leve, sem alimentos ácidos e condimentos forte. Quanto ao medicamentos, por razões éticas não posso fazer comentários sobre remédios neste espaço.

  518. 518 Priscila
    14.04.2011 às 00:40

    oi doutor tive gastrite a um ano fiz o tratamento e curei mas agora, estou sentindo minha boca muito amarga, seca a garganta doi parece que esta queimada, tenho roquidão e estou perdendo peço o medico mepediu para tomar omeprazol, só que não esta adiantando o quee eu faço e o que pode ser esses sintomas?

  519. 519 maria reginalda de oliveira
    14.04.2011 às 15:20

    Dessa vez é só para agradecer a Deus e o senhor por ter essa paciencia para responder tantas perguntas ! parabens ! mereçe palmas !! mas quero aproveitar e perguntar o seguinte tenho gastrite sem a bacteria segundo a endoscopia mas quando ela tá atacada minha boca fica com um cheiro muito ruim quero saber o que é ? já que quando a gastyrite tá ketinha eu não tenho este cheiro ruijm em minha boca ?

  520. 520 Fernanda
    14.04.2011 às 19:09

    Oi Dr.Fernando
    Fiz a endoscopia digestiva e o resultado foi: Gastrite Erosiva de Antro, com presença da bactéria Helicobacter pylori. Estou tomando omeprazol uma vez ao dia conforme orientação médica, porém as dores no estômago estão cada vez mais fortes, estou perdendo peso e hoje senti gosto de sangue na boca. Gostaria de saber se é algo muito grave, o que devo fazer?
    Desde já agradeço!

  521. 521 Dr. Fernando Valério
    16.04.2011 às 08:48

    Fernanda, saiba que o esquema para o tratamento da infecção pela bactéria Helicobacter pylori deve incluir antibióticos. Quanto ao seu quadro, como você suspeita de um sangramento digestivo, é importante que o seu médico seja avisado.

  522. 522 Dr. Fernando Valério
    16.04.2011 às 08:55

    Maria Reginalda de Oliveira, saiba que o seu quadro pode ser decorrente de problemas gástricos ou apenas de distúrbios alimentares ou algum problema na região bucal.

  523. 523 Dr. Fernando Valério
    16.04.2011 às 09:06

    Priscila, os seus sintomas podem ser decorrentes de refluxo gastroesofágico. Desta forma, acredito que alguns exames de imagem e funcionais podem ser realizados para avaliar de forma mais efetiva o seu quadro. Uma avaliação com Otorrinolaringologista também pode ser interessante.

  524. 524 Raquel Flores
    16.04.2011 às 17:21

    Dr. Fernando Valério,
    Fiz uma endoscopia e deu uma gastrite com uma bactéria H Pylorin, estou fazendo um tratamento com H bacter, tomai os 7 dias os 8 comprimidos e estou tomando em jejum o lanzoprazol, estou muito apreensiva, meu pai teve cãncer no estomago e perdemos ele à 8 anos, estou fazendo certinho o tratamento, não estou comendo carne vermelha, é o correto? não pude ir num médico gastro, não tive condições, fiz tudo com um clínico geral, vc tem alguma dica ou conselho para eu seguir, que posso auxiliar-me ainda mais no tratamento?
    obrigada

  525. 525 Priscila
    16.04.2011 às 23:22

    oi doutor por gentileza pode responder outra pergunta refluxo gastroesofagico, faz o nariz ter ardencia porque quanho eu como passando uma hora meu nariz começa a arder e minha garganta tb, estou com muito medo pois estou fazendo a dieta de forma correta habitos totalmente de acordo com que o medico falou, e ainda por cima tomando medicamento todos os dias, e ainda não esta melhorando, e ainda pior fiz a endoscopia e não constou hernia de hiato, sera que meu caso tem cura? pois fiquei sabendo que refluxo pode dar cancer tanto no esofago quanto na laringe ou faringe, o que eu faço doutor só tenho 22 anos de idade, isso vem me incomodando demais, eu sinto esses sintomas praticamente 24 horas por dia, o doutor me explicou que exames de imagem e funcionais podem me ajudar como é feito esses exames? agradeço pela atenção doutor e obrigada mesmo por responder minhas perguntas.

  526. 526 Dr. Fernando Valério
    17.04.2011 às 08:58

    Priscila, o refluxo gastroesofágico pode causar manifestações atípicas, como sinusite, rinite e bronquite. No entanto, para se determinar que ele é a causa destes sintomas, alguns exames funcionais devem ser realizados, como a manometria e a pHmetria esofágicas.

  527. 527 Dr. Fernando Valério
    17.04.2011 às 09:06

    Raquel Flores, em relação ao tratamento para a infecção pela bactéria Helicobacter pylori, mantenha o uso correto dos medicamentos, e tenha uma dieta adequada.

  528. 528 Talita
    19.04.2011 às 14:57

    Olá dr. gostaria de saber se é normal os gases, fui ao gastro e ele me recomendou fazer a endoscopia…porém ele ja falou que é bem provável que tenho a bactéria.
    Gostaria de saber o que poderia fazer para conter os gases intestinais.
    Grata.

  529. 529 Dr. Fernando Valério
    20.04.2011 às 00:34

    Talita, antes de saber como tratar os gases intestinais será preciso entender o que causa tais sintomas. Desta forma, você deve discutir com o seu Gastroenterologista alguma causa para o aumentos dos gases intestinais.

  530. 530 carla moerbeck
    20.04.2011 às 21:29

    Boa Noite Doutor…
    Gostaria de saber se a bacteria pode causar dores no intestino pois em outubro fiz endoscopia e deu positivo para a bateria. Mas, tenho sentido dores no lado esquerdo do abdomen e sinto muito sensibilidade no meu intestino,parece que sinto quando ele se movimenta e tenho sentido muita queimação no estomago além dessas dores e a sensação de gases imtestinais. Fiz uma tomografia recentemente para ver a respeito da dor e não deu nada no meu intestino o que pode ser? Desde já agradeço pela atenção e aguardo resposta pois estou muito apreensiva a esse respeito.

  531. 531 Dr. Fernando Valério
    21.04.2011 às 00:36

    Carla Moerbeck, saiba que a bactéria Helicobacter pylori causa desconforto intestinal.

  532. 532 Adriano
    22.04.2011 às 12:38

    ola doutor. Quero saber se verme pode causar ardor no nariz, ou até gases que saem do nariz parece que queima, gastrite e dor na garganta.

  533. 533 Dr. Fernando Valério
    22.04.2011 às 21:08

    Adriano, as infecções por parasitas intestinais podem causar gases intestinais, mas não causam desconforto nasal como o descrito por você.

  534. 534 Adriano
    23.04.2011 às 22:58

    doutor geralmente tô sentindo um ardor forte no nariz e na garganta parece que fica saindo um gas que irrita a garganta e o nariz, o medico desconfiou de refluxo porem não tenho regurgitação, somente um gas que fica saindo, sinto até ele na boca, estou tomando omeprazol e mantendo alimentação de forma correta, mas os sintomas persiste, a boca fica amarga direto. sera que tenho chance de precisar operar pois os sintomas é praticamente 24 horas por dia. obrigado por me responder fc com Deus

  535. 535 Dr. Fernando Valério
    24.04.2011 às 23:08

    Adriano, para avaliar melhor a possibilidade de refluxo gastroesofágico, seria interessante que você realizasse exames específicos para esta doença, como a pHmetria e a manometria esofágica.

  536. 536 cleusa
    25.04.2011 às 15:27

    Dr Fernando gostei muito do seu texto e das respostas dadas paras as perguntas com respeito as doenças e tratamentos .Fiz uma endoscopia e o resultado foi gastrite com H.pyori.Vou iniciar tratamento dia 27 abril 2011.
    Espero ser bem sucedida e conto com este apoio pela internet.
    Ate breve!

  537. 537 Anita
    25.04.2011 às 19:58

    Doutor desde julho do ano passado tive uma crise de nervos muito forte e de lá para ca tenho sentido os seguintes sintomas: nauseas, mal estar, e as vezes azia não sinto dor alguma no estomago a não ser quando tomo algum remédio não todos a médica me indicou uma endoscpia alta e confesso que estou c medo depois de tudo que eu li sobre o tratamento não quero ficar ainda pior caso tenha alguma coisa no estomago, me ajude obrigada

  538. 538 Dr. Fernando Valério
    26.04.2011 às 00:23

    Cleusa, desejo sucesso em seu tratamento para o controle da gastrite e erradicação da bactéria Helicobacter pylori.

  539. 539 Dr. Fernando Valério
    26.04.2011 às 00:30

    Anita, caso o exame mostre que existe a infecção pelo Helicobacter pylori o recomendado é que o tratamento seja efetuado. De qualquer forma, saiba que uma enormidade de sintomas digestivos podem ser desencadeados por fatores emocionais.

  540. 540 elenilda
    27.04.2011 às 17:10

    Boa tarde dr.fernando sou elenilda ,tem mas de 2 anos que sinto muita dor de estômago , queimando; entâo resumindo fiz um exame de endoscopia particular , porque aqui médico nessa aréa é dificil para encaminhar, hoje preciso da sua ajuda, o resultado veio o seguinte;
    CONCLUSÂO:
    GASTRITE CRÔNICA INTENSA DE ANTRO APRESENTADO:
    -ATIVIDADE INFLAMATÓRIA ACENTUADA;
    -HIPERPLASIA FOLICULAR;
    -EROSÂO
    -PESQUISA DE H.pylori POSITIVA ( GRANDE NUMERO DE BACTÉRIAS)
    DR. FERNANDO me ajude com esse resultado , pois moro em um interior de ALAGOAS e medico aquí nessa area é dificil ;obrigado por ler o meu comentario; que Deus te abençôe sempre.

  541. 541 CARLOS
    27.04.2011 às 22:16

    CARO DR. FERNANDO VALERIO GOSTARIA DE SABER PQ A MAIS DE 01 ANO EU FIU A UM MEDICO EM MINHA CIDADE POIS EU VINHA SENTIDO VÁRIAS DORES NO ESTOMAGO E MUITA AZIA JÁ ACORDAVA COM AZIA NA EPOCA EU TINHA 23 ANOS E ELE MIM DIAGNOSTICOU GASTRITE SEM MIM MANDAR FAZER NENHUM EXAME, E MIM PRESCREVEU PARA TOMAR 90 DIAS OMEMPRAZOL EM JEJUM FIZ TODO O TRATAMENTO E ATÉ O DIA DE HOJE NUNCA MAIS FIU A UM MEDICO, DURANTE ESTES TRÊS MESES PAREI DE BEBER, GOSTO DE BEBER FINAIS DE SEMANA, E DEPOIS DISSO FIQUEI TOMANDO O OMEMPRAZOL SEMPRE QUE VOU BEBER EU TOMOR DE MANHÃ GOSTARIA DE SABER DO SENHOR SE ISSO PODERA MIM FAZER MAU NO FUTURO, AGORA PARA ENCERRAR SEMPRE QUE BEBO NO OUTRO DIA BOTO PRA VOMITAR E PRA PARAR É DIFICIL, E O PIOR VENHO SENTINDO DORES CONSTANTES NA REGIÃO DO ABDOMEM O QUE PODERÁ SER? POR FAVOR FICAREI GRATO COM SUA RESPOSTA.

  542. 542 Dr. Fernando Valério
    27.04.2011 às 23:55

    Elenilda, o seu exame mostrou a presença de gastrite crônica causada pela presença de bactéria Helicobacter pylori. Para tratar a inflamação do seu estômago será necessário o uso de antibióticos e de medicamentos que diminuam a produção de ácido pelo estômago.

  543. 543 Dr. Fernando Valério
    27.04.2011 às 23:58

    Carlos, para o melhor entendimento do seu caso seria interessante que você procurasse a ajuda de um Gastroenterologista, e que se possível, realizasse exames específicos para este problema.

  544. 544 Ivaneuza
    28.04.2011 às 15:26

    Dr. me ajude por favor !

    fiz uma endoscopia e acusou: Esofagite erosiva grau a do sistema los angeles,

    Gastriste do ntro erosiva leve,

    Gastroteste positivo.
    só que o medico, me receitou nexium 40 mg, usei por 28 dias… continuo tendo azia e refluxo e as vezes um pouco de dor.

    gostaria de saber se é preciso tomar outro medicamento.

  545. 545 Adriano
    28.04.2011 às 16:44

    oi doutor, quero fazer mais um tipo de pergunta. Deste criança até hoje com 22 anos tinha um costume de ficar chupando minha propria lingua, queria saber esse habito pode me trazer algum problema serio ou até mesmo um refluxo gastrico.OBS glandula salivares, aquela que fica no maxilar fica inchada ja faz oito meses e ela não some e nem doi o que poderia ser? já que meus dentes do siso nasceu. obrigado

  546. 546 Jacinta
    29.04.2011 às 18:16

    tenho problema de gastrite, refluxo e a bacteria hp, posso fazer o uso de azeite na salada ?

    tenho tbm aceleração do coração constante, tem haver com problema gastrico ?

    agradeço !

  547. 547 Priscila
    29.04.2011 às 23:29

    doutor minha medica falou que iria passar para mim o exame de raio x para ver se tenho refluxo, esse exame realmente consta se a pessoa tem refluxo? ou

  548. 548 maria
    29.04.2011 às 23:38

    Dr. Fernando , tenho diabetes tipo 1 e em outubro de 2010 fiz um tratamento para acabar com h.pylori e pelo visto acredito que ainda estou com a bacteria, fiz endoscopia em abril de 2011 e gostaria que vc me explicasse o resultado:

    1- antro:fragmentos de mucosa gastrica de padrao antral com gastrite cronica leve em atividade e sem atipias.nao ha metaplasia intestinal ou displasia. nas foveolas ha discreta populaçao de bacilos compativeis com h.pylori.

    2- corpo: fragmentos de mucosa do corpo gastrico com gastrite cronica leve em atividade e sem atipias.nao ha metaplasia intestinal ou displasia. nas foveolas ha discreta populaçao de bacilos compativeis com h.pylori.
    d/f

    Já estou com a consulta agendada com o gastro. obrigada.

  549. 549 cybelle
    30.04.2011 às 13:06

    Dr. Fernando quais são os antibioticos usados na combate da h. pylori. o tratamento é longo?

  550. 550 atacilio
    30.04.2011 às 20:49

    Dr, fiz um endoscopia…
    acusou: ESOFAGITE EROSIVA GRAU A DO SISTEMA LOS ANGELES
    GASTRITE DO ANTRO EROSIVA LEVE
    GASTROTESTE POSITIVO.

    O medico me passou o nexium 40, mas continuo com mesmo os sintomas de antes,azia, refluxo e enjou.
    e preciso tomar outros medicamentos

  551. 551 Miraci
    01.05.2011 às 02:00

    Olá Dr.Fernando;

    Fiz uma endoscopia digestiva alta solicitada por uma especialista em otorrinolaringologia e o resultado foi Gastrite enantematosa antral com aspecto nodular e teste de urease positivo. Foi prescrito pela médica o médicamento omepramix. Fique preocupada com o termo “Aspecto nodular”. Isso pode ter algo a ver com câncer? Preciso procurar um gastro ou simplesmente dou segmento ao tratamento e ao terminar repetir a endoscopia conforme solicitado por ela?

  552. 552 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 08:24

    Ivaneuza, em geral se recomenda que a infecção pela bactéria Helicobacter pylori seja tratada, mesmo em casos de dispepsia funcional, como pode ser o seu. Discuta este ponto com o seu médico.

  553. 553 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 08:31

    Adriano, o refluxo gastroesofágico não é causado pelo seu hábito, e sim por distúrbios na musculatura e anatomia da região de transição entre o estômago e o esôfago.

  554. 554 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 08:45

    Jacinta, o azeita em pequenas quantidades é um alimento interessante e pode ser usado.

  555. 555 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 08:59

    Priscila, existe um exame radiológico chamado esofagogastroduoenografia, e que pode mostrar o refluxo, mas desde que este tenha intensidade moderada a severa. Existem exames mais sensíveis para o diagnóstico de refluxo gastroesofágico.

  556. 556 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 09:03

    Maria, o seu exame mostra que você ainda apresenta um quadro de inflamação do estômago e que a bactéria Helicobacter pylori está presente.

  557. 557 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 09:12

    Cybelle, por razões éticas não comento sobre remédios neste espaço, evitando assim a automedicação. Os tratamentos variam de 7 a 14 dias.

  558. 558 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 09:16

    Atacilio, como parece que você tem uma infecção gástrica relacioanada à bactéria Helicobacter pylori, alguns médicos recomendam o tratamento desta infecção, o que é feito com antibióticos. Discuta esta possibilidade com o seu médico.

  559. 559 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 09:21

    Miraci, não se preocupe, este aspecto nodular é apenas um tipo de gastrite muito relacionado à infecção pela bactéria Helicobacter pylori.

  560. 560 Renata
    01.05.2011 às 10:05

    Olá Dr. Fernando, estou me preparando para começar o tratamento com o PyloriPac, estou um pouco com medo…não sinto qualquer desconforto estomacal, mas a bactéria está lá…conforme endoscopia e biópsia. Mas gostaria de saber se essa bactéria pode gerar uma secreção nas vias respiratórias de modo a provocar eventualmente uma espécie de bloqueio ou parada respiratória…Venho sentindo isso e estou investigando, mas ainda sem respostas. Gostaria de saber se isso pode ter relação com a dita bactéria.

    Agradeço explicação. Renata.

  561. 561 Dr. Fernando Valério
    01.05.2011 às 10:35

    Renata, a bactéria Helicobacter pylori não causa aumento ou produção de secreção respiratória.

  562. 562 Teresa
    01.05.2011 às 11:57

    Dr. Valério, eu e minha filha sentimos aceleramentos no coração constantemente e a pressão arterial está controlada,
    isso tem haver com problemas cardiacos ?

  563. 563 Priscila
    01.05.2011 às 20:57

    doutor não sei se meu refluxo é grave pois ele atinge minha garganta e arde meu nariz, e as vezes sai pigarro com sangue, as vezes minha boca fica parecendo que tem oleo amrgo que começa a arder minha gengiva e boca então não sei o grau do meu refluxo, mesmo usando omeprazol, sera que isso tem cura doutor? o medico não me passou nenhum remedio alem do omeprazol sera que devo tomar outro pra auxiliar no tratamento?

  564. 564 Dr. Fernando Valério
    02.05.2011 às 10:44

    Priscila, o seu refluxo gastroesofágico é muito intenso. Para o tratamento de refluxos como o seu existem diversas alteranativas medicamentosas e de cuidados com a dieta. Caso este tratamento clínico não seja eficiente, você poderá necessitar de um procedimento cirúrgico.

  565. 565 Dr. Fernando Valério
    02.05.2011 às 11:00

    Teresa, a taquicardia pode ser decorrente de uma série de fatores, desde emocionais até problemas de arritmias. Procure um Cardiologista.

  566. 566 Uinter
    04.05.2011 às 17:55

    Dr. gostaria de saber se o uso de 2 à 4 cigarros diários pode atrapalhar no tratamento Pylori pac.

  567. 567 Micaela
    04.05.2011 às 20:52

    Drº Descobrir que estava com úlcera duodenal. Fiz o tratamento e menos de um ano fiquei boa. Mas a gastrite ainda continua está mas leve.
    Mas infelizmente, não conseguir eliminar com a bacteria H.Pylori , pois tenho alergia a amoxilina. Já fiz uma combinação não deu certo. Agora estou usando omeprazo+levofroxaciono e Giarlam. Mas o efeito colateral do giarlam é horrivel. Passa mal o dia todo vontade de vomitar, tontura fico pálida e sem disposição. Vou usar durante 14 dias essa combinação pode ser eficaz. Estou desesperada a H.pylori pode tornar algo pior.

    Obrigada.
    Parabéns pelo site.

  568. 568 Micaela
    04.05.2011 às 20:54

    Drº sera que posso tomar dramim para diminuir a vontade de vomitar e tonturas.

  569. 569 Dr. Fernando Valério
    05.05.2011 às 16:08

    Micaela, é importante que você erradique a bactéria Helicobacter pylori, visto que você já apresentou uma úlcera em decorrência da presença dela. Quanto aos efeitos colaterais, infelizmente estes esquemas de antibióticos apresentam tais transtornos. De qualquer maneira, peça ao seu médico que lhe oriente sobre medidas para controle dos efeitos colaterais.

  570. 570 Dr. Fernando Valério
    05.05.2011 às 16:13

    Uinter, os cigarros podem lhe trazer diversas complicações durante a vida, mas quanto ao seu tratamento, saiba que este vício pode prejudicar o seu mecanismo de cicatrização, e por isso deveria ser evitado durante o tratamento.

  571. 571 Beatriz
    06.05.2011 às 01:17

    Dr. Valério, pelo amor de Deus me ajude a saber se o que minha mãe tem é grave, a biopsia só sai dia 26
    1.esofagite erosiva los angeles a
    2. gastrite antral erosiva leve
    3, pequena lesao gastrica elevada submucosa.pancreas ectopico?

    essa lesao é o que me preocupa, o que significa isso? estou em prantos…

  572. 572 Dr. Fernando Valério
    08.05.2011 às 10:22

    Beatriz, a esofagite e a gastrite são apenas processos inflamatórios e não são graves. Quanto ao pâncreas ectópico, ele representa um resquício do período embriológico, e não representa qualquer gravidade.

  573. 573 maria
    08.05.2011 às 17:45

    Dr.obrigada pela resposta. Só me esclarece uma dúvida (resultado do exame) meu medico passou motilium e omeprazol, e continuo com dores e prissão de ventre, mas nao me passou nada para acabar com a bacteria, deveria ter repetido o tratamento com pyloripac (tomei em novembro de 2010) ou o tratamento é outro? Estou pensando em consultar outro profissional.

    tenho diabetes tipo 1 e em outubro de 2010 fiz um tratamento para acabar com h.pylori e pelo visto acredito que ainda estou com a bacteria, fiz endoscopia em abril de 2011 e gostaria que vc me explicasse o resultado:

    1- antro:fragmentos de mucosa gastrica de padrao antral com gastrite cronica leve em atividade e sem atipias.nao ha metaplasia intestinal ou displasia. nas foveolas ha discreta populaçao de bacilos compativeis com h.pylori.

    2- corpo: fragmentos de mucosa do corpo gastrico com gastrite cronica leve em atividade e sem atipias.nao ha metaplasia intestinal ou displasia. nas foveolas ha discreta populaçao de bacilos compativeis com h.pylori.
    d/f

  574. 574 Dr. Fernando Valério
    08.05.2011 às 18:41

    Maria, em relação à infecção pelo Helicobacter pylori, se houve resistência no primeiro tratamento, e se objetiva erradicar a bactéria, um novo esquema terapêutico deve ser proposto.

  575. 575 Beatriz
    08.05.2011 às 23:31

    Dr. Valério muito obriga por me tranquilizar, hoje é dia das mães e chorei muito preocupada com ela, com essa biopsia da lesão elevada…
    Entao posso me acalmar né, que essa lesão não é um inicio de cancer?!
    muito obriga, Deus o abençoe muito por ajudar pessoas aflitas, se todos os medicos fossem assim humanos e atencioso teriamos um mundo muito melhor

  576. 576 maria
    09.05.2011 às 23:07

    Dr. desculpe a insistencia, mas esse novo esquema terapeutico seria novamente o pyloripac ou outros antibioticos? estou apreensiva porque o tratamento é horrível e gostaria de tirar minhas duvidas pois a minha consulta com o gastro vai demorar um pouquinho. Obrigada.

  577. 577 Dr. Fernando Valério
    09.05.2011 às 23:56

    Maria, os medicamentos antibióticos devem ter um esquema diferente daquele que não obteve um resultado esperado.

  578. 578 Thais
    10.05.2011 às 17:09

    Oi;
    Fui fazer um exame “diagnóstico anatomopatológico” da mucosa duodenal,por suspeita de gastrite,o diagnóstico foi “5 fragmentos de tecido de forma irregular,pardo-claros e pouco firmes,sendo o maior de 1,0×0,2 cm”.Fiquei assustada por não entender o que significa.O senhor poderia me explicar?
    Obrigada.

  579. 579 Dr. Fernando Valério
    11.05.2011 às 00:08

    Thais, esta é apenas a descrição do material de biópsia enviado ao laboratório.

  580. 580 SHEILA FREITAS
    11.05.2011 às 10:41

    Dr. FERNANDO,

    Fiz endoscopia e a conclusão foi: ESOFAGITE NÃO EROSIVA DISTAL; LESÃO POLIPÓIDE DE ESÔFAGO DISTAL; PÓLIPO DE ANTRO YAMADA III (8mm); PANGASTRITE ENDOSCÓPICA ENANTEMATOSA MODERADA; REALIZADAS POLIPIECTOMIA DE ESÔFADO DISTAL; CORRELACIONAR COM ANÁTOMO-PATOLÓGICO; REALIZADO TESTE DE UREASE:NEGATIVO, e foi sugerido a realização de polipectomia com eletrocautério.

    Fiquei preocupada, pois sinto muita azia e “bolo alimentar”, e recentemente, dores muito fortes. Gostaria de saber sua opinião sobre esse resultado, pois já foi marcado a Polipectomia com eletrocautério para a próxima semana. Obrigada.

  581. 581 Karlla
    12.05.2011 às 11:58

    Dr Fernando, bom dia!

    Acabei de pegar meu exame de endoscopia, e deu que estou com
    gastrite enantematica e nodular leve de antro e positivo para h pylori, o que quer dizer exatamente?, meu retorno no médico só é semana que vem e fiquei preocupada.Muito grata.

  582. 582 Dr. Fernando Valério
    12.05.2011 às 16:02

    Karlla, o seu exame mostra um tipo de inflamação do estômago que geralmente é causada por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. O tratamento é feito com antibióticos e com medicamentos que diminuam a acidez do estômago.

  583. 583 Dr. Fernando Valério
    12.05.2011 às 16:48

    Sheila Freitas, como foi encontrada lesão no seu esôfago, ela deve ser retirada. Quanto ao resto do exame, mostra inflamação do esôfago e estômago, e que são compatíveis com o seu quadro.

  584. 584 Thais
    13.05.2011 às 23:53

    Parabéns pela iniciativa e pelo site,que é ótimo.Obrigada pelo esclarecimento.Abraço.

  585. 585 andreia
    14.05.2011 às 11:04

    dr. todos que tem esofago de barret são obrigados a operar?
    grata

  586. 586 Laurus Emanuel
    16.05.2011 às 16:28

    Dr. Fernando

    fiz uma endoscopia a uma semana e acusou a bacteria h pylori e e uma gastrite leve, meu pai faleceu em 99 com cancer de estomago com 53 anos.
    desde 1999 já fiz esse exame 3 vezes e não acusava porque to
    mava omeprazol, no ultimo a dra me pediu para parar com o medicamento três meses antes do exame, apareceu a h pylori,
    a + ou – 2 anos venho me sentindo mal tendo também prisão de
    ventre as vezes fico até 12 dias sem evacuar.
    será que é por causa da bactéria?
    tenho 38 anos

    (muito obrigado pelo seu blog é muito nescesário)
    vila velha es

  587. 587 Laurus Emanuel
    16.05.2011 às 16:41

    dr fernando

    resalvo que até 2 anos atras sempre evacuava as 6 da manhã
    regularmente.

    obrigado

  588. 588 Dr. Fernando Valério
    16.05.2011 às 20:46

    Andreia, a tendência atual em relação ao esôfago de Barrett é o tratamento medicamentoso usado de forma contínua. A cirurgia é utilizada em casos de exceção.

  589. 589 Dr. Fernando Valério
    16.05.2011 às 20:47

    Thais, agradeço o seu comentário em relação a este blog. Foi muito gentil e motivador.

  590. 590 Dr. Fernando Valério
    16.05.2011 às 23:54

    Laurus Emanuel, devido ao seu histórico familiar de câncer de estômago, é recomendado tratamento com antibióticos para a erradicação da bactéria. Quanto à constipação, ela não tem relação com a infecção bacteriana.

  591. 591 Vivian
    30.05.2011 às 23:28

    Dr. Fernando,
    Fiz tratamento p h.pylori e agora após ultrassom descobri múltiplos cálculos na vesícula. Tive algumas cólicas. O h.pylori tem relação com os cálculos? Vou marcar a cirurgia breve, tenho medo de complicar, já q depende do que como tenho dores fortes. Parabéns pelo site.. obrigada!

  592. 592 Dr. Fernando Valério
    02.06.2011 às 00:29

    Vivian, o quadro de cálculo de vesícula biliar não está associado a presença da bactéria Helicobacter pylori.

  593. 593 Letícia
    06.07.2011 às 14:37

    Boa tarde Dr.Fernando!

    Primeiramente quero parabeniza-lo pelo site, muito informativo, gostei muito!

    Estou com uma preocupação muito grande, pois meu pai está tendo constantes arrotos e com gosto de sangue, inclusive há mais ou menos um mês e meio atrás ele teve infarto, gostaria de saber o que provavelmente possa ser?

    Até mais,

    Letícia Simão.

  594. 594 Dr. Fernando Valério
    08.07.2011 às 11:09

    Leticia, toda suspeita de sangramento digestivo deve ser avaliada, ainda mais em pessoas idosas. Procure um Cirurgião do Aparelho Digestivo ou Gastroenterologista para atendê-lo formalmente.

  595. 595 Letícia
    12.07.2011 às 16:04

    Boa tarde!

    Obrigada Dr. Fernando.

  596. 596 Dr. Fernando Valério
    19.08.2011 às 17:27

    Caro visitante deste blog, primeiramente agradeço o seu interesse em relação aos assuntos médicos publicados neste espaço. Quanto às suas dúvidas complementares, de acordo com a determinação do Conselho Federal de Medicina publicada neste data no Diário Oficial, é vedado a qualquer médico prover assistência médica à distância, seja ela por telefone ou internet. Desta forma, seguindo as recomendações do Conselho que rege a minha profissão, não responderei a perguntas individuais e que possam caracterizar consultas médicas “on line”. Sendo assim, em caso de necessidade de acompanhamento médico e de busca de informações sobre saúde, todo indivíduo deverá realizar consulta médica formal e pessoal com profissional da sua confiança. De qualquer maneira, tenho certeza que os artigos publicados neste blog já são muito explicativos e úteis à Sociedade. Grato pelo entendimento da questão aqui exposta.

  597. 597 joice dayane
    02.01.2013 às 14:57

    Dr. minha primeira endoscopia acusou h.pylori,esofagite,gastrite fiz o tratamento com pyloritrat e dieta na segunda endoscopia acusou h.pylori negativo e pangastrite hiperemica discreta. O problema é que faz 5 meses que vomito todo dia tudo me enjoa estou desesperada e dores fortes no lado direito do abdomen fiz ultrassom deu tudo normal gostaria de saber se meus vomitos tem a ver com a pangastrite?

  598. 598 Dr. Fernando Valério
    03.01.2013 às 15:12

    O termo gastrite significa que há uma inflamação da mucosa do estômago. Quanto toda a mucosa do estômago está inflamada, passamos a chamá-la de Pangastrite. Assim como a própria gastrite, a pangastrite pode causar sintomas de dispepsia (má-digestão), como dor de estômago, náusea, vômitos, sensação de plenitude pós alimentação (empachamento), refluxo, saciedade precoce. O diagnóstico da gastrite é estabelecido com a endoscopia digestiva alta, e se necessário, a realização de biópsia. Após estabelecido o diagnóstico, cabe ao médico indicar o melhor tratamento, as causas da gastrite e a orientação de dieta.

  599. 599 Magda
    03.01.2013 às 23:52

    Olá Dr,.
    Tenho as seguintes dúvidas:
    No mês passado, em Dezembro me consultei com um Gastro, e contei-lhe do meu caso, estava sentindo muita queimação no estomâgo e queria saber o que era, com uma sério de perguntas ele concluiu que 50% seria tudo problema de ansiedade (o que ja foi comprovado pelo neurologista que fui a um tempo atras). Ok, mesmo assim ele me passou uma série de exames como, endoscopia, ultrasom abdominal, int. a lactose…. No retorno com ele, ele constratou que na endoscopia havia dado: GASTRITE ONDULAR e a bactéria H.Pylori… Ae ele me passou aquele esquema de remedios, que toma 8 por dia durante uma semana e continua com omeprazol por 28 dias.
    Minha dúvida é: Essa gastrite que deu em mim, é séria ? ( numa escala de 1 a 100 )
    Os remédios que estou tomando realmente matam essa bactéria ou apenas bloqueiam ela no estomago para que não possam mais produzir alguma coisas maligna ??? Ela realmente morre?
    E por ultimo, como vou passar se os remedios que tomei mataram/bloquiaram essa bacteria??? havera outra endoscopia ou o que ??

    Adorei o Blog, parabéns!

  600. 600 Dr. Fernando Valério
    04.01.2013 às 09:09

    A infecção pela bactéria Helicobacter pylori é adquirida em geral em locais com comprometido saneamento básico. Depois de infectado, o paciente pode permanecer assintomático ou evoluir para quadros de gastrite e úlcera de estômago e duodeno (úlcera péptica). O diagnóstico e controle do tratamento da infecção pela bactéria Helicobacter pylori é feito através de endoscopia digestiva alta com biópsia, teste respiratório, exame de fezes e exames de sangue. O tratamento consiste na utilização de um esquema chamado tríplice, em que se usam dois antibióticos e uma medicação que diminua a produção de ácido clorídrico pelo estômago.

  601. 601 Andreza
    05.01.2013 às 02:46

    Olá Dr.Fernando…
    Gostaria muito de tirar uma dúvida… Pois estou muito preocupada com o resultado do meu exame. No qual consta: Conclusão… Pangastrite crônica e aguda atrófica com Metaplasia intestinal incompleta.
    Isso seria início de um câncer? Com o tratamento ele pode ser curado?
    Grata

  602. 602 Dr. Fernando Valério
    07.01.2013 às 10:49

    A infecção pela bactéria Helicobacter pylori pode gerar uma série de alterações na mucosa do estômago, como a úlcera, a gastrite crônica, a gastrite atrófica, a atrofia gástrica e metaplasia intestinal. O importante é saber que estas são lesões benignas, mas que devem ser tratadas e acompanhadas com endoscopia digestiva alta.

  603. 603 Juliana
    07.01.2013 às 23:18

    Boa Noite Dr. Fernando,

    A endoscopia do meu marido mostrou positiva para Helicobacter pylori, pesquisando sobre o assunto em outros sites eu encontrei informações que essa bactéria pode ser transmitida pela saliva, essa informação está coerente?

    Grata pela atenção!

  604. 604 Dr. Fernando Valério
    08.01.2013 às 22:28

    A bactéria Helicobacter pylori é transmitida em geral por via fecal-oral, e por isso tem relação com a falta de saneamento básico. Por isso, o Helicobacter pylori não se transmite por beijos, uso de talheres ou de copos.

  605. 605 Juliana
    12.01.2013 às 13:21

    Dr. Fernando, apresentei uma dor no esôfago ao ingerir alimentos e liquidos, juntamente com azia. Fui medicada com pantoprazol e domperidona. Depois de 15 dias comecei a tomar omeprazol num lugar do pantoprazol, e continuei a domperidona. Surgiu uma dor insuportavel, como uma colica na parte mais inferior do estomago e azia. Fiz a endoscopia. Porem, observei o resultado da biopsia 30 horas depois e não 24 horas, e o liquido estava rosa. Meu médico resolveu me receitar o tratamento para a bacteria H.Pylori. Interrompi o omeprazol e a domperidona ontem, hoje a dor cessou. Mas mesmo assim começarei o tratamento amanhã, por 15 dias. Gostaria que vc me tirasse uma dúvida. Caso eu não esteja com a bacteria, esse tratamento pode ser prejudicial?
    Obrigada!

  606. 606 Juliana
    12.01.2013 às 13:23

    Esqueci de comentar, exceto o resultado da bacteria, a endoscopia foi toda normal.

  607. 607 Dr. Fernando Valério
    13.01.2013 às 09:45

    A bactéria Helicobacter pylori pode apresentar causar quadro de gastrite e úlcera pépticas, e obviamente deve o tratamento deve ser realizado buscando a sua erradicação. Para isto, é necessário que primeiramente exista o diagnóstico de infecção pela bactéria, o que pode ser feito por vários métodos, como a endoscopia digestiva alta (teste da urease e biópsia), teste respiratório, exame de sangue e de fezes.

  608. 608 ROSILENE MENÇOR
    13.01.2013 às 13:54

    Dr. Fernando,não tenho a bactéria H.Pylori,mas estou com metaplasia e hiperplasia foveolar. Gostaria de saber se isso de um momento para o outro vir a ser uma displasia ou até mesmo uma neoplasia malígna?

  609. 609 Luciano Figueiredo
    16.01.2013 às 10:53

    Caro Dr. Li varias das postagens desta pagina, porém, dentre tantas nao consegui esclarecer todas as minhas duvidas. em virtude de ANEMIA FERRORPIVA, fiz um endoscopia digestiva alta que acusou ESOFAGITE EROSIVA. já a biopsia acusou a presença de H Pylori Positiva (++/3), além de Gastrite cronica ativa leve, com acumulo linfoide e Ausencia de metaplasia intestinal e atrofia glandular. O que isso quer dizer?
    Grato desde ja pela atenção.

  610. 610 Daniele
    16.01.2013 às 15:04

    Ola DR.Fernando,eu fiz uma endoscopia,a conclusão foi o seguinte:Gastrite leve e positivo p/ bacteria H.P.
    Comecei o tratamento na segunda feira c/ antibioticos,1 omeprazol de dia e 1 noite,2 amoxicilina de dia e 2 noite e 1 claritomicina de dia e 1 noite,sinto um gosto amargo na boca,estou c/ diarréia me sinto estranha,arrotos,e de vez enquando meu estomago fica fazendo uns barulhos,e tenho perca de sono… vou fazer o tratamento durante 14 dias,esses sintomas é normal? Aguardo ansiosa a resposta,desde ja agradeço!

  611. 611 Daniele
    16.01.2013 às 21:32

    DR.eskeci de mencionar que ja perdi 6 kilos,a perda de peso tem haver com a bacteria,agora eu estou comendo normalmente,mas paresse q continuo a emagrecer,o DR.pode estar me explicando o q deve estar acontecendo.

  612. 612 Dr. Fernando Valério
    22.01.2013 às 13:50

    A metaplasia intestinal pode ocorrer no estômago e representa uma alteração celular que pode evoluir para a displasia das células do estômago. Um grande causador deste problema gástrico é a infecção pela bactéria Helicobacter pylori. No entanto, há casos em que a metaplasia se desenvolve se a infecção e geralmente está associada a quadro de gastrite crônica. O importante nestes casos sem a presença do Helicobacter pylori é o tratamento da gastrite e o acompanhamento da lesão com a Endoscopia Digestiva Alta.

  613. 613 Dr. Fernando Valério
    22.01.2013 às 14:35

    A esofagite é a inflamação da mucosa do esôfago, e quando apresenta feridas chamadas erosões, denomina-se esofagite erosiva. O termo gastrite refere-se à inflamação da mucosa do estômago, e que pode ser causada pela infecção por uma bactéria chamada Helicobacter pylori. A gastrite causada por esta bactéria pode evoluir para uma gastrite crônica, para a gastrite atrófica, atrofia gástrica e metaplasia intestinal (alteração celular).

  614. 614 Dr. Fernando Valério
    22.01.2013 às 14:51

    A infecção pela bactéria Helicobacter pylori requer um tratamento com antibióticos e medicamentos que diminuam a acidez do estômago. O uso destes antibióticos podem causar inúmeros efeitos colaterais, até mesmo digestivos.

  615. 615 ana celia borges ribeiro
    27.01.2013 às 20:25

    Dr. Fernando Valério,

    Há 8 meses fiz uma endoscopia digestiva alta e acusou H pylori. Fiz o tratamento dom pyloripac retrata por 10 dias e após 4 meses repeti a endoscopia, acusando novamente a presença da bactéria. O medico me receitou Tamiran 500, 10 comprimidos; Claritromicina 500, 20 comprimidos e Lanzoprazol 30, 20 comprimidos. Como não encontrei os medicamentos com a nomenclatura receitada o farmaceutico substituiu o Tamiran por Levofloxacino e o Lanzoprazol por Omeprazol, está correto?

  616. 616 Dr. Fernando Valério
    28.01.2013 às 10:41

    A bactéria Helicobacter pylori apresenta-se como uma infecção crônica no estômago, e que deve ser tratada com antibióticos. Existem alguns esquemas de tratamento desta bactéria, e que são prescritos pelos médicos que acompanham cada caso.

  617. 617 Marlísia
    21.02.2013 às 19:20

    Olá!
    Preciso muito de ajuda!
    Há 1 mês atrás fui ao otorrino porque comecei a sentir uma coisa na garganta, como se eu não fosse consegui respirar. Ele passou a videolaparoscopia e eu fiz, mas não deu nenhuma alteração. Ele me disse que eu poderia estar com refluxo, passou omeprazol e eu comecei a tomar, só que não resolveu: continuei sentindo uma coisa na garganta, empatando a respiração. Aí ele passou a endoscopia digestiva alta e a médica que fez minha endoscopia me pediu pra autorizar a biópsia e eu autorizei. Conclusão: gastrite nodular do antro e o resultado da biópsia foi H Pilory positivo. Quero muito saber se isto é perigoso e se corro risco de evoluir pra uma doença mais grave e até morrer. Continuo sentindo um negócio tampando minha garganta, tem a ver com a gastrite ou a bactéria? Ainda não pude ir ao gastro, preciso URGENTE de uma resposta. Pode me ajudar? Pode enviar resposta pro meu e-mail? Muito, muito obrigada!

  618. 618 Souza
    22.02.2013 às 11:20

    Dr. Gostaria de saber, se transmito a bactéria à outras pessoas pelo beijo/saliva contaminando-as, visto que fiz o exame e possuo a bactéria h.pylori, que atualmente estou em tratamento fazendo uso do PyloriPac IBP.

  619. 619 Lorraine
    09.03.2013 às 13:26

    Dr,
    Já fui diagnosticada (H. pylore) e estou fazendo tratamento de 7 dias com Omepramix. Minha duvida eh em relação ao laudo: o que exatamente significa o símbolo “(+++/3)” no resultado??

    Obrigada.

  620. 620 Marta
    11.03.2013 às 15:23

    Boa tarde Dr.Fernando,estou assustada e preocupada.Passo a citar.
    Derivado a situação clinica familiar varios membros da familia com cancer dos diversos tipos, meu pai foi fazer exames ao estomago e aos intestinos.No estomago foi detectada uma basteria e ulceras gastricas.O médico recomendou o uso de antibiotico para eliminar a bacteria e voltar a fazer novo exame dentro de um mes +/-.Repetido o exabe e feita a biopse, o medico diz ser melhor a retirada do estomago, uma vez que o antibiotico, não eliminou a bacteria e derivado ao quadro clinico da familia seria a melhor solução.Agradeço se possivel que me esclareça, pois não percebo porque retirar o estomago??

  621. 621 Marta
    11.03.2013 às 15:25

    Peço desculpa, falei em ulceras gastricas e são de facto ulceras pepticas.

  622. 622 Walace
    11.03.2013 às 15:27

    Prezado Dr. Fernando Valério,

    Sou portador de H PYLORI, fiz o tratamento inicial cerca de dez meses (junho de 2012 ), fiz a dieta por quatro meses, para minha surpresa ao fazer o controle de cura continuo com a bactéria, estou muito preoculpado e até neurotico, pois perdi meu pai com Câncer de Estomago.O teste após a endoscopia deu positivo, mas vou pegar o teste da biopsia com 15 dias.Tem algum tratamento que eu possa começar até o resultado da sair? Agradeço a atenção.

  623. 623 Dr. Fernando Valério
    13.03.2013 às 17:00

    A infecção pela bactéria Helicobacter pylori é contraída por via fecal-oral, e por esta razão tem grande relação com a falta de saneamento básico. Esta bactéria causa alterações como gastrite crônica, atrofia do estômago, úlceras de estômago e duodeno, e até câncer de estômago. No Brasil, 80% da população já foi acometida por esta infecção, enquanto nos Países Desenvolvidos esta taxa não passa de 30%. O tratamento da infecção consiste na administração de medicamentos que diminuam a acidez do estômago e do uso de dois antibióticos. No caso de não erradicação da bactéria Helicobacter pylori, um novo esquema de tratamento deve ser tentado, o que se denomina esquema secundário.

Deixe um comentário